Dia do Psicólogo: saiba como homenagear esse profissional

Dia do Psicólogo: saiba como homenagear esse profissional
ícone de calendario

Atualizado:
28/01/2022

ícone de calendario

Publicado:
23/08/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


No dia 27 de agosto é celebrado o Dia do Psicólogo, um profissional essencial que estuda o comportamento do ser humano, buscando ouvir, compreender e auxiliar as pessoas a olharem para dentro de si e encontrarem respostas para amenizar as dores emocionais.

A data foi instituída em 2016 por meio da Lei 13.407, sancionada pelo então presidente da época Michel Temer.

Continue lendo o artigo a seguir e saiba mais sobre a origem dessa data!

Por que o Dia do Psicólogo é comemorado no dia 27 de agosto?

A psicologia no Brasil é considerada uma profissão nova. Foi somente em 27 de agosto de 1962, que o presidente da época João Goulart sancionou a Lei 4.119, que dispõe sobre os cursos de formação em psicologia.

Em 1964, com o Decreto 53.464, foi regulamentada a Lei de 1962 e a profissão de psicólogo. Já o Conselho Federal de Psicologia (CFP) foi criado formalmente 7 anos depois, em 1971.

Apesar do Dia do Psicólogo ser celebrado informalmente há anos, foi somente em 2016, com a sanção da Lei 13.407 que a data comemorativa se tornou oficial. 

Origem da Psicologia

A etimologia da palavra psicologia tem como origem a junção das palavras gregas “psique” (ψυχή), que significa alma, e “logia”(λογία), que significa estudo de. 

Questões sobre a psicologia surgiram com os primeiros filósofos gregos por volta de 200 anos A.C, que estudavam os assuntos da alma humana. Alma, naquela época, partia do princípio dos fenômenos da vida mental e espiritual.

Foi somente em 1879, graças a criação do primeiro Instituto de Psicologia, criado por Wilhelm Wundt, em Leipzig, na Alemanha, que a psicologia deixou de ser um ramo da filosofia, se desenvolvendo como uma disciplina científica independente.

Assim, os profissionais da época passaram a rejeitar abordagens baseadas em especulações e espírito para estudar o comportamento por meio de uma base científica.

Tais esforços resultaram no desenvolvimento de diversas abordagens para compreender a mente humana. Confira resumidamente algumas delas:

Psicanálise

Desenvolvida por Sigmund Freud, essa teoria é baseada na motivação inconsciente, buscando descrever as causas dos transtornos mentais, além das motivações e personalidade do ser humano. 

Essa abordagem atua de forma indireta, ou seja, não sugere que o paciente faça isto ou aquilo. A intenção é estimular o próprio paciente a ter ideias e associações sobre o que está acontecendo com ele mesmo e como ele pode fazer para sair desse problema. 

Analítica/Junguiana

Nessa abordagem, Carl G. Jung explora a mente consciente e inconsciente como um todo, dando importância sobre experiências vividas, tentando ir além do significado óbvio das situações (podendo ser relacionado a sonhos, crenças, conceitos, etc). O objetivo é auxiliar o paciente a resgatar a sua essência.

Analítico Comportamental/Behaviorismo

Essa linha da psicologia foi criada por JB Watson, que estudava a ciência do comportamento humano e também animal. Ele acreditava que o ser humano muda o seu jeito de ser de acordo com o ambiente que está inserido. Um exemplo comum, é uma pessoa agindo de uma forma na escola e em casa agindo totalmente diferente.


Essa abordagem atua de forma direta, ou seja, com pequenas “ordens” para que o paciente tome atitudes sobre situações que o aflige.

Humanista

Desenvolvida por Carl Rogers, Abraham Maslow, Rollo May e outros psicólogos, essa linha de pensamento trabalha a integralidade do indivíduo, dando mais valor ao ser humano.

Os humanistas acreditam que o comportamento do ser humano é controlado pela sua própria vontade e não pelo inconsciente ou ambiente, ou seja, nessa vertente, acredita-se que a pessoa tem capacidade de mudar, crescer e se desenvolver, desde que assuma que existe um problema que precisa ser tratado.

Essa abordagem atua de forma indireta, trabalhando um ambiente mais acolhedor e empático, para o paciente desenvolver mais autoconfiança e ser quem realmente ele é.

Símbolo da psicologia

O símbolo da psicologia é devido a origem do termo e a vigésima terceira letra do alfabeto grego: psi (Ψ).

Na Grécia Antiga, a palavra “psi”, no início de sua criação significava borboleta, simbolizando o fôlego ou sopro da vida. Tanto os gregos como os romanos acreditavam que quando alguém morria, o suspiro era emergido como um sopro de ar, fazendo isso na forma de uma borboleta.

Por influência do Império Romano, evoluíram o termo para “psique”, significando “alma humana”, como mencionamos anteriormente.

O símbolo, apesar de ser mundialmente conhecido, foi considerado como símbolo oficial no Brasil apenas em março de 2006, por meio da resolução CFP 002/2006.

O psicólogo tem como missão compreender o comportamento de cada paciente, identificando eventos traumáticos e outras situações do dia a dia que podem causar sofrimento. 

Assim, com uma consulta qualificada, anos de estudos para analisar e apresentar alternativas, o psicólogo consegue promover o bem-estar do paciente e das pessoas que vivem ao seu redor.

Principais faculdades de psicologia do Brasil

O curso de psicologia é um dos mais disputados do país. Com duração de 5 anos, os alunos dessa graduação encontram disciplinas nas áreas de biologia, saúde, ciências humanas e até mesmo ciências exatas.

As melhores instituições do país, de acordo com o Ranking Universitário da Folha, de 2019, são: 

  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade de Brasília;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP);
  • Universidade de São Paulo (USP);
  • Universidade Federal Fluminense (UFF);
  • Pontifícia Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS);
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP);
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Neste Dia do Psicólogo, o que acha de deixar uma mensagem de gratidão para aquele que sempre te escuta e te ajuda a desfazer os nós da mente? Vale mandar pelas redes sociais ou mesmo pessoalmente.

Além disso, você pode presentear o profissional com um doce, uma joia com o símbolo da psicologia ou até mesmo uma caneca ou camiseta personalizada. Existem diversas opções de presentes em aplicativos de compras.

Conclusão

O Dia do Psicólogo é celebrado anualmente no dia 27 de agosto, como forma de homenagear os profissionais que buscam compreender a mente humana. Muito mais que uma escuta, o psicólogo promove o autoconhecimento, o perdão e o bem estar das pessoas, para que estes tenham uma vida mentalmente e emocionalmente saudável.

Caso você tenha o desejo de ingressar em um curso de psicologia, é possível solicitar um empréstimo online a qualquer momento, com as melhores taxas do mercado e realizar seu sonho.

E você, como vai homenagear o psicólogo? Conte para gente nos comentários!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.