Está em busca de um empréstimo para construção? Entenda quais são os melhores métodos de contratação desse serviço e o modelo mais indicado para a sua situação atual. 

Realizar uma construção não é fácil. Além de exigir conhecimentos prévios sobre quais setores deve-se buscar para ajuda, é preciso paciência e resiliência. Durante toda obra para levante de algum imóvel – seja este para morar ou trabalho – sempre haverá algum problema, independente de qual seja.

Entretanto, fazer uma obra deste nível, apesar de ser difícil, não é um problema propriamente dito. Muito pelo contrário, iniciar esse tipo de empreitada mostra competência e disposição, quaisquer sejam os motivos que levam a esse início de jornada. No meio disso tudo existe algo que pode ajudar a pular as pedras no meio do caminho e a diminuir as dores de cabeça ao longo desse trajeto: um empréstimo para construção.

Se você está iniciando a sua obra, não tem dinheiro suficiente e ainda faltam informações básicas sobre o assunto, veja aqui como conseguir essa verba, além de entender quesitos básicos para se investir nessa construção. Continue aqui e acompanhe tudo que temos para o assunto! 

Empréstimo para construção: por que contratar?

Já imaginou você, um lote e um novo empreendimento? Talvez esse seja o sonho de muitos formandos em engenharia civil, por exemplo. Iniciar seu próprio negócio, dar o passo inicial para a sua própria empresa, entre outros assuntos relacionados – os famosos sonhos platônicos. 

Começar uma construção, apesar de muitos considerarem uma dor de cabeça, pode ser o sonho de incontáveis pessoas. Mas, para isso, é preciso algo que poucos possuem: uma verba suficiente para realizar esse feitio.

Por isso, se você faz parte desse grupo, dizemos claramente que um empréstimo para construção é a opção mais viável! Nem todos nascem em berço de ouro e possuem esse valor para começar do zero, por isso muitas empresas dão esse auxílio e você toma-o como uma chance imperdível que a vida certamente ofereceu. 

Diferenças de uma construção e de uma reforma

Antes de iniciarmos nossas primeiras dicas sobre um empréstimo para construção é preciso entender quais as diferenças desse nível de obra para uma simples reforma – não necessariamente simples, mas apenas uma forma de diferenciar. Mesmo que o nome transpareça as distinções entre essas ações, existem pessoas que as confundem e acabam escolhendo os métodos errados na hora de fazer a aquisição de capital.

Uma construção inicia-se do zero. Independente de qual seja o lugar ou a motivação, ela é o passo inicial de algo. Uma sala, por exemplo, pode estar com toda a sua estrutura pronta. No entanto, em sua parte arquitetônica, se não há nada, deve-se começar uma construção.

Quanto à reforma é preciso utilizar um ambiente que já teve algo (ou ainda têm) e mudá-lo por algum motivo. Utilizando o mesmo exemplo da sala, porém pensando em uma que já foi mobiliada. Esta seria uma reforma, pois já houve uma construção e somente está sendo necessário modificar. 

Nível da obra: esperar ou iniciar?

Outro ponto importante que gera muitas dúvidas antes de contratar um empréstimo para construção é quanto o nível dessa obra. Muitas pessoas a iniciam de maneira equivocada devido à ansiedade por essa ocasião e, posteriormente, acabam contratando o serviço errado.

Por isso, é importante salientar que, se você é uma pessoa que age por impulso e não pensa nas consequências disso é melhor esperar. Mesmo que seja algo necessário para o momento, para começar um procedimento deste nível é preciso cautela e planejamento – e sem ações tomadas por pura pressa.

Imagine a seguinte situação: uma startup em fase de crescimento, a necessidade de tirá-la do meio virtual e torná-la também em agência física. Nesse contratempo e ansiedade de transformar tudo isso em realidade, um empréstimo errôneo é adquirido e leva essa empresa à falência. Percebemos, a partir disso, que o cuidado deve vir acima de tudo. 

Dicas para contratar um empréstimo para construção

No momento de contratar um empréstimo para construção é muito importante estar atento quanto ao valor a ser adquirido e a outros fatores relacionados a aspectos financeiros. Realizar um serviço deste nível não é tão simples quanto parece, pois exige do contratante responsabilidade e sagacidade caso surja algum problema durante o percurso. 

Por isso, pensando nas pessoas que querem adquirir esse capital e não possuem muitos conhecimentos sobre o assunto – ou talvez até entendam, mas queiram saber mais sobre – veja as principais dicas para cuidar desse dinheiro tomado por empréstimo. 

É importante destacar que tudo que falaremos aqui é generalizado, ou seja, serve para qualquer público que deseja adquirir esse capital. Falaremos diretamente cobre o empréstimo para construção, mas as dicas são adaptáveis a qualquer método desse serviço.

Planejar valor

Sem sombra de dúvidas, o passo inicial para adquirir um empréstimo para construção é de planejar o valor a ser gasto durante a obra e, logo após, a quantidade a ser tomada através da prestadora de serviços. 

Mesmo que não haja um custo fixo – pois sabemos que surgem imprevistos durante esse tipo de obra – é possível criar uma média de valor a ser utilizado para que haja a contratação desse capital e que não seja necessário retornar a empresa para pegar mais uma quantia. 

Além disso, é importante planejar o valor devido a alguns modelos de empréstimos não aceitarem determinadas quantias. O cheque especial, por exemplo, somente dá ao seu consumidor uma quantia semelhante ao limite de seu cartão de crédito. Valores superiores a isso não são liberados. Por isso, pesquisa e planejamento são fundamentais. 

Organizar gastos

Após planejar o valor a ser gasto durante a suposta construção é de suma importância organizar os gastos totais. Mesmo que haja infortúnios e outras pendências durante uma obra é possível orientar os preços médios a serem gastos, além de outros quesitos econômicos relacionados. 

Para isso existem alguns métodos, sendo um deles de maior indicação nossa: utilize um modelo de construção retirado na internet e o valor gasto em três etapas, sendo essas três semanas ou até mesmo três meses. Após, some todas e divida por três, pois através dessa conta surgirá uma quantia limite a ser utilizada.

No entanto, além desse modelo que estamos ensinando, existem outros que podem te auxiliar nessa tomada de empréstimo para construção. Independente de qual seja usada é essencial ter um gasto organizado para não haver problemas financeiros ao longo desse processo. 

Buscar lugares mais baratos

Quando se trata de construção, automaticamente surge em mente a famosa concorrência. Muitas pessoas buscam construir seus próprios negócios para economizar no aluguel de salas comerciais e também para sobressair a outros empreendimentos. Por isso, você também deve fazer o mesmo, mas com valores mais baixos!

Tire algumas horas de seu dia para procurar locais mais baratos, como lotes mais distantes ou até mesmo menores – visto que isso diminui custos. Além disso, busque saber quais são as lojas de construção mais baratas ou que cobrem ofertas de outras especializadas.

Dessa maneira, além de haver uma economia junto à organização semanal/mensal, é possível utilizar menos na hora de comprar outros apetrechos essenciais para essa obra. Apesar de ser pego um empréstimo para construção, isso não significa que não deve haver economia e nem que o dinheiro é eterno no bolso do contratante. 

Pechinchar em lojas especializadas

Junto ao ponto anterior e afunilando ainda mais o nível de busca é muito importante pechinchar em lojas de construção. A maior parte destas são conhecidas como “de bairro”, pequenas, que os próprios donos estão 24 horas no estabelecimento e que negociam diretamente com o comprador.

Supostamente, caso você caia num desses negócios e possa combinar valores, tente ao máximo conseguir descontos. Nesse momento não pode existir vergonha ou sentimentos semelhantes, pois é o lado financeiro que está em jogo e economia é tudo.

No entanto, se não for possível comprar tudo de sua construção nesses estabelecimentos, procure lojas maiores que aceitem cobrir oferta de outras. Esse é um método antigo, que auxilia muitas pessoas na hora de fazer uma obra. 

Escolher o melhor empréstimo para construção

Por último, mas não menos importante, para que a sua construção saia bem é preciso contratar o empréstimo ideal. Não são todos que são indicados para os contratantes, muito menos para esse tipo de ocasião.

Se você está construindo uma loja, a aquisição de um empréstimo por meio de consignado é um dos maiores erros a serem cometidos. Este, além de ser altamente desvantajoso devido às taxas e prazo curto para pagamento, limita os benefícios governamentais da pessoa por um bom tempo.

Por isso, estude quais são os modelos mais adaptáveis a sua ocasião e desvie de métodos comuns e antiquados, que podem gerar dívidas e outros problemas durante o processo de pagamento. Caso você opte por esses métodos, consequentemente pode sofrer com algum prejuízo futuro. 

Quais os empréstimos mais comuns no mercado?

No mercado brasileiro existem métodos de contratação de capital que são mais comuns. Isso não significa que eles são os melhores, tendo em vista o número de empresas que fornecem serviços ruins e que somente levam dores de cabeça aos contratantes – além de não serem indicados por outros motivos. 

O empréstimo para construção precisa ser bem decidido, pois raramente é adquirido por um valor baixo. Se você tomar um serviço problemático, que pode causar infortúnios principalmente financeiros, automaticamente está colocando sua cabeça numa forca e arriscando seu dinheiro para pagamento.

Por isso, atente-se aos modelos mais famosos em regiões brasileiras e defina se eles realmente atendem a sua busca econômica. Ao fim deste artigo mostraremos um que não é tão comum aqui, porém que pode ser a melhor opção para você nesse momento. 

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é o método considerado ideal, pois abrange a um grupo, que muitas vezes esses serviços não atendem: a terceira idade. Essa restrição se deve pelo medo das empresas tomarem prejuízo caso aconteça algo com o contratante durante o tempo de pagamento e que acabe gerando uma dívida à prestadora de serviços. 

No entanto, é o um erro acreditar que esse serviço seja adequado para qualquer pessoa. Ele funciona como um débito automático retirando um valor mensal da prestação de benefícios governamentais que a pessoa recebe, como INSS, PIS, entre outros. 

A ilusão começa a partir do instante que não se vê o dinheiro saindo da conta. A falta sensação que esse empréstimo para construção causa camufla as taxas altíssimas, além do prazo curto de tempo para pagamento, deixando o cidadão defasado perante esse benefício fornecido pelo Governo.

Crédito pessoal

O crédito pessoal está junto ao cheque especial e a outros serviços oferecidos por bancos públicos e privados do Brasil. Este se trata da retirada de qualquer valor em um caixa eletrônico através do cartão de crédito de sua agência. 

Esse modelo está longe de ser indicado para alguém, pois além do prazo de pagamento ser curto, chegando ao máximo de 45 dias – ou seja, menos de um mês para quitação do valor contratado – as taxas giram em torno de 7% ao mês.

Entende-se então que não existem vantagens no crédito pessoal. Quem adquire esse serviço precisa realmente estar necessitando de dinheiro de imediato, porque as desvantagens que ele traz ao consumidor são incontáveis. 

Cheque especial

Por último entre os mais comuns do Brasil está o famoso cheque especial. Esse não é um empréstimo propriamente dito, que a pessoa busca por uma agência e contrata o serviço, mas uma maneira de retirar dinheiro do banco deixando- negativa. Para isso pode-se repor o dinheiro logo depois, por um prazo estipulado pelo banco em questão.

Muitas pessoas consideram esse serviço excelente devido à facilidade de retirar a quantia em qualquer lugar e devolvê-la a qualquer momento. Contudo, o erro entra a partir disso, pois os juros desse modelo podem chegar até mesmo a 12,5%, a depender do banco.

Portanto, se você está atrás de um empréstimo para construção, não aposte nesse método de contratação de capital. O valor para pagamento é muito alto acrescido com os juros é muito alto, podendo levar o contratante a adquirir uma dívida durante esse percurso. 

Como fugir de problemas com empréstimos?

Como vimos, existem métodos de empréstimos que são mais comuns no Brasil. Isso, infelizmente, precisamos novamente salientar: nem todos que estão na lista são indicados para contratação e muito menos que vão resolver o problema (que é conseguir capital para uma construção) do contratante em questão.

Para fugir de infortúnios com empréstimos, principalmente quando se trata de um empréstimo para construção, é preciso buscar conhecimentos sobre esses serviços e entender como funcionam. Isso está diretamente relacionado com os pagamentos estipulados por eles, às taxas cobradas, além de outros pontos.

Apesar de alguns serem facilitados para o contratante, como o famoso consignado é, que aceita até mesmo pessoas da terceira idade, as formas desses empréstimos serem quitados são absurdas e abusivas, colocando a pessoa num xeque-mate, sem que ela desconfie que está dentro de um jogo de xadrez. Por isso, ter informação é a chave principal e a maior salvação de problemas futuros.  

Existe um empréstimo indicado?

Tudo que falamos até aqui sobre o assunto tem sido um tanto quanto desanimador e temeroso. Porém, apesar dos empréstimos mais famosos no Brasil não serem indicados para contratação, existe um que podemos apostar de olhos fechados, que será a solução para inúmeros contratantes.

É importante destacar que ele não é tão comum no país e que ainda existe uma pequena falácia em cima deste, porém isso não significa que realmente seja a melhor opção do consumidor brasileiro e que ele se destaque entre os demais. 

Se você que está em busca de um empréstimo para construção acima de R$80.000,00 ainda não sabe qual modelo escolher, mostraremos a melhor opção do mercado, que traz inúmeras vantagens durante o processo de contratação e até mesmo depois disso. 

Empréstimo para construção Home Equity

O empréstimo Home Equity, ou coo é conhecido no Brasil por empréstimo com imóvel como garantia, é o mais indicado para o caso de empréstimo para construção. Isso se deve pelo seu alto valor de margem, a partir de R$80.000,00, além de outros fatores.

Muitas empresas e métodos iniciam com preços baixos e mantêm-se nesses níveis. Para pessoas que precisam contratar quantias grandes, automaticamente surgem agências abusivas, que fazem todo o processo ser problemático e duvidoso.

No entanto, no Home Equity é possível ter confiança e apostar a fundo. Esse modelo é famoso principalmente em terras estadounidenses, mostrando que é possível conquistar cada vez mais o coração do brasileiro com qualidade de serviço e eficácia em todos os aspectos.

Taxas baixas

Em primeiro lugar, o modelo de contratação de empréstimo com imóvel como garantia é tão benéfico devido as suas taxas no mercado. Os outros métodos citados aqui, que são muito comuns no país, cobram juros altíssimos, que chegam até mesmo à 12% ao mês.

Mas, quanto se trata do Home Equity, isso é diferente. Esses valores não passam mesmo de 1%, tornando a contratação do empréstimo para construção o passo ideal para a obra. Além disso, não somente para a construção, mas com os valores são baixos, é possível mobiliar essa empresa e utilizar esse valor para outras coisas.

Por isso, se você está em busca de um empréstimo para construção que tenha custos inferiores ao mercado, sem sombra de dúvidas esta é a melhor opção. 

Parcelamento otimizado

Todavia, se você achou que essa era a única vantagem, estava enganado. O queridinho empréstimo com imóvel como garantia possui outra vantagem que enchem os olhos dos contratantes, que é o parcelamento otimizado.

Esse método funciona da seguinte forma: caso você queira parcelar de poucas vezes e com poucos juros, é possível. Mas, caso queira parcelar de muitas vezes e com poucos juros, também é possível! Ou seja, toda a contratação é facilitada para o consumidor.

Dessa maneira, outra vez vemos que o Home Equity ganha em comparação aos outros estilos de aquisição de capital e sobressai quanto às atitudes antiquadas das empresas que fornecem serviços consignados, pessoais, entre outros. 

Confiança e segurança

Para encerrar com chave de ouro, a confiança e segurança durante a contratação desse serviço é o maior chamativo de todo o processo. Sim, nós sabemos que o nome adaptado “empréstimo com imóvel com garantia” soa um pouco temeroso, contudo, não há motivos para temer.

Mesmo que para assinatura de todo o contrato seja necessário utilizar o seu imóvel na negociação, raramente seu apartamento ou casa entram em risco. Devido às otimizações citadas acima, como as taxas inferiores as do mercado e parcelamento variável, os contratantes muito dificilmente deixam de pagar o valor adquirido.

Por isso, se você está em busca do modelo ideal de empréstimo para construção, não hesite no momento de escolher este. Além de apresentar inúmeras vantagens, existe a CashMe, uma empresa especializada e altamente profissional no assunto para atender os seus pedidos. 

CashMe: o empréstimo para construção ideal

Ao fim percebemos que é possível realizar um empréstimo para construção de forma adequada e sem dores de cabeça. Mesmo que esse serviço, o Home Equity sofra com algumas falácias no país, ele é o mais indicado para situações como estas, além de indicada ara outras com valores altos de cntratação. 

Se você está atrás de um empréstimo para construção a partir do Home Equity, conheça a CashMe! Oferecemos contratação desse capital com imóvel como garantia e com taxas inferiores a 1% ao mês, facilitando o pagamento do consumidor.

Além disso, também é possível parcelar o valor adquirido em até 180 meses, auxiliando a quitação do preço tomado e fazendo que haja uma relação harmônica entre a prestadora de serviços e o contratante.

Faça um orçamento conosco e conheça mais sobre a CashMe! 

Banco Central e as mudanças sobre o Home Equity: entenda

Home equity: 5 motivos para escolher essa modalidade de empréstimo

Como escolher uma casa de praia para comprar?

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente!  Compartilhe e deixe a sua opinião, queremos saber. Visite o nosso Instagram