O que é o empréstimo com garantia do FGTS?

O que é o empréstimo com garantia do FGTS?
ícone de calendario

Atualizado:
19/04/2021

ícone de calendario

Publicado:
25/10/2019

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
2

Redação CashMe

Redação CashMe


Quer usar o FGTS como garantia de um empréstimo, mas não sabe como?  A CashMe ajuda. Confira:

Foi anunciada no dia 24/07 uma nova modalidade de linha de crédito: o empréstimo pessoal com garantia do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nessa modalidade, o fundo poderá ser utilizado como garantia em pedidos de empréstimos pessoal para o consumidor que optar pelo saque-aniversário. 

Contudo, por conta dessa mudança, muitas pessoas não sabem o que isso significa, se esse tipo de empréstimo vale a pena e quais são as implicações para o consumidor. Pensando nisso, a CashMe fez uma análise inicial dos prós e contras. 

Como era antes o saque do FGTS e o que mudou?

No passado, para conseguir tirar dinheiro para um empréstimo pelo FGTS, era preciso ser demitido sem justa causa de acordo com o contrato de CLT. Assim, era possível solicitar o financiamento.  Agora, independente do motivo da demissão, é possível sacar todo ano parte de seu saldo na época do aniversário – por isso o nome saque-aniversário.

Quando se escolhe essa modalidade de crédito, o cliente pode ter o valor do saque anual dado como garantia em um pedido de empréstimo pessoal, O pagamento das parcelas do crédito é descontado diretamente do saldo do FGTS a partir da data do saque-aniversário.

Lembra a antecipação da restituição do Imposto de Renda em que o consumidor já sabe que pode contar com aquele dinheiro naquele ano. Essa modalidade de empréstimo possibilita que o crediário peça para a instituição financeira que receba o capital antes da data, assim, o valor recebido entra como garantia caso ocorra a inadimplência.

O teto definido para o empréstimo com garantia do FGTS é de R$ 500 e o percentual da liberação é reduzido, conforme o saldo disponível aumenta. O valor pode ser sacado imediatamente e é válido para contas ativas ou inativas do FGTS.

Desde 2017 o percentual de rendimento do FGTS destinado ao cotista era de 50%. Esse percentual é baseado nos lucros obtidos no ano anterior. Com as novas regras o percentual passará a ser de 100%.

Para que serve o empréstimo com FGTS de garantia?

O empréstimo com o FGTS de garantia foi liberado recentemente pelo governo por conta de ser uma tentativa de ampliar e facilitar o acesso ao crédito e estimular a economia. 

Além de colocar parte do dinheiro acumulado nas contas do FGTS para que circule no mercado com a modalidade do saque-aniversário, é possível que mais pessoas se tornem elegíveis para pedir um empréstimo com garantia, contando com um valor expressivo como garantia. Por exemplo, consumidores que não possuem um bem para deixar para a instituição, como um veículo ou empréstimo com garantia de imóvel.

O empréstimo pode servir para quitar as dívidas acomuladas como investir em um negócio, além de ser aceito para adquirir algum bem. Resumidamente, trata-se de mais dinheiro circulando, o que acarreta em mais consumidores comprando e assim deixando a economia aquecida.

Vale a pena pegar empréstimo com o FGTS como garantia?

Para que o consumidor tenha acesso ao FGTS, deverá optar pelo saque anual do fundo. Se por um lado isso gera maior liquidez e autonomia para aplicar um dinheiro que estava imobilizado e com baixo rendimento, por outro, o consumidor corre o risco de que esse dinheiro seja mal investido ou mal administrado. 

Entretanto, caso o consumidor seja demitido de um emprego sem justa causa, terá que pagar uma multa de 40% em cima do valor do FGTS, de modo que não poderá sacar o valor total acumulado. Logo, a primeira pergunta que deve ser feita é se o cliente possui uma reserva financeira que o permita manter sua vida financeira estabilizada por alguns meses caso seja desprovido de sua principal fonte de renda.

Apesar de muitos brasileiros não possuírem essa reserva, não é algo que seja eliminatório, uma vez que o valor do empréstimo do FGTS pode ser utilizado de diversas maneiras. Inclusive, pode ser que esse valor ajuda o consumidor a juntar mais capital. Como qualquer tipo de empréstimo, é preciso planejamento e cuidado, deixando claro o motivo de ter que solicitar um.

Outra questão que deve ser levantada é a respeito do destino desse capital emprestado. É algo que ajuda a manter o fôlego financeiro até que se ganhe mais dinheiro, como ter o retorno de um investimento ou financiar estudos e especialização para um novo emprego. Também pode ser aplicado em um fundo de rentabilidade superior ao FGTS. 

Porém, é preciso tomar cuidado caso a finalidade do uso do dinheiro seja uma compra ou algo que não trará retorno a médio e longo prazo. O consumidor estará fazendo uso de um dinheiro que poderia ser muito útil no futuro. 

As taxas de juros do empréstimo pessoal com garantia do FGTS também devem ser levadas em consideração como a de qualquer outra modalidade de linha de crédito. É sempre bom fazer comparações entre as taxas de outros tipos de empréstimo e analisar de usar o FGTS vale a pena. No caso de um financiamento imobiliário, o saldo do FGTS já pode ser utilizado como entrada, não tendo a necessidade de fazer um empréstimo pessoal com garantia do FGTS. 

Os especialistas financeiros dizem que, para valer a pena mobilizar o saldo do FGTS, a taxa de empréstimo deve ser atrativa, baixa, menor que 2% ao mês, por exemplo. Caso contrário, as outras modalidades de empréstimos podem ser mais vantajosa como o próprio empréstimo pessoal com ou sem garantias.

Adendos

Como já foi dito, o novo modelo do empréstimo com FGTS como garantia é bastante similar à antecipação da restituição do Imposto de Renda. Em ambos os casos o consumidor sabe que terá acesso a um valor naquele ano, usando isso como garantia para conseguir o montante antes.  

A diferença é que a restituição do Imposto de Renda é um dinheiro que já saiu do bolso do consumidor e não é visto como uma reserva de emergência. Em contrapartida, o fundo do FGTS pode ser o capital de sobrevivência se por um acaso o consumidor ficar sem sua principal fonte de renda ou provedor. É um dinheiro seguro, difícil de ser movimentado para que se evite de sair gastando. 

O que fazer para ter acesso ao empréstimo com garantia do FGTS?

Para quem deseja obter o empréstimo com garantia do FGTS, o primeiro passo é solicitar a mudança para a modalidade do saque-aniversário, a partir de outubro deste ano. 

No entanto, o saque atual começa a valer a partir de 2020, ainda com um atraso em relação à data de recebimento do dinheiro. Assim, quem celebra anos em janeiro e fevereiro, terá o valor depositado entre abril e junho, por exemplo.

Já em 2021, o saque provavelmente estará disponível a partir do 1º dia útil do mês de aniversário, mas o requerente deverá esperar 3 meses para retirar o dinheiro. A porcentagem do saque anual do FGTS variam de 5% a 50%, mais a parcela fixa, conforme o valor acumulado no fundo.

Caso o consumidor mude de ideia em fazer o empréstimo com garantia do FGTS e deseje retornar para recebê-lo no dia do aniversário ou não usar o dinheiro, é necessário esperar pelo menos 2 anos.

Gostou do texto? Faça uma simulação de empréstimo online com a gente!  Compartilhe e deixe a sua opinião, queremos saber. Que saber mais sobre o assunto?


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marco Aurélio da Silva

Marco Aurélio da Silva no 04/01/2020 a partir do 10:09

Vi neste site, que existe uma simulação de empréstimo com garantia de imóvel. Gostaria de saber se existe o mesmo pra um empréstimo com o saque aniversário como garantia?

CashMe

CashMe no 11/02/2021 a partir do 19:00

Olá Marco, tudo bem? Não, realizamos empréstimo com o saque aniversário, apenas para imóveis sob garantia 😊

2 Comentários