Quase toda empresa, mesmo sem saber, acaba aplicando controladoria e finanças na gestão empresarial da sua entidade. Mas nem em todo o caso essas atividades são realmente postas para funcionar.

E o pior que, ao deixar de utilizar estas, é possível colocar em perigo a parte de desenvolvimento, o crescimento e a sobrevivência da sua corporação, terminando, enfim, na falência.

Por conta disso, no artigo de hoje, apresentaremos para você, nosso caro leitor, a relação que controladoria e finanças possuem com a gestão empresarial, permitindo reavaliar o planejamento do seu negócio.

Aproveite e boa leitura!

Controladoria e finanças são importantes

Ainda que pareça exagerado falando assim, estas são de suma importância quando falamos do ponto estratégico de uma empresa. De um modo geral, controladoria e finanças estão relacionados, o que agrega lucratividade, eficiência produtividade e redução de custos para a entidade.

Ao mesmo tempo, o processo de decisão é simplificado, por que os dados que estão a disposição e serão analisados de maneira precisa antes de definir o melhor rumo possível para a corporação.

Então, qual é o papel desse recurso na gestão empresarial? Quais são os benefícios oferecidos? Como isso contribui para o planejamento financeiro da companhia? Essas entre outras perguntas que iremos responder.

Controladoria e finanças: o que é controladoria?

Antes de mais nada, é preciso explicar do que se tratam ambos os conceitos, e começaremos por controladoria.

Está se trata de uma função composta por diferentes atividades, que trabalham com métodos de administração, contabilidade e outras áreas Seu objetivo trata-se de otimizar a gestão empresarial a partir de planejamento, execução e controle para subsidiar as tomadas de decisão acertadas.

Por contar com diferentes profissionais, esse setor gerencia e analisa atividades de curto a longo prazo praticadas dentro da própria entidade. Além disso, ainda ajuda a consertar erros executados e aumentar as chances de acerto.

Por isso, o trabalho vai além dos aspectos burocráticos, como cálculo e controle financeiro e de outros custos operacionais, contratação de colaboradores novos, compra de materiais ou ainda monitoramento de finanças.

Na verdade, oferece uma visão sistêmica, que abrange o conhecimento da cadeia de valor da organização e do mercado. Diante deste contexto, suas principais funções neste setor são:

  • Desenvolver, manter e sistematizar planos operacionais condizentes com os objetivos organizacionais, isto é, que esteja relacionados à missão da própria companhia;
  • Organizar, avaliar e compreender os dados coletados a fim de tomar decisões mais corretas e assertivas e gerar demonstrações exigidas da pelos stakeholders;
  •  Atualizar custos gerenciais do negócio, para que as informações possam se manter seguras e ainda sirvam de base para o controle da entidade.
  • Supervisionar impostos e manter um relacionamento com auditores externos e internos, ao mesmo tempo que consegue realizar o monitoramento das funções da tesouraria;

Além destes propósitos, existem outras funções em adicional que podem ser agregadas pelos profissionais da controladoria. Algumas dessas são:

  • Gestão da cobertura de seguros;
  • Condução de ofertas públicas de títulos;
  • Tratamento com possíveis investidores e credores;
  • Delimitação dos valores de crédito dos clientes;
  • Gerenciamento dos investimentos da empresa;

Controladoria e finanças em conjunto

Quando as finanças e a controladoria se encontram e se tornam interligadas, o resultado é o aumento da competitividade da entidade, com uma grande melhoria na produtividade, eficiente e qualidade, que tem um grande impacto sobre a lucratividade da própria empresa.

Portanto, estas tem um papel estratégico fundamental para que um negócio possa persistir e sobreviver no mercado, sendo necessário possuir de alguém que mantenha o controle sobre estas.

Este profissional chamado de controller deverá possuir conhecimentos amplos sobre o setor de atuação e gestão, garantindo que a avaliação de indicadores gerenciais e um detalhamento claro das informações possa ser feito. Além disso, isso tornará possível prever problemas e implementar melhorias que visam ao crescimento organizacional.

Qual é o papel da controladoria e finanças?

Uma empresa pode ter um setor específico ou trabalhar a partir da premissa da controladoria. Em qualquer um dos casos o propósito é reunir informações com base em padrões de análise técnica que embase as decisões.

Por conta disso a contabilidade, a matemática, o direito tributário e a administração serão os pilares mais importantes e que devem ser mantidos sempre em mente ao se trabalhar com estes.

Também será preciso que o profissional que venha a trabalhar como este deverá também considerar alguns critérios técnicos importantes sobre o assunto, como as responsabilidades que o papel traz consigo, por exemplo.

Controladoria e finanças são necessárias em todas as empresas

Como podemos observar, estes trazem pontos muito relevantes que irão elevar, e muito, o fator competitivo dentro da sua empresa. Empregá-los de maneira eficiente garantirá não apenas a sobrevivência, mas o destaque no mercado.

E para aqueles que desejam adentrar ao mercado, aqui na CashMe oferecemos ótimas oportunidades para que você inicie seus passos com o pé direito. Conosco você vai mais longe!

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente! Compartilhe e deixa a sua opinião, queremos saber.

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50).

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 144 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 12 anos (144 meses) com LTV de 42,79% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.894,10, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,38% ao ano.”””


CASHME SOLUÇÕES FINANCEIRAS LTDA., com sede social na capital do estado de SP, na Rua do Rócio, nº 109, 3º andar, Sala 01 - Parte, Vila Olímpia, CEP 04.552-000, inscrita no CNPJ sob o no 34.175.529/0001-68

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.