Veja quais são os tipos de empréstimos sem a consulta do CPF. Está com o nome sujo e quer fazer um empréstimo? A CashMe  mostra como. Confira:

Grande parte da população brasileiro que está endividada não tem certeza de como isso começou. Com uma dívida pequena, que aumenta gradativamente por conta das taxas de juros, pensam que não trará problemas. E é aí que mora o perigo. Somando todas as dívidas pequenas, o valor devido pelo consumidor se torna imenso. Além daquelas em que, discretamente, a taxa de juros faz crescer e se tornar quase impagável.

A solução normalmente é pedir um empréstimo. Contudo, aqueles que já estão enrolados com muitas dívidas, podem não enxergar a alternativa por terem o CPF nos órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa.. Existem empréstimos que não fazem consulta ao CPF, mas é preciso tomar muito cuidado para não agravar ainda mais a situação financeira.

Onde conseguir empréstimo sem consulta ao CPF?

Para que seja possível conseguir um empréstimo, às instituições financeiras consultam o CPF e outros dados do solicitante. Isso é chamado análise de crédito e com ela é possível analisar se o consumidor tem ou não condições de adquirir um empréstimo.

Os grandes bancos não fazem empréstimo pessoal para consumidores que possuam o nome negativado, mas existem algumas financeiras no mercado que disponibilizam esse tipo de serviço. Entretanto, as taxas de juros podem ser mais altas devido à inadimplência. 

Algumas instituições financeiras possuem uma linha de crédito denominada Penhor, na qual é possível obter um empréstimo pessoal sem consulta do CPF. As taxas de juros dessa categoria de empréstimo costumam ficar em torno de 2,0% ao mês e os prazos para o pagamento das parcelas pode chegar até 80 meses. Porém, existe o risco de perder o objeto penhorado caso as parcelas não sejam pagas.

Empréstimo sem consulta ao CPF: Consignado 

Juntamente com o Penhor, outra alternativa de crédito com taxas de juros baixas é são os empréstimos consignados. A má notícia é que será feita uma consulta ao CPF do crediário da mesma forma, mas a boa notícia é que é possível conseguir o dinheiro mesmo com o nome negativado. Porém, o valor do crédito liberado será menor do que seria se a pessoa estivesse com o “nome limpo”.

O empréstimo consignado tem o desconto o pagamento das parcelas direto da folha do pagamento, de modo que todos os meses o salário já virá descontado. Assim, não há risco de esquecer de pagar. Entretanto, esta modalidade só está disponível para aposentados e pensionista do INSS, servidores públicos  militares.

Empréstimo sem consulta ao CPF: Para negativados 

Caso nem o penhor e nem o empréstimo consignado sejam opções, há a possibilidade de recorrer ao empréstimo negativado, que tem como foco emprestar dinheiro justamente para o pagamento de dívidas. Contudo, é importante saber que este tipo de linha de crédito costuma ser recusado pela maioria das instituições financeiras.

Vale lembrar que é uma operação de risco para as instituições, de modo que a taxa de juros costuma ser mais alta do que em relação aos outros tipos de empréstimo. Assim, quanto maior o montante requisitado, maior serão os juros. 

As de juros de um empréstimo pessoal no ano de 2016 ficou em média 7,05% ao mês, de acordo com um levantamento de dados da Fundação Procon-SP. Quando se tem restrições no CPF, as mesmas taxas podem saltar para 20%, de modo que é preciso se planejar e escolher a linha de crédito certa para seu problema.

As taxas de juros são calculadas através de três variáveis: o perfil de crédito do beneficiário, a instituição financeira e o valor do empréstimo que for solicitado. Porém, é importante lembrar que não são todos os gastos que existem em uma operação de empréstimo. Junto com encargos e outras taxas, formam o Custo Efetivo Total (CET).

Como saber se o CPF está negativado?

Antes de fazer o empréstimo, é preciso se planejar e pesquisar. Nisso, também entra ter a certeza de que o consumidor possui restrições em seu CPF e em seu nome. É muito comum pensarmos que estamos na corda-bamba e isso não acontecer realmente.

 O oposto também ocorre, ou seja, achar que nossa vida financeira está em ordem quando tem uma dívida pendente que nunca lembramos. Para fazê-lo, basta acessar o site de um órgão de proteção ao crédito e se cadastrar gratuitamente, colocando o CPF.

Como evitar golpes de empréstimos sem consulta ao CPF?

É bastante comum aparecerem instituições ou pessoas oferecendo um empréstimo milagroso para quem está com o nome negativado. Muitas pessoas acabam fechando o acordo, sem saber que se trata de uma fraude, por conta do desespero e urgência de que a dívida seja paga. 

O principal golpe aplicado é a exigência de depósitos ou pagamentos antecipados para a liberação do crédito. Esta é uma prática ilegal, uma vez que nenhuma instituição financeira irá cobrar algo antecipadamente ou que esteja fora do contrato.

Outra prática ilegal bastante comum é a exigência da contratação de seguros para que se tenha acesso ao dinheiro do empréstimo. Conhecida como “venda casada, é uma prática proibida pelo Código de Defesa do Consumidor. 

Tente negociar a dívida

Talvez a melhor e a mais fácil saída para quem possui restrições no CPF seja a renegociação da dívida. Deve ser feita diretamente com a instituição financeira credora. Como as empresas bancárias são as partes mais interessadas em receber o pagamento, isso deve ser usado em favor do cliente. Entretanto, antes que a negociação seja feita, é preciso conhecer a fundo o orçamento, para não aceitar uma proposta que prejudique ainda mais e aumente a dívida.

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente!  Compartilhe e deixe a sua opinião, queremos saber. Que saber mais sobre o assunto? Veja:

Os 6 erros mais comuns na hora de pedir um empréstimo

7 cuidados na hora de pedir empréstimo pessoal

5 dicas de como usar o empréstimo para saldar dívidas

endImage

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50). Empresa do Grupo Cyrela

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 120 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 15 anos (180 meses) com LTV de 43,3% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.685,09, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,04% ao ano.”””


O cashme.com.br (“Website”) é pertencente e operado pela Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações (“CashMe”), uma sociedade anônima registrada sob o CNPJ/MF 73.178.600/0001-18

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.