Sabia que 17 de outubro é o dia do eletricista?

Sabia que 17 de outubro é o dia do eletricista?
ícone de calendario

Atualizado:
24/09/2021

ícone de calendario

Publicado:
24/09/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Em 17 de outubro é celebrado o Dia do Eletricista, uma homenagem a esse profissional responsável pela instalação, manutenção e segurança das redes elétricas em empresas, residências e espaços públicos. O eletricista é quem trabalha com instalações e manutenções de redes elétricas ou componentes, tendo conhecimento para instalar da melhor forma ou consertar problemas com a eletricidade de um local.

Desde que a eletricidade foi descoberta, ela passou a ser indispensável no cotidiano: está presente nas lâmpadas até no uso dos aparelhos eletrônicos. Atualmente, é quase impossível viver sem ela, e o eletricista tem uma função essencial para que tenhamos acesso à energia de forma segura e eficiente. 

As primeiras normas para instalações elétricas surgiram no Brasil em 1940, aproximadamente, e foram revistas pela primeira vez em 1960. Houve outras três revisões: em 1980, 1990 e em 1997. 

No texto de hoje, falamos sobre a origem da homenagem aos profissionais que mexem com a eletricidade, além da formação necessária para se tornar um eletricista e os cuidados necessários para exercer a função no dia a dia. Confira!

Como surgiu o Dia da Eletricista e qual é a relação com o Dia do Engenheiro Eletricista?

Existem duas datas para celebrar os profissionais que lidam com instalações elétricas: o Dia do Eletricista, em 17 de outubro, e o Dia do Engenheiro Eletricista, em 23 de novembro. A origem da primeira data é desconhecida, e não há lei que a oficialize.

Por outro lado, o Dia do Engenheiro Eletricista tem uma história registrada. Os diversos cursos de engenharia, que inclui o curso de Engenharia Elétrica, foram regulamentados no dia 11 de dezembro de 1933, por isso nesta data é celebrado o Dia do Engenheiro.

Mas, o Dia do Engenheiro Eletricista é comemorado em 23 de novembro porque neste dia foi fundado o Instituto Eletrotécnico de Itajubá, em 1913, que é considerada a primeira universidade tecnológica e foi a décima escola de engenharia do país. A data foi oficializada em 2009, com a Lei nº 12.074.

Qual é a formação necessária para ser um eletricista?

O trabalho de um eletricista envolve a instalação, testes e manutenção de sistemas elétricos para que possam ter um desempenho totalmente seguro e eficiente. Para isso, podem se especializar em mecânica, eletrotécnica, manutenção e outras áreas. Suas tarefas são executadas em parceria com engenheiros e técnicos. 

Para sua formação, os eletricistas precisam fazer cursos técnicos que os preparam para a instalação de fiações simples e sistemas de computadores e telefonia. Também são preparados para utilizar os materiais de fiação mais adequados a cada equipamento e para ler e interpretar projetos, além de dar retoques finais nos quesitos de iluminação e instalação dos projetos.

Quem quer atuar como eletricista precisa conhecer as normas de segurança para garantir tanto um trabalho sem perigos quanto tranquilidade para os contratantes após a conclusão da obra. Isso porque sua função é de alto risco de acidentes tanto pela rede elétrica quanto por quedas. Por isso, é sempre necessário utilizar equipamentos de proteção individual (EPIs) para evitar acidentes mais graves, especialmente quando se trata da instalação e monitoramento de circuitos elétricos tanto na construção civil quanto em indústrias.

O mercado de trabalho sempre oferece oportunidades de emprego para eletricistas, já que sempre há projetos de construção em curso, além da necessidade de manutenção das instalações, especialmente em empresas, que contam com uma grande quantidade de energia elétrica para manter o funcionamento de suas operações.

Riscos aos quais os eletricistas estão expostos e cuidados necessários

Mexer com eletricidade é estar constantemente exposto a perigos, risco de contato com elementos energizados e incêndio. Esse contato pode gerar lesões como: choque elétrico, eletrocussão, queimaduras e traumas por queda. Por isso, todo profissional que lida com eletricidade precisa ser treinado em primeiros socorros a acidentados e na utilização de equipamentos de combate a incêndios.

O eletricista precisa tomar cuidados para evitar risco de choque elétrico e de incêndio e explosão:

  • Para evitar choque elétrico, é preciso isolar e aterrar as instalações ou instalar controle manual ou automático à distância;
  • Para evitar incêndio e explosão, é preciso instalar dispositivos automáticos de proteção contra sobrecorrentes, sobretensões e proteção contra fogo.

É recomendado que os eletricistas utilizam os seguintes sistemas de proteção coletiva (SPC) e equipamentos de proteção individual (EPI):

  • Isolamento físico do local da instalação;
  • Etiquetas para bloqueio e sinalização;
  • Aterramento provisório;
  • Vara de manobra;
  • Escadas;
  • Detectores de tensão;
  • Cintos de segurança;
  • Capacetes;
  • Botas;
  • Luvas;
  • Ferramentas eletricamente isoladas.

Para gerenciar os riscos da obra, ele precisa ter em mãos, e utilizar isoladamente ou em conjunto, as seguintes ferramentas:

  • Permissão de trabalho;
  • Análise Preliminar de Riscos (APR);
  • Planilhas de Perigos e Riscos.

Para prevenir acidentes, também é importante seguir as recomendações:

  • Utilizar sempre dispositivos elétricos de segurança, como tomada de 3 pinos;
  • Considerar que todo fio elétrico é passível de provocar choque mortal;
  • Verificar o estado de todos os fios e dispositivos elétricos; 
  • Fazer consertos ou substituir os fios e dispositivos elétricos, se necessário;
  • Analisar o dimensionamento do fio elétrico;
  • Antes de começar a execução da atividade em um equipamento, certificar-se de que a corrente elétrica está desligada;
  • Utilizar ferramentas isoladas e que forneçam uma barreira adicional contra a corrente elétrica;
  • Utilizar fios adequados para o tipo de serviço elétrico a ser executado;
  • Garantir que as tomadas sejam instaladas no local onde sua voltagem é indicada.

Conclusão

O Dia do Eletricista é celebrado em 17 de outubro, em homenagem a todos os profissionais que se dedicam a cuidar das instalações elétricas residenciais, comerciais e industriais. Para atuar nessa área, é necessário ter formação técnica e conhecimentos de segurança.

Você já sabia que o Dia do Eletricista não é comemorado na mesma data do Dia do Engenheiro Eletricista? Conte para nós nos comentários!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.