Assim como quase toda área, é claro que existiria o Conselho Federal dos Corretores de imóveis. E se já existem diversas dúvidas sobre as funções destes, imagine então sobre tal recurso?

A verdade é que, para qualquer um que não faça parte do mundo imobiliário, poucas são as informações comuns existentes sobre o mesmo. Logo, as pessoas acabam por desconhecer órgãos importantes como este.

Logo, para sanar de vez esta dúvida, apresentaremos, no artigo de hoje, para você, caro leitor, para que serve o Conselho Federal dos Corretores de Imóveis e o quanto este influência nesta profissão.

O Conselho Federal dos Corretores de Imóveis existe!

Ainda que a informação não seja disponível para todos, o também conhecido como COFECI não apenas existe, mas é muito influente na profissão dos corretores, visto que o mesmo define diversos padrões.

Juntamente ao CRECI, o COFECI é composto por um Conselho Federal e 25 Conselhos Regionais de Corretores de Imóveis em toda a extensão do território nacional.

Este tem como objetivo normatizar e fiscalizar esta profissão que possui de tamanha relevância para o desenvolvimento nacional, procurando regulamentar e sendo responsável por avaliar situações ilegais dentro desta.

Ele congrega na base da lei número 6.530/1978, criada em 12 de maio de 1978, englobando mais de 300 mil profissionais e 40 mil empresas pertencentes a este ramo do mercado comercial.

O mesmo ainda proporciona a movimentação dentro do setor mercantil, o que viabiliza a cadeia produtiva da construção civil, além de possuir uma representatividade no PIB brasileiro em um valor superior a 18%.

Tudo isto, fora representar a profissão que proporciona, através desta, a realização do sonho de diversas pessoas de nosso povo: a tão almejada casa própria, fruto de tanto trabalho e esforço.

O papel do Conselho Federal de Corretores de Imóveis para o consumidor

O maior papel definido ao COFECI é servir de parâmetro para o consumidor, sempre procurando melhorar a qualidade dos serviços e também a relação dos corretores com a sociedade.

Para que isto seja possível, o Conselho Federal de Corretores de Imóveis se trata do órgão máximo da categoria. Este é o responsável pela fiscalização da ação dos corretores e defenderá a sociedade de maus profissionais ou daqueles que se auto intitulam atuantes da área, mas exercem tal função ilegalmente.

Este possui como pressuposto agir em benefício ético entre cada parte envolvida dentro de uma transação imobiliária, assim como também dará ao corretor a devida valorização profissional.

Assim, qualquer irregularidade com qualquer um que exerça esta função deve ser denunciada ao COFECI por meio do CRECI do estado a qual o conflito é correspondente.

As responsabilidades do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis

Existem diversas responsabilidades a encargo do COFECI, sendo válidas de destaque:

Criar normas inerentes ao exercício da profissão

Estas são regras que envolvem a atuação do corretor de imóveis e como este realizará as transações definidas pelo próprio órgão, junto ao CRECI, determinando um padrão dentro da área.

Caso o profissional não cumpra com algum dos procedimentos obrigatórios, este será descredenciado, tornando inapto a continuar exercendo suas atividades nesta área e inabilitando-o a fechar novos negócios.

Assegurar o registo de profissionais qualificados

O Conselho Federal dos Corretores de Imóveis é responsável por registrar, por meio do CRECI, qualquer um que venha a se formar e deseje atuar como um profissional deste ramo do mercado.

Este é um dos documentos mais importantes para os corretores, visto que o mesmo atesta a qualificação de tal pessoa para realmente exercer as funções de corretor de imóveis dentro do mercado.

Além de que também aponta o comprometimento em desempenhar a função de forma ética, que, como dito anteriormente no artigo, é um dos principais objetivos do órgão em questão.

Criar e Atualizar o código de ética da profissão

O COFECI também foi responsável por criar, assim como o mesmo deve atualizar, constantemente, o código de ética inerente à profissão de corretor de imóveis. Para isto, o mesmo conta com o suporte de todos os CRECI do país.

Este documento é o que aponta todas as principais atividades, padrões, responsabilidades e qual a forma de agir a fim de realizá-las de maneira efetiva, garantindo a satisfação do cliente com o serviço ofertado a ele.

Este é um conglomerado de toda a formação e atuação do profissional, que tem por obrigação se basear neste, visto que o mesmo pode ser tratado como inadequado caso não o faça.

Portanto, para aqueles que pretendem seguir este ramo, é necessário se manter a par de quaisquer mudanças realizadas pelo Conselho Federal dos Corretores de Imóveis para garantir a segurança dos padrões utilizados.

O Conselho Federal dos Corretores de Imóveis é mais importante do que se pensa

Como podemos observar no artigo, o COFECI tem um papel extremamente impactante dentro da vida do profissional da área, influenciando, até mesmo, o resultado final oferecido ao cliente. Se você se interessa pela área, não deixe de conferir quais são as regras informadas neste para conquistar a sua documentação!

Para aqueles que desejam investir em imóveis, a CashMe oferece ótimas oportunidades de empréstimos com as menores taxas que o mercado tem a oferecer. Torne-se parte da CashMe hoje mesmo e mude sua vida!

Gostou do artigo? Então não deixe de compartilhá-lo!

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50).

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 144 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 12 anos (144 meses) com LTV de 42,79% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.894,10, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,38% ao ano.”””


CASHME SOLUÇÕES FINANCEIRAS LTDA., com sede social na capital do estado de SP, na Rua do Rócio, nº 109, 3º andar, Sala 01 - Parte, Vila Olímpia, CEP 04.552-000, inscrita no CNPJ sob o no 34.175.529/0001-68

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.