Dia Mundial do Habitat: conheça a origem dessa data e sua importância

Dia Mundial do Habitat: conheça a origem dessa data e sua importância
ícone de calendario

Atualizado:
27/09/2021

ícone de calendario

Publicado:
29/09/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


O Dia Mundial do Habitat é comemorado anualmente no dia 5 de outubro. A data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) a partir de 1985. O objetivo dessa data é refletir sobre o estado de nossas cidades e o direito de todos a uma moradia adequada, lembrar ao mundo que todos têm o poder e a responsabilidade de moldar o futuro de nossas cidades e vilas.

A cada ano, é proposto um tema diferente para que seja abordado durante o período. Em 2020, o assunto foi “Habitação para todas e todos: um futuro urbano melhor” e o Dia Mundial das Cidades, celebrado no dia 31 de outubro, abordou o tema “Valorizando nossas comunidades e cidades”.

Agora, em 2021, o tema do Dia Mundial do Habitat é acelerar a ação urbana por um mundo livre de carbono e melhora do meio ambiente. As cidades são responsáveis ​​por cerca de 70% das emissões globais de dióxido de carbono, por meio de transporte, edifícios, energia e gerenciamento de resíduos sendo responsáveis ​​pela maior parte das emissões urbanas de gases de efeito estufa.

Neste artigo abordaremos  sobre essa data, como ela começou e o direito à moradia ser importante para que todas as pessoas ao redor do mundo tenham como direito básico, segundo normas da ONU e os Direitos Humanos. Continue.

Como surgiu o Dia Mundial do Habitat?

O Dia Mundial do Habitat foi celebrado pela primeira vez em 1986, partindo com o tema “Abrigo é o meu direito”. Naquele período, a cidade-sede escolhida para estrear e comemorar a data foi Nairóbi.  

Assim como os animais possuem o seu próprio habitat natural, os humanos não são diferentes. Nosso habitat está no lugar em que vivemos e temos acesso a diversos recursos para nossa sobrevivência, em especial as moradias. Contudo, as cidades evoluíram de forma acelerada e fez com que diversas pessoas ficassem sem acesso ao habitat.

A reflexão proposta pelo Dia Mundial do Habitat é pensar no modo de como nossas cidades são cuidadas para as futuras gerações e como o acesso à moradia adequada deve estar no cerne de nossa atenção. 

De acordo com levantamento do IBGE, um em cada cinco brasileiros mora em habitação precária. O estudo foi disponibilizado pela Síntese de Indicadores Sociais, que mostrou durante a amostragem as condições em que diversas pessoas vivem. São elas: paredes externas com materiais de baixa qualidade, ausência de banheiro, saneamento básico, valores de aluguel aquém das expectativas orçamentárias, entre outros. 

Por que o direito à moradia é importante?

Ter uma moradia é mais do que apenas um lugar de abrigo. Onde vivemos influencia todos os aspectos de nossas vidas. A qualidade da habitação pode afetar a saúde física e mental. Moradias abaixo do padrão podem causar intoxicação por chumbo, falta de acesso à água potável, doenças respiratórias e lesões corporais, como quedas (a principal causa de hospitalização entre idosos). 

Todos devem ter direito a uma moradia digna. Pode parecer simplório, mas problemas com habitação são vividos e tratados historicamente. Não faz muito tempo que esse direito se tornou tema global: desde 1948, o direito à moradia é considerado fundamental por declaração dos Direitos Humanos. Sendo assim, é um direito humano universal que todas as pessoas tenham acesso a uma moradia.

O Brasil assinou o tratado internacional de direito ao habitat sendo preciso promover programas de construção e melhoria nas condições de saneamento básico e moradias. Diante da lei, a inclusão do direito ao habitat está descrito na Constituição como princípio da dignidade da pessoa humana, sendo esse um dos tópicos mais importantes em nossas leis.

Programas habitacionais

Visto ser uma condição humana indispensável, um dos programas sociais mais conhecidos é o Minha Casa, Minha Vida, atualmente chamado de Casa Verde e Amarela. Um projeto para habitação urbana e rural, sendo uma iniciativa do Governo Federal que oferece financiamento de moradias para famílias com renda bruta de até R$  7.000 e sorteio de residências.

Outra modalidade existente é o auxílio moradia promovido pelo programa CDHU, que apoia famílias nas despesas com seu lar, principalmente aquelas que foram afetadas por chuvas ou intervenções ambientais e/ou urbanas.

Como a tecnologia contribui para o Dia Mundial do Habitat

Com o avanço de modernas tecnologias criadas para acelerar o processo de construção de residências, diversas startups estão utilizando a impressão 3D para construção de moradias. 

A impressão 3D compõe um projeto que, durante a impressão, se utiliza filamentos com material próprio para construção das casas, o que vem revolucionando a área da Construção Civil.

As impressoras para esse tipo de projeto são impressionantes: 32 metros de comprimento, 10 metros de largura e 6,4 metros de altura. Essa é a máquina da WinSun Decoration Design Engineering Co. de Xangai, projetada para construções simples e que pode chegar a produzir dez casas de 650 m² em 24 horas, a mão de obra fica em torno de US$ 4.800. 

O avanço de tecnologias como essa, podem ajudar a enfrentar de forma ampla os problemas com habitação, especulação imobiliária e moradias à deriva. Essa tecnologia promove uma ideia de construção de moradias que ajudaria pessoas em situação de rua, que, segundo o Ipea, estima-se que seja 221 mil pessoas, principalmente devido à pandemia.

Conclusão

O Dia Mundial do Habitat aborda como as moradias, o direito e os cuidados que devemos ter estão intrínsecos em nossa sociedade. 

A cada ano, o Dia Mundial do Habitat assume um novo tema para chamar a atenção para promover políticas de desenvolvimento sustentável que garantam abrigo adequado para todos. 

Durante essa data o foco estará centrado na promoção de todos os níveis de governo e todas as partes interessadas relevantes para refletir sobre como implementar iniciativas concretas para garantir habitação adequada e acessível. No contexto da implementação da Nova Agenda Urbana em todos os níveis, bem como a realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Você sabia da importância do Dia Mundial do Habitat? Então, compartilhe esse texto em suas redes sociais para que mais pessoas reflitam sobre essa data.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.