O sonho de ter um negócio próprio está presente na vida de muitos brasileiros, entre eles o pet shop, ramo em ascensão nos últimos anos.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) existem mais animais do que crianças nos lares dos brasileiros, ou seja, um nicho completamente oportuno.

Com o aumento de procuras por pet shops, os serviços que eles oferecem também cresceu, não se limitando a banho, tosa e ração. A inovação e criatividade vão além do que você possa imaginar. Vai desde cabanas de animais até boia para que eles nadem.

Antes de abrir o seu pet shop veja alguns pontos que elencamos para que você tenha sucesso no seu negócio.

Saiba o quanto você deve investir

Você faz ideia do quanto de dinheiro terá que investir para montar um Pet Shop? Um empreendedor corre riscos calculados e, por isso, é importante saber quanto dinheiro está em jogo.

Coloque todas as suas ideias no papel e cote em alguns lugares o quanto custa.

Veja os valores de equipamentos, carro, caso você vá oferecer serviço de busca e entrega de animais, qual a média dos salários dos funcionários etc.

Pense que você tem que manter seu negócio com caixa para os próximos 3 meses pelo menos, a fim de evitar qualquer incidente.

Calculando as despesas mensais do seu pet shop e multiplicando por 3 meses, você saberá se o orçamento está dentro do valor que tem.

Caso esse valor ultrapasse seu planejamento, um empréstimo online pode ser a solução ideal. Principalmente se ele tiver juros baixos, facilidade na aprovação e prazo estendido. Conheça quais são as opções de empréstimos para MEI e escolha a ideal para seu momento de negócio para montar seu pet shop.

Faça um planejamento financeiro empresarial

Como abrir um pet shop

Planejar-se nunca é demais e para montar um negócio menos ainda. Ter tudo em planilhas pode ser fundamental para que você não tenha surpresas negativas nas finanças.

Faça um quadro de custos com datas de quando eles terão que ser pagos. Se possível separe um valor para emergências, pois essas situações podem acontecer e é bom que esteja prevenido.

Antes de tudo, você deve saber qual será a margem de lucro dos produtos, faça isso antes de comprá-los e não depois.

Essa pode ser uma dica que fará você lucrar logo de cara. Conheça estabelecimentos que vendam a preço baixo, ou entre em contato com o fabricante do produto.

Escolha o local para montar seu pet shop

Todos os detalhes do seu negócio devem ser muito bem pensados. O local em que ele será estruturado é uma das principais e mais cautelosas decisões.

Ao escolher o local onde ficará o seu pet shop você deve lembrar do projeto que ele atenderá. Por exemplo, uma instalação para abrigar animais momentaneamente, ou fixos, caso o pet shop faça doações, sala para atendimento, banho, tosa, entre outros.

Saber exatamente quais serviços vai oferecer, poderá facilitar o momento da escolha. Caso precise, solicite ajuda a um profissional, que facilite ainda mais sua visualização do projeto.

Além disso, pet shop é um local que exige muita higiene, portanto deve haver uma logística que ajude a limpeza diária do local.

Estude os seus concorrentes

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, estudar os concorrentes não é só consultar preços. Essa sondagem está mais ligada à forma com que ele é visto pelos clientes, se é consolidado, quais serviços oferece, seu fluxo de vendas etc.

Certamente, ao estudar como outros empresários fazem, você terá ideias inovadoras e muito criativas.

Além disso, é importante que os seus preços estejam dentro ou próximo do que estão oferecendo, afinal você é novo e quer que te conheçam, não é mesmo?

Estude o público da região

Montar Pet shop online

Os clientes são as pessoas que impactam diretamente no crescimento do seu negócio. Portanto, você precisa entendê-los para saber como agradá-los.

Verifique o poder aquisitivo da região, a frequência que levam seus animais ou visitam um pet shop e quais são os hábitos de compra.

Além disso, os tutores de pets em sua grande maioria os tratam como membros da família, por isso é importante zelar pelo atendimento dos bichinhos.

Opte por boas rações para o seu pet shop

Assim como a alimentação humana, as rações e alimentos para pets influenciam diretamente na sua saúde. Por isso, busque revender marcas de diversos valores, mas com uma boa qualidade.

Em sua grande maioria os tutores dos bichinhos preferem rações com uma alta porcentagem de proteína animal, vitaminas e gorduras saudáveis.

Lembre-se de que muitas rações são definidas por faixa etárias dos animais, e quanto mais opções você tiver, melhor será.

Além disso, a disposição do produto no seu pet shop deve ser adequada. Quando armazenada aberta ou em um local com umidade, a qualidade pode estar comprometida, fazendo com que a ração perca seus nutrientes.

Invista em comunicação

O que mais ouvimos por aí é que comunicação é a alma do negócio. O ditado se espalhou tão rápido, porque faz todo sentido. Se você quer que alguém conheça seu negócio, ele deve ser bem apresentado.

Seu pet shop está pronto e finalmente você pode divulgá-lo, então aposte em tudo que puder, banner, panfletos, deixe a criatividade fluir.

Certamente o mundo digital consegue abranger muitas pessoas de forma mais rápida. Criar redes de comunicação online podem ser boas estratégias.

Faça parcerias

Busque serviços que sejam ligados com o que você oferece, por exemplo, clínicas veterinárias. Vocês podem ter uma parceria de divulgação para ambos lados. Anote mais essa dica valiosa.

Desta forma, os seus clientes conhecem o serviço do seu parceiro, e os dele conhecem ao seu. Esse é um tipo de marketing que pode render bons frutos.

Busque um diferencial

Se o seu serviço for exatamente igual ao do seu concorrente e ele tiver um preço mais baixo, pode apostar que vão optar por ele. Busque um diferencial para o seu pet shop, seja na qualidade dos produtos, agilidade, atendimento, ou o que puder, isso fidelizará seus clientes.

Quando eles são fidelizados, a sua venda já está meio caminho andado, e mesmo que seus valores sejam mais altos, eles, em geral, escolherão a qualidade.

Um brinde pode ser um diferencial, uma promoção, uma forma de pagamento mais ampliada, horários estendidos, enfim, muitas coisas podem ser seu ponto forte.

Serviços com pets são muito delicados, e os donos buscam o melhor para seus animais. Carinho e amor pela profissão será fundamental.

Ofereça várias formas de pagamento

Além deste ser um diferencial, também pode ser a porta de entrada dos clientes na sua loja.

Quanto mais amplo for as possibilidades de pagamento, como dinheiro, débito, crédito, entre outras, mais pessoas você poderá atingir.

Mantenha a qualidade do seu pet shop

Esse talvez seja um dos pontos mais difíceis de conseguir, caso contrário não ouviríamos tanto “era bom, agora não é mais”. Quando as pessoas fazem esse tipo de comentário não é à toa, realmente muitos serviços depois de estabelecidos perdem a qualidade, acabam desleixando.

Portanto siga um padrão de qualidade, se um animal era bem tratado no início, se o atendimento era personalizado, mantenha isso. Assim, conseguirá manter seu cliente, que te indicará para outras pessoas o seu pet shop.

Certamente os preços de seus fornecedores podem mudar, mas se isso acontecer, repasse e explique aos consumidores, não use produtos inferiores. Essa é uma queixa constante dos clientes de todos os ramos.

Outra dica importante

Foque sempre em um atendimento de excelência, como descrevemos no decorrer dessa matéria, pois os tutores dos animais querem sempre o melhor.

Quando são tratados com cuidado e carinho os pets voltam para casa mais alegres e brincalhões com os donos. Consequentemente eles reparam no comportamento dos bichinhos, já que ele, por sua vez, transparecerá o tratamento que você ofereceu.

Exigências legais para ter um pet shop

Como nem tudo são flores e empreender não é fácil, abrir seu pet shop requer alguns cuidados para você e para os animais.

O primeiro ponto é que os profissionais responsáveis pelo banho e tosa dos animais devem ter certificado de curso na área.

Além disso, os animais, tanto de vendas, adoção ou os que esperam o serviço, devem ficar em locais adequados e não podem permanecer em gaiolas.

O estabelecimento também deve estar amparado do seu alvará de funcionamento, registro feito pela prefeitura municipal.

Da mesma maneira, todas as autorizações com os órgãos públicos devem estar vigentes. Conheça todas as licenças e instalações necessárias.

Depois de entender que montar seu pet shop exige responsabilidade, e seguir este passo a passo, certamente você estará mais preparado para o mercado. Se você gostou desse conteúdo, compartilhe nas redes sociais, deixe seu comentário e não deixe de ler outras matérias que podem lhe interessar!

endImage

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50). Empresa do Grupo Cyrela

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 120 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 15 anos (180 meses) com LTV de 43,3% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.685,09, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,04% ao ano.”””


O cashme.com.br (“Website”) é pertencente e operado pela Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações (“CashMe”), uma sociedade anônima registrada sob o CNPJ/MF 73.178.600/0001-18

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.