Um curso para corretor é necessário para qualquer pessoa que deseja fazer parte desta área. Este ensina diretrizes que são necessárias para todo e qualquer profissional desta.

Ainda que pareça óbvio, visto que um curso de um determinado setor acaba sendo essencial para que alguém desempenhe seu papel, para um corretor, este é ainda mais mandatório.

Por isso, no artigo de hoje, apresentaremos para você, nosso caro leitor, qual a verdadeira importância do curso para corretor, e por que está é necessária para formar corretores realmente bons.

Aproveite e boa leitura!

Curso para corretor é necessário

Para qualquer um que pretenda exercer esta profissão. O curso para corretor de imóveis será mandatório. Visto que o mesmo irá lhe pôr a par das diversas regras criadas pelo COFECI e pelo CRECI.

Estes que atuam como os órgãos reguladores, a fim de garantir ao cliente que seja atendido por um profissional capacitado. De boa índole e que irá se preocupar com sua satisfação a fechar um negócio.

Afinal, esta indústria move, por ano, milhões, sendo um dos polos mais fortes de economia. Mesmo após ter sofrido tanto com a crise que se alastrou pelo Brasil nos anos de 2014 a 2016.

Sendo assim, tais entidades são de extrema importância na vida de um cliente e do profissional. Estas também são responsáveis por emitir o documento que autoriza a tal pessoa o direito de exercer a profissão.

Qual o tempo de duração do curso de corretor?

Para que alguém possa vir a se tornar, formalmente, um corretor de imóveis, deverá passar no curso de corretagem imobiliária. Tendo passado por um estágio e obtido sua certificação tanto da faculdade quanto do COFECI.

Existem alguns caminhos para que tais certificações possam ser concluídas a fim de lhe garantir o direito de ser um profissional desta área.

O indivíduo que deseja atuar na mesma pode optar por um curso técnico de transação imobiliária de, pelo menos, dez meses, indo, em média, até um ano. Isso já o dará a base suficiente para ser este tipo de profissional.

Ainda sim, é sempre interessante se especializar e aprofundar ainda mais na mesma, visto a quantidade de dinheiro que está é capaz de movimentar. Quando falamos de negócios imobiliários, falamos de transações que envolvem uma grande quantidade de dinheiro.

Um dos cursos mais procurados por estes que desejam um conhecimento mais profundo sobre o setor é o de Ciências Imobiliárias, que possui duração de oito semestres.

Ainda também existe a possibilidade de realizar um conhecido como Gestão Imobiliária, que possui duração de dois anos. Entretanto, o último é mais para aqueles que desejam investir e ter uma entidade dedicada a esta área.

O primeiro passo após iniciar o curso de corretor

Uma vez que tenha iniciado seu curso de corretagem, será extremamente necessário que comece, desde o primeiro dia, a procurar por um estágio para começar a, pelo menos, praticar tal profissão.

Isso ocorre pelo fato de que é exigido pelo COFECI que o aspirante tenha suas horas trabalhadas e entende bem a realidade do mercado para que seja capaz de fazer parte realmente do mesmo.

Vale ressaltar também que a quantia mínima de horas exercidas dentro do estágio supervisionado para que a pessoa possa tirar seu diploma é de, no mínimo, 128 horas totais.

Somente após a efetuação deste será possível conseguir ser certificado e reconhecido pelos órgãos anteriormente citados, uma vez que estes o reconhecerão com o um atuante preparado para realmente lidar com as tarefas diária que são impostas pelo cargo.

Como funciona um curso de corretor?

Este possui de diversas metodologias, sendo estas variáveis de acordo com a instituição que o próprio indivíduo veio a se matricular, tornando as aulas a critério da mesma.

Estas poderão ocorrer de maneira presencial, semipresencial e a distância via internet, onde, ao depender da disponibilidade do aluno, este deverá procurar pela que melhor lhe convir.

Normalmente, os cursos de formação profissional que realizam a certificação na área de corretagem são apostilados e abordam temas como:

  • Matemática financeira;
  • Legislação;
  • Sistema tributário;
  • Documentação;
  • Noções médias de arquitetura;
  • Mercado imobiliário;
  • Entre outros;

Cada um destes conhecimentos serão extremamente valiosos para que gerar um bom corretor de imóveis, visto que o mesmo será capaz de dar total suporte para seu cliente enquanto o atende.

Além disso, estas matérias são base justamente pelo fato de que se este é o profissional que faz o intermédio entre o vendedor e o comprador, ele, mais do que os outros envolvidos, deve entender e ser capaz de dar o seu parecer em relação ao valor do produto.

Curso de corretor forma ótimos profissionais

Como podemos observar durante o artigo, estes cursos visam garantir que o profissional que sai deste formado é realmente capaz de atender seus clientes da melhor forma possível, que esteja em seu alcance.

E para aqueles que desejam investir em imóveis, a CashMe oferece ótimas oportunidades de crédito para que consiga realizar seus sonhos. Conosco, você vai mais longe!

Veja também:

Como aplicar marketing pessoal no seu cotidiano

Entenda o conceito de subscrição de ações

Consumo sustentável: entenda tudo sobre o assunto

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente! Compartilhe e deixa a sua opinião, queremos saber.

Visite o nosso Instagram