Você sabe como funciona uma vistoria de imóvel? A vistoria é muito comum, mas se trata de uma das atividades mais importantes que devem ser realizadas em qualquer propriedade, seja para aqueles que buscam adquirir ou alugar uma residência.

Ninguém gostaria de investir um valor expressivo, fechar um negócio, se mudar para a casa ou apartamento em questão e, quando tudo estivesse organizado, encontrar um problema no local, como uma infiltração, por exemplo.

Para lhe esclarecer mais sobre a vistoria de imóvel, no artigo de hoje, aprofundaremos este assunto para que você, caro leitor, fique ciente de por que é tão importante que o imóvel pelo qual está interessado passe por essa.

Aproveite e boa leitura!

O objetivo de uma vistoria de imóvel

A primeira coisa que precisa saber sobre como funciona uma vistoria de imóvel é a etapa de vistoria. Ela tem como objetivo muito mais do que verificar se existem defeitos no local que possam comprometer seu valor de venda. Esta também é voltada para garantir a integridade do local, evitando comprometer a segurança da família que mora ou irá morar ali.

Esta também é fundamental para que possa haver transparência neste tipo de negócio, dando total certeza ao comprador de que este está adquirindo um produto conforme foi acordado no contrato. Além disso, ainda protege o vendedor de possíveis avarias no imóvel, caso este seja alugado.

Isto explica o motivo de esta ser uma etapa obrigatória e prioritária durante a venda de imóveis. Mesmo que o local que esteja adquirindo ainda esteja sendo construído, é possível se avaliar a sua futura integridade.

Em casos em que você será o primeiro morador da residência, isto se torna ainda mais necessário. Afinal, a propriedade não possui de um histórico, o que dificulta saber se está realmente de acordo com as conformidades. Em casos deste tipo, é o Memorial Descritivo, registrado no Cartório de Registro de Imóveis, que irá ajudar na vistoria.

Considerações da vistoria de imóveis

Existem alguns pontos que devem ser levantados em relação a esta etapa tão importante da avaliação de qualquer imóvel que seja. Estes são:

·         Quando o imóvel for novo ou adquirido diretamente na planta, é extremamente necessário realizar a vistoria do mesmo antes da entrega das chaves ou assinar o contrato. O processo deve ser embasado no Memorial Descritivo, que deve contar com todo e qualquer detalhe que envolva a propriedade em questão;

·         Quando o bem a ser adquirido for uma propriedade usada, em nem todos os casos esta terá um Memorial. Nestes casos, a vistoria deve ser realizada sobre a orientação de um profissional da área e tudo que está presente dentro da residência e do terreno deve estar constando no contrato da compra;

O que é verificado em uma vistoria de imóvel?

Durante a etapa de verificação do seu imóvel, tudo e qualquer item existente dentro do mesmo será verificado. Entretanto, não são apenas móveis que serão avaliado pela pessoa responsável.

A vistoria é um processo que deve ser feito de maneira minuciosa, permitindo ao avaliar constatar a integridade de cada local da casa, assim como os bens que contam na mesma.

Os itens levantados durante uma vistoria são:

Infraestrutura

Talvez a parte mais difícil durante todo o processo de avaliação. Nesta, é conferido, além da qualidade do bem, se este possui de todos os requisitos mínimos para garantir ao comprador total segurança dentro do mesmo. São avaliados:

  • Parte elétrica da casa ou apartamento, aonde será verificado as condições das tomadas e toda a fiação do local;
  • Parte hidráulica, que abrange desde as torneiras até a canalização do esgoto e o escoamento da água;
  • Inspeção de gás, que verifica as condições das instalações de gás que podem prejudicar a utilização dos equipamentos que utilizam do mesmo;
  • Forros e pisos, a fim de averiguar possíveis rachaduras, furos, ladrilhos soltos, imperfeições graves, buracos, nivelamento, contrapeso e rodapé;
  • Revestimento e pintura, buscando avaliar toda a condição de acabamento do local, sejam estas internas e externas;
  • Janelas e portas, procurando manter a integridade da segurança do lar, verificando a resistência de trincos e fechaduras, assim como das portas ou qualquer outro meio de entrada ao mesmo;
  • Áreas comuns, sendo estas mais visadas em apartamentos ou condomínios residenciais, procurando verificar elevadores, espaços de lazer salões, entre outros, uma vez que problemas nestes afetam no valor do imóvel;
  • Vaga de garagem, visando as condições de passagem do veículo, assim como a segurança do mesmo no local.

Mobiliário

Este campo abrange qualquer item móvel existente dentro da residência. A vistoria se estenderá a toda mobília encontrada dentro do mesmo, indo de armários de cozinha até as estantes, por exemplo.

Nestes casos, será avaliado a conservação de cada item, focando nas dobradiças, puxadores e a fixação segura dos mesmo em seus locais.

Medidas

A vistoria do imóvel também se estende ao tamanho deste. Tamanho este que deve ser condizente com todas as medidas passadas pela construtora ou proprietário legal do local.

Qualquer divergência constatada que seja excedente a 5% do descrito no imóvel colocará o mesmo em uma posição de renegociação para reajuste de preço.

Vistoria de imóvel garante a sua integridade

Esta etapa é extremamente importante, tanto para o bolso do comprador, visto que é possível avaliar se tudo que está constando no contrato está sendo cumprido, quanto para sua segurança. Lembrando que esta deve ser realizada com um profissional da área, para garantir uma melhor avaliação e um resultado final positivo.

Essas foram as dicas de como funciona uma vistoria de imóvel. E para aqueles que desejam investir em imóveis, procure os serviços da CashMe hoje mesmo. Garantimos oferecer valores expressivos de crédito para qualquer que seja a sua necessidade!

Ficou curioso para conhecer este e outros projetos da empresária? Então, ouça o Construcast!

Gostou do artigo? Então compartilhe este em suas redes sociais!

Confira também:

Quitar o financiamento antes do prazo vale a pena? Descubra agora

8 mitos e verdades sobre o empréstimo online

Como economizar os gastos da sua empresa e ter mais lucro?

endImage

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50). Empresa do Grupo Cyrela

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 120 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 15 anos (180 meses) com LTV de 43,3% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.685,09, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,04% ao ano.”””


O cashme.com.br (“Website”) é pertencente e operado pela Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações (“CashMe”), uma sociedade anônima registrada sob o CNPJ/MF 73.178.600/0001-18

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.