Por diversas experiências, podemos dizer que o mercado de home equity no Brasil já sofreu muito mais do que na atualidade.

Não pela qualidade do serviço, mas sim pela falta de interesse de outros meios de empréstimos divulgarem todos os benefícios que o refinanciamento de imóvel pode oferecer para os clientes destes.

Diversas pessoas sequer conhecem o que é um empréstimo com imóvel de garantia e os que conhecem, julgam antes mesmo de tentar fazer uma avaliação.

Por isto, no artigo de hoje, estaremos apresentando para você, nosso caro leitor, mais informações sobre o cenário do home equity aqui no Brasil, e o porquê deste estar vendo algumas mudanças. Aproveite e boa leitura!

O cenário do home equity no Brasil já foi muito prejudicado

Antigamente, quando falávamos deste tipo de proposta em um banco ou outros tipos de credoras, era natural que recebêssemos diversos feedbacks negativos em relação ao serviço.

Este tipo de abordagem era totalmente mal vista pelos bancários e outras empresas financiadores. Justamente por não ser tão atraente em lucro quando outros modelos impostos pelo mercado.

Principalmente quando falamos de empréstimo pessoal financiado, que pode ter taxas em relação a seu valor de até 27%. Um verdadeiro abuso, visto que pessoas que procuram por empréstimos têm como objetivo resolver alguma situação pessoal, e não se afogar em dívidas.

Uma vez que o empréstimo com imóvel de garantia trás ao cliente uma opção com juros bem menores do que os meios mais populares, é claro que os já estabelecidos bancos iriam dizer que se trata de um serviço ruim.

Além de sequer divulgarem qualquer benefício que fosse, ainda utilizam do argumento que este era um serviço voltado a tirar a propriedade do cliente, uma vez que se este não pagasse, o imóvel poderia acabar sendo vítima de penhora.

Algo que, graças às reviravoltas do mercado, hoje, podemos ver que está longe da verdade.

Um produto interessante, apenas para os que podem pagar

As empresas que podiam servir deste recurso para o cliente o ofertavam apenas para aqueles que tinham uma renda extremamente elevada. Está que está longe das proximidades de um trabalhador qualquer.

Grande parte das ofertas eram apenas para clientes que possuíam renda acima dos R$ 10.000,00, realidade que nem todos conseguem alcançar.

Ou seja, enquanto uns falavam mal do serviço, outros se beneficiam às custas do mesmo de maneira tão injusta quanto em um empréstimo pessoal, mirando apenas em um cliente de elite.

Ainda mais quando, por lei, é definido que uma parcela de empréstimo não pode exceder acima dos 25% da renda total do interessado. Ainda sim, 25% de R$ 10.000,00 se trata de R$ 2.500,00.

O olhar atual sobre o home equity no Brasil

Com a última declaração do Banco Central do Brasil, o home equity, que já vinha ganhando destaque nos últimos anos, recebeu um novo olhar dos bancos e de outras empresas de empréstimo.

A modalidade parou de ser difamada para se tornar uma dos produtos com maior potencial de lucro dentro destas empresas, onde, em alguns lugares, esta pode estar representando até 23% do lucro dos serviços de empréstimo.

As pessoas se sentem em uma obrigatoriedade maior neste tipo de serviço, garantindo que estas honrem o pagamento e permaneçam fiéis ao contrato durante toda  a vida deste.

Tamanho é o crescimento deste que o próprio Banco Central diz que, graças a esta modalidade, o mercado financeiro pode receber até R$ 500 bilhões em reserva deste serviço, ampliando a abrangência do público que pode procurar pelo empréstimo com garantia de imóvel.

Ainda mais com números tão animadores, uma vez que, no último ano, esta modalidade conseguiu atingir a marca de R$ 1,533 bilhão emprestados como crédito.

Apesar do setor já ter passado por diversas baixas, este tem se tornando cada dia mais atrativo, uma vez que seus números tem aumentado cada vez mais. Afinal, este é muito mais atraente que os outros modelos.

Um serviço ainda não tão maduro

Pelo fato de que muito do público foi ensinado que o home equity se trata de uma modalidade que tem como objetivo tomar o lar de alguém, muitas pessoas se sentem receosas em relação a segurança e qualidade desta abordagem.

Prejuízo este que os bancos terão de correr atrás agora, visto que é por majoritária culpa destes que o mercado ainda é visto como inseguro.

E mesmo que estejam passando a apresentar de maneira mais amistosa o refinanciamento de imóvel, os juros cobrados por estes ainda são mais altos do que os de empresas já estabelecidas no mercado.

Tanto que a média de juros cobrados pelos bancos em empréstimos com imóveis de garantia está na faixa de 1,40%, o que, para esta modalidade, pode sim ser considerado alto.

Uma opção mais interessante

Aqui na CashMe, já estamos no ramo atuando com home equity a mais tempo que as outras empresas de empréstimos do mercado, o que nos possibilita oferecer um serviço de melhor qualidade e apresentar devidamente o produto em questão.

Nossas taxas são as mais baixas do mercado, onde, ao depender do imóvel utilizado na transação, podemos cobrar de 0,99% até 1,20% sobre o valor.

Além de que o valor de nossa proposta para o cliente será equivalente a 60% do preço total do imóvel como crédito, possibilitando a este todo o crédito necessário para que possa estar resolvendo seus problemas.

Sem a necessidade de que você nos explique o motivo de estar precisando de nossos serviços. O que importa para nós é que está nos procurando e tem um problema que precisa ser resolvido, e isto, por si só, já basta.

Além disso, as outras empresas tem um tempo de aprovação de até 52 dias, o que pode acabar deixando o cliente numa situação mais difícil do que ele se encontrava.

Aqui na CashMe, nossas aprovação é de, no máximo, sete dias, lhe permitindo agir com maior rapidez em relação a seus problemas.

O cenário de home equity aqui no Brasil tem a melhor opção do mercado

Mesmo que os bancos tenham adentrado ao mercado de maneira mais recente, eles ainda não podem oferecer um serviço tão eficaz quanto o nosso.

Faça uma consulta conosco hoje mesmo e confira em primeira mão os melhores preços do mercado com as menores taxas do mesmo. Com a CashMe, você vai mais longe!

Se você gostou do artigo, compartilhe este em suas redes sociais!

Confira também:

Vai reformar o seu apartamento? Confira algumas dicas

Valor venal de um imóvel, o que é e como é calculado. Saiba agora

Como funciona o refinanciamento de imóvel