Planilha para controle de gastos [Download Grátis]

Planilha para controle de gastos [Download Grátis]
ícone de calendario

Atualizado:
31/01/2022

ícone de calendario

Publicado:
18/12/2020

ícone de relógio

Leitura de
6 min

ícone de conversa

Comentarios
2

Redação CashMe

Redação CashMe


Uma planilha de gastos pessoais nada mais é do que um documento que organiza todas as suas despesas. Trata-se de um ótimo instrumento para te ajudar a ganhar dinheiro, guardar e também gastar melhor.

As planilhas podem ser elaboradas de inúmeras maneiras, desde um planner de papel até um documento cheio de cores, gráficos e fórmulas no Excel. O importante é que, através dela, você consiga ter uma visão ampla das suas despesas para saber exatamente para onde o seu dinheiro está indo.

E sabemos que a maior parte das pessoas pode ter algum tipo de dificuldade em organizar suas finanças e a causa disso pode ser a falta de uma planilha de gastos pessoais, por exemplo.

Planilha de gastos

Para ajudá-lo nisso, separamos aqui algumas dicas de como montar sua planilha de gastos pessoais.

Por que ter uma planilha de gastos pessoais é importante?

O principal fator que faz com que ter o hábito, seja mensal, diário ou semanal, de alimentar sua planilha de gastos pessoais é conseguir visualizar os seus gastos, que pode te auxiliar na hora de criar estratégias para economizar e investir o seu dinheiro.

Mas vamos detalhar um pouco melhor os quatro pontos que tornam a planilha de gastos pessoais tão importantes:

Você compreende o fluxo do seu dinheiro

Com uma planilha atualizada você evita surpresas no fim do mês, como se ver no cheque especial sem saber como foi parar lá, por exemplo.

Através dela você sabe exatamente quando, quanto e onde gastou seu dinheiro. Outra vantagem é que você pode verificar com antecedência se está gastando demais e tomar as rédeas da situação antes que seja muito tarde.

Você tem mais facilidade para reduzir custos

Entender para onde o seu dinheiro vai é a melhor forma de elaborar uma estratégia de redução de custos. Através da planilha de gastos pessoais você poderá verificar quais áreas consomem a maior parte do seu orçamento e então traçar estratégias para reduzir estes gastos.

Ou seja, se a maioria do seu orçamento acaba indo para alimentação fora de casa, você pode pensar em reduzir o número de refeições em restaurantes e comparar melhor os preços de produtos no mercado. 

Se o seu gasto maior for para o transporte, você pode considerar se deslocar mais a pé e evitar o uso de aplicativos e táxi ou até mesmo adquirir uma bike, se isso fizer sentido para você.

Você pode investir mais seu dinheiro

Sabendo exatamente quanto você irá gastar você também sabe exatamente quanto dinheiro sobrará para investir. Além disso, reduzindo os seus custos você também consegue aumentar sua margem de investimentos.

Você também pode manter uma planilha com o rendimento dos seus investimentos, para acompanhar como ele está performando, quanto você está ganhando ou onde pode investir mais.

Você tem mais controle e clareza sobre as suas metas

Através da planilha de custos pessoais, você também pode verificar se as suas metas de economia estão sendo cumpridas e quanto falta para alcançá-las.

Caso contrário, você tem clareza onde será necessário realizar ajustes para se adequar a essas metas para alcançá-las.

Como montar uma planilha de gastos pessoais

Para isso, você tem duas opções: montar uma planilha de gastos ou optar por uma ferramenta de controle financeiro online, como o Guiabolso, Mobills, entre outros.

Caso você opte por ter um controle online, basta inserir seus dados do internet banking e em menos de dois minutos todas as suas finanças estarão divididas por categorias automaticamente.

Mas se você prefere fazer o controle por uma planilha de gastos pessoais, pode optar por usar um dos vários modelos gratuitos disponíveis por aí ou criar a sua própria planilha personalizada. Confira abaixo o nosso modelo disponível! 

Planilha de gastos

E se você quer construir sua própria planilha de gastos pessoais, confira o passo a passo a baixo:

1. Escolha a ferramenta

Uma das ferramentas mais comuns utilizadas para fazer uma planilha de gastos é o bom e velho Excel.

Outra opção interessante é optar pelo Google Drive, que possui praticamente os mesmos recursos básicos do Excel, com o diferencial de que os dados são armazenados na nuvem e podem ser acessados online de qualquer computador, celular ou tablet.

2. Insira os meses

Para quem ainda não está habituado a fazer esse tipo de controle, uma boa ideia é começar pelo controle de gastos mensal. Escreva todos os meses do ano nas colunas, pulando a primeira. Ou seja, Janeiro na coluna B, Fevereiro na coluna C e assim sucessivamente.

3. Liste suas despesas

Na primeira coluna da planilha, liste todas as suas despesas mensais, uma abaixo da outra. Não deixe de colocar o item poupança mensal, por mais que você ainda não consiga guardar nada por mês.

4. Mapeie os gastos dos últimos meses

Para mapear como você tem administrado seu orçamento, você precisará do extrato bancário dos últimos meses e das notinhas do cartão de crédito.

Some as despesas de cada categoria que você listou e preencha no campo do mês em que o gasto foi realizado.

5. Some as despesas de cada mês

Na última linha, insira a soma de todas as despesas de cada um dos meses anteriores. Assim, vai ficar mais fácil saber se você está gastando mais ou menos do que você ganha.

6. Compare os gastos totais com sua renda mensal

Com suas despesas mensais mapeadas e somadas, fica mais fácil saber se você está gastando mais ou menos do que sua renda mensal.

7. Crie metas de gastos

Agora que você já sabe quanto você gasta e também o que você quer fazer, crie metas de gastos para os próximos meses.

8. Acompanhe seu desempenho

À medida que os meses forem passando, substitua os valores planejados pelos que foram feitos efetivamente. Se preferir, abra uma coluna adicional ao lado de cada mês para comparar os gastos planejados com os realizados.

No exemplo acima, os gastos com supermercado superaram a previsão. Aí vale fazer uma análise: por que eu gastei mais do que planejei? Será que eu consigo mesmo reduzir essa despesa ou comprar determinadas marcas e produtos é muito importante para mim? 

Com uma planilha de gastos pessoais você passa a questionar sua forma de consumo. Isso pode ser bom para que você compreenda se a forma como você gasta de fato faz sentido com o seu estilo de vida e/ou com as suas necessidades.

Aqui vale destacar também que, é importante respeitar as metas criadas, mas sem esquecer que a vida é cheia de imprevistos. Se em algum momento foi necessário buscar por um empréstimo por conta de uma despesa de saúde, por exemplo, faça uma adaptação do seu orçamento nos próximos meses de acordo com a nova realidade.

Modelos de planilha de gastos pessoais

Veja abaixo algumas opções de planilhas de gastos pessoais que você pode utilizar para começar a organizar suas despesas:

Planilha Microsoft

A planilha permite que você anote todas as despesas do ano, discriminando os gastos em cada finalidade mês a mês, como alimentação, aluguel e parcela do carro, por exemplo. 

Gráficos são criados automaticamente pelo programa exibem os meses em que as contas ultrapassam o orçamento, acendendo um sinal vermelho para aquele gasto.

Baixar Planilha Microsoft Download

Planilha anual

Esta planilha é dividida em duas partes. Na primeira, o usuário deve colocar todas as suas fontes de receita do ano, como salário, horas extras, gratificações e outras rendas recebidas mês a mês.

Baixar Planilha para controle anual

Planilha Mensal

A tabela mensal é bem detalhada e tem um diferencial: é possível inserir os dados estimados de gastos e os dados reais, estipulando a diferença entre eles. Esse recurso permite que o usuário faça projeções do orçamento futuro para saber se sobrará ou faltará dinheiro no próximo mês.

Baixar Planilha para controle Mensal

Conclusão 

Como você pode ver, existem inúmeras formas de fazer a sua planilha de gastos pessoais, seja através do Excel ou por ferramentas online. E essa organização é fundamental para você ter controle sobre suas despesas, para planejar metas, sonhos ou até reduzir custos.

E lembre-se, ter uma planilha de gastos pessoais não significa cortar gastos e parar de gastar. Significa fazer isso de forma consciente e de forma mais planejada para lidar com possíveis imprevistos, por exemplo.

E caso seja preciso neste processo, solicitar um empréstimo, lembre-se que a CashMe tem a menor taxa de mercado e você pode solicitar empréstimos com imóvel de garantia e desfrutar do maior prazo para pagamento. Faça uma simulação!

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anna Clara Martins Alves

Anna Clara Martins Alves no 08/02/2022 a partir do 22:03

Olá. Boa noite! Gostaria de saber como faço pra passa uma proposta com garantia do imóvel. Anna Clara Martins Alves

CashMe

CashMe no 16/03/2022 a partir do 16:53

Olá, Anna! Tudo bem? Convido você a dar um pulinho no nosso nosso site, fazer uma simulação e assim dizer pra gente qual é o valor que está procurando, combinado? Queremos impulsionar o seu sonho! Conta com a gente!

2 Comentários