Por que o dia do soldado é celebrado em 25 de agosto?

Por que o dia do soldado é celebrado em 25 de agosto?
ícone de calendario

Atualizado:
23/08/2021

ícone de calendario

Publicado:
23/08/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


No dia 25 de agosto é comemorado o Dia do Soldado, um importante profissional que dedica o seu tempo e não mede esforços para proteger a nação brasileira, garantindo a segurança da população. Atualmente, existem 380 mil soldados ativos presentes nas Forças Armadas do Brasil.

Mas você sabe por que foi escolhida essa data? É o que você vai descobrir lendo o artigo a seguir!

Origem Dia do Soldado

A data escolhida para celebrar o Dia do Soldado – 25 de agosto – é em homenagem a Luís Alves de Lima e Silva, mais conhecido como Duque de Caxias. 

Nascido em 25 de agosto de 1803, foi um dos principais militares do país, sendo considerado patrono do Exército Brasileiro por meio do Decreto n° 51.429.

História do Duque de Caxias

Luís Alves de Lima e Silva nasceu no dia 25 de agosto de 1803 em uma fazenda chamada São Paulo, próximo da Vila Estrela, hoje no território do município de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Filho de Francisco de Lima e Silva e Cândida de Oliveira Belo, ele cresceu em meio a uma ilustre família de militares, já que seu pai, tio e avô faziam parte do exército.

Em maio de 1808, Luís Alves foi alistado aos 5 anos de idade, se tornando cadete da 1º Regimento de Infantaria do Rio de Janeiro. Isso não significa que ele começou a servir o exército quando criança, o título era considerado “honorífico” por ele ser filho de um oficial militar, prática bem comum na época. Assim, deu início a sua trajetória na carreira militar. 

Carreira Militar

Em 1818, entrou para a Real Academia Militar de Artilharia, Fortificação e Desenho, tornando-se tenente. 4 anos depois, em 1822, é declarada a independência do Brasil e Luís Alves ingressa para o “Batalhão do Imperador”, unidade de infantaria criada pelo imperador Dom Pedro I e comandada pelo seu tio José Joaquim de Lima e Silva.

Com isso, ele participou no combate aos soldados portugueses que viviam em Salvador, Bahia, e que eram contra a independência do país. Após a vitória do Batalhão, Luíz Alves foi promovido a capitão.

Também foi chamado para atuar na Campanha da Cisplatina, combatendo as tropas rebeldes que desejavam reivindicar a independência da Província Cisplatina. As tropas brasileiras foram derrotadas e a província conseguiu sua independência, tornando-se o país Uruguai.

De Barão a Duque

Por conta da abdicação de Dom Pedro I, o Brasil viveu momentos de instabilidade a partir de 1831, ocorrendo diversas rebeliões em vários estados. Em 1837, foi promovido a tenente-coronel e posteriormente escolhido para pacificar a província do Maranhão, assim, deu início a “Balaiada”, e sua campanha saiu vitoriosa. Nesse momento, Luís Alves recebeu o título de “Barão de Caxias”, município maranhense que havia conseguido pacificar.

Nos anos seguintes, já promovido a marechal, recebeu uma nova missão: combater a Revolução Farroupilha, iniciada no sul do Brasil desde 1835. Mais uma vez vitorioso,  recebeu o título de Conde e o apelido de “Pacificador do Brasil”.

O militar também atuou em outros conflitos externos, tendo um papel importante principalmente na Guerra do Paraguai, onde ajudou a garantir a vitória da Tríplice Aliança (Argentina, Brasil e Uruguai). Assim, como homenagem, recebeu o título de Duque (o título mais alto da nobreza), ficando conhecido como Duque de Caxias

Luís Alves também teve uma trajetória política, atuando como deputado, senador e até presidente de algumas províncias. Ele faleceu no Rio de Janeiro em 1880.

Somente em 1962 que Duque de Caxias foi nomeado pelo Governo Federal como o “Patrono do Exército Brasileiro”.

Qual é a função de um soldado?

Os soldados são militares que podem atuar nas Forças Armadas (Exército, Marinha ou Aeronáutica), Polícia Militar ou Corpo de Bombeiros.

Exército 

Os profissionais que compõem o Exército Brasileiro têm como objetivo defender a Constituição e proteger a nação em operações terrestres, por exemplo, em casos de ameaças de guerra. Nas fronteiras, realizam atividades que ajudam a combater o tráfico. Os soldados também dão assistência às vítimas de desastres naturais, como terremotos, enchentes, rompimento de barragens, entre outros.

Há duas formas para entrar no Exército Brasileiro: concurso público e alistamento militar obrigatório.

Marinha

A Marinha é a força armada mais antiga do Brasil e a maior da América Latina. Os soldados também têm como função defender a Pátria e garantir a ordem e os poderes constitucionais, mas em operações marítimas e fluviais.

Suas principais atribuições são: fiscalizar o cumprimento de leis, garantir a segurança da navegação e proteger o litoral brasileiro.

Além do serviço militar obrigatório, também é possível entrar na Marinha por meio de concurso público, concorrendo a vagas na Escola Naval (EN), Escola de Aprendizes Marinheiros (EAM), no curso de Soldado Fuzileiro Naval ou no curso de Formação de Sargento Músico Fuzileiro Naval.

Aeronáutica

Por último, mas não menos importante, os soldados da Aeronáutica têm como objetivo manter a soberania no espaço aéreo nacional, executando ações de controle, defesa e vigilância para impedir o uso do espaço aéreo brasileiro para fins hostis ou contrários aos interesses do Brasil.

Assim como no Exército e na Marinha, é possível ingressar por meio do alistamento obrigatório. Além disso, também é possível prestar concurso público é preciso concorrer a vagas nos seguintes cursos:

  • Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Aeronáutica (CFOAV);
  • Curso de Formação de Oficiais de Infantaria da Aeronáutica (CFOINF);
  • Curso de Formação de Oficiais Intendentes da Aeronáutica (CFOINT);
  • Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS) ;
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Polícia Militar

Já o soldado da Polícia Militar tem como objetivo preservar a segurança pública nas ruas, sempre primando pela defesa da vida. 

Algumas de suas funções são: prisões em flagrante, busca e apreensão com mandado judicial, atuação em caso de crimes e contravenções, revistas, fiscalização (blitz) e controle da população em situações de aglomeração pública, como passeatas, shows e manifestações.

Para trabalhar nesse segmento é necessário prestar concurso público.

Corpo de Bombeiros

No Corpo de Bombeiros, os soldados são encarregados na atuação da prevenção e extinção de incêndios, além de prestação de socorro, buscas e salvamentos de pessoas. 

Assim como a Polícia Militar, para ingressar na área é necessário prestar concurso público.

Conclusão

O Dia do Soldado foi criado para homenagear tanto o Marechal Luís Alves de Lima e Silva, um dos principais militares da história do país, quanto os homens e mulheres que servem a nação com muita honra e coragem. 

O soldado pode atuar tanto nas Forças Armadas do Brasil (Exército, Aeronáutica e Marinha), quanto na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros. Muitas vezes, abdica do seu conforto e arrisca a própria vida para garantir a segurança da população. 

Gostou do conteúdo? Então compartilhe nas suas redes sociais e continue acompanhando o blog da CashMe.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.