Está em busca de um empréstimo ideal, mas não sabe quais métodos são oferecidos no Brasil? Veja aqui os modelos que existem no país, além de qual é o mais indicado para qualquer situação.

O empréstimo ideal é a busca de inúmeros brasileiros no país. Independente de qual seja a situação, muitas pessoas vão atrás desse serviço a fim de otimizar alguma questão financeira, seja em relação à construção, à dívida ou até mesmo abertura de uma empresa.

Vamos supor que um empresário está a fim de criar seu próprio empreendimento, mas não possui verba o suficiente para isso. Sem sombra de dúvidas, uma das formas de solucionar esse problema é contratando um empréstimo.

Contudo, é possível contratar o empréstimo ideal? Como identificamos que o serviço é de qualidade e que não irá nos prejudicar financeiramente no futuro? Entenda aqui os métodos mais comuns e famosos de aquisição de capital no Brasil, além do melhor tipo de empréstimo para qualquer situação. Acompanhe! 

A falácia sobre os empréstimos no Brasil

Quem nunca, em sã consciência, já escutou falar que contratar um empréstimo é um erro? Sim, sabemos que essa falácia é comum entre a população brasileira devido a alguns acontecidos verídicos e também a algumas histórias inventadas pelo senso comum.

Depoimentos de que pessoas entraram em falência total após contratar esse capital sempre circulam em rodas de conversa, principalmente quando a discussão chega ao ponto sobre o empréstimo ideal.

Realmente existem casos de pessoas que adquiriram problemas financeiros após tomar esse capital. No entanto, isso acontece através da escolha errada de uma empresa que fornece esses trabalhos, além do método de empréstimo inadequado. Ou seja, não passa de um erro de busca propriamente do contratante. 

Existe um empréstimo ideal?

A maior dúvida entre as pessoas que estão atrás de um empréstimo é: realmente existe um empréstimo ideal? Como encontro esse serviço sem grandes dores de cabeça? É possível adquiri-lo em qualquer instância?

Podemos afirmar que, sim, existe o tal “empréstimo ideal”, mas que para isso é preciso atentar-se a alguns pontos, a fim de dar suporte nessa escolhe e diminuir as chances de investir no método errado. 

Caso isso não seja preparado da maneira correta, as chances de adentrar a um serviço ruim e ter problemas principalmente financeiros com essa empresa são grandes. Ou seja, preste sempre atenção em qual agência está adentrando e qual modelo que eles ofertam. Veja também outros quesitos importantes: 

Empréstimo ideal versus busca

Em primeira análise é preciso entender que o empréstimo ideal é aquele que se adequa totalmente a sua busca. Dar margem para contratar outros serviços é sinônimo de sair insatisfeito com essa contratação.

Se você, por exemplo, está atrás de um método de contratação de capital que forneça baixas taxas, mas que não precisa de um tempo muito estendido, automaticamente deve procurar algo compatível.

É importante ressaltar que, às vezes, esse método pode se tornar ainda “mais ideal” se no momento de formalizar o processo surgir ainda mais benefícios. Isso, sem sombra de dúvidas, é possível. Contudo, não se pode iludir ao ponto de se decepcionar caso não encontre o procurado. 

Expectativa sobre o empréstimo

Dando enlace ao item anterior, o empréstimo ideal deve ser aquele que mais se adequa a você e a sua procura. Todavia, mesmo que seja de suma importância fazer essa adaptação, também é importante ter pés no chão e não criar inúmeras expectativas sobre serviços irreais.

Muitas pessoas que não entendem sobre esse tipo de serviço acabam criando ilusões de que vão lucrar em cima desses empréstimos e que pagarão de volta o mesmo valor que retiraram. Não, isso não é possível em hipótese alguma!

Como no exemplo acima, os juros podem até ser reduzidos, mas nunca serão ínfimos. Antes de criar uma expectativa é preciso buscar como essas aquisições funcionam e o básico que cada tipo de empréstimo cobra do contratante. 

Quantia desejada

A quantia desejada também entra nesse quesito. Um empréstimo ideal precisa estar regulado ao valor contratado e ao método de aquisição. O famoso crédito pessoal, caso seja adquirido em um valor alto, automaticamente cobrará um juros altíssimo desse contratante.

Além disso, existem tipos desse serviço que limitam a quantia desejada. Para construir uma casa, muitas vezes é preciso valores superiores a 100 mil, preço que muitas agências não disponibilizam de maneira alguma.

Por isso, para que haja o empréstimo ideal, também é preciso saber se o método de sua escolha realmente abarca a quantia que você deseja e se ele realmente é o ideal para a situação em questão. 

Situação econômica brasileira e empréstimos

A tomada de empréstimos no Brasil varia muito de acordo com cada pessoa. Em sua maioria está relacionada às construções, independente de qual sejam o nível e motivação, e também ligadas às dívidas, um fenômeno muito comum entre a população. 

É importante salientar que cada indivíduo possui sua motivação, mas que nem todos os serviços atendem as suas respectivas justificativas. Além disso, quando relacionado com idade, também é difícil de conseguir um empréstimo, tendo em vista uma série de burocracias que as empresas exigem.

Modelos como o home equity são mais facilitados para ambos os casos, sendo um indicado para qualquer situação. Então, no momento de pensar por esse tipo de serviço, analise bem qual se adapta e a situação econômica que gira em torno dessa contratação. 

Quais os empréstimos mais comuns no Brasil?

No Brasil existem métodos que são mais comuns entre os brasileiros e que, automaticamente, geram as falácias sobre esse serviço. Muitos deles são inapropriados para qualquer pessoa por causa de inúmeros fatores prejudiciais.

O empréstimo ideal não está nesse grupo, sem sombra de dúvidas, pois todos eles possuem muitas desvantagens para o consumidor e causam até mesmo temores no momento da contratação. 

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado, para muitos, é a solução dos problemas. Esse método é considerado um empréstimo ideal porque abrange ao grupo da terceira idade, que muitas vezes é restringido desse serviço pelas empresas de tomada de capital.

Contudo, é o um erro fatal acreditar que esse serviço é adequado para alguma pessoa. Ele funciona como um débito automático nos benefícios governamentais que uma pessoa recebe, como INSS, PIS, entre outros. 

A ilusão começa a partir do momento que não se vê o dinheiro saindo. Nessa retirada mensal que o empréstimo realiza, taxas altíssimas são cobradas, além de serem retiradas em um prazo curto de tempo, deixando o cidadão defasado com esse benefício do Governo. 

Cheque especial

Outro método muito comum no Brasil é o cheque especial. Esse não é um empréstimo propriamente dito, que a pessoa procura uma agência e contrata o serviço, mas sim uma forma de retirar dinheiro do banco deixando a sua conta negativa e repondo o valor logo depois.

Muitas pessoas consideram esse serviço vantajoso, porque qualquer quantia pode ser retirada – que esteja próxima à margem do cartão de crédito – e paga a qualquer momento. Todavia, este é outro erro, pois o juros é diário e pode chegar até mesmo a 12,5%, a depender do banco.

Ou seja, se você está atrás de dinheiro, somente aposte no cheque especial se for a única saída. O valor para pagamento é altíssimo, fazendo até que a pessoa adquira uma nova dívida e torne essa questão em um ciclo. 

Empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal está relacionado e totalmente enraizado ao cheque especial e outros serviços oferecidos por bancos. Este se trata da ida a um caixa eletrônico e a retirada de qualquer valor, apenas utilizando a margem de seu cartão de crédito.

Sem dúvida alguma, esse método passa longe de ser o empréstimo ideal, pois além do prazo de pagamento ser curto, chegando ao máximo de 45 dias – menos de um mês para quitar o valor contratado – as taxas giram em torno de 7% ao mês.

Portanto, vantagens não existem. Somente adquire esse serviço quem realmente está precisando e não possui outra possibilidade em voga. Se você pode contratar outro método, faça-o sem medo. 

Crédito parcelado

Por último e talvez o mais comum entre os brasileiros, o crédito parcelado. Igual ao cheque especial, esse não se trata de um empréstimo propriamente dito e muito menos de um empréstimo ideal – podemos dizer até mesmo que é o empréstimo prejudicial. 

Este se trata da possibilidade de parcelar a fatura de um cartão de crédito pagando “apenas” uma taxa para realizar esse processo. Os bancos, para prenderem seus clientes nesse serviço, estipulam um prazo mínimo de quatro meses para pagar, fazendo que o juros fique ainda mais alto.

Por isso, se você está pensando em parcelar o seu cartão de crédito, pense bem antes de fazer isso. As empresas que trabalham com isso vão te prender ao máximo a esse serviço, levando até mesmo a um esgotamento mental e acumulo de dívida. 

Como identificar o empréstimo ideal?

Até aqui vimos que os empréstimos mais comuns no Brasil são pouco adequados para contratação. Todos eles possuem desvantagens muito prejudiciais ao consumidor e que podem até mesmo causar uma dívida enorme a ele. 

No entanto, não é preciso medo. Em meio a essa escuridão estão surgindo métodos que podem ser considerados como o empréstimo ideal para o contratante, visto que eles oferecem a melhor opção de mercado. 

Um deles é o famoso Home Equity, sem tradução literal, muito comum principalmente nos Estados Unidos e em alguns países do continente da Europa. Este, sim, é o empréstimo ideal a se adquirir. 

Empréstimo Home Equity

Conhecido também como empréstimo com imóvel como garantia, o empréstimo Home Equity é aquele que utiliza seu imóvel para garantir a contratação do serviço e para priorizar possíveis riscos nessa relação.

Muitas pessoas temem colocar um apartamento, uma casa ou até mesmo uma sala comercial nesse jogo. Contudo, não há motivos para ter medo! Esse é um empréstimo ideal devido à segurança que traz após o fechamento de contrato.

As taxas cobradas por esse modelo são baixíssimas, podendo chegar até mesmo a menos de 1% ao mês. Além disso, existem empresas que parcelam o valor em até 180 meses, sendo de escolha do contratante e auxiliando na quitação desse valor por parte dele. 

Como contratar um empréstimo Home Equity?

Para contratar esse empréstimo ideal não é preciso muitas burocracias, como outros modelos do mercado brasileiro. Para que haja negociação existem documentos e exigências simples e claras, que muitas vezes atendem a todos os grupos que buscam um empréstimo.

É importante destacar que cada empresa possui a sua especificação de documentos, sendo que tudo que falaremos aqui é um comum geral. Ou seja, é algo obrigatório para todas as agências que fornecem esse tipo de empréstimo. 

Por isso, se você quer saber como contratar esse serviço, veja abaixo as preparações básicas e também algumas dicas essenciais! 

Busque uma empresa que forneça esse serviço

Para adquirir um empréstimo home equity é preciso encontrar uma empresa que forneça somente esse tipo de serviço. Não é qualquer agência que oferece capital com imóvel como garantia, sendo necessária pesquisa e um pouco mais de empenho na hora para encontrar – pois esse modelo não é tão comum no Brasil.

Nesse meio existe a CashMe, uma empresa conceituada e entendida sobre o assunto, que realiza empréstimos desse modelo e aceita diversos tipos de contratantes. Oferecemos inúmeras vantagens em nosso serviço, além de otimização nas taxas mensais e prazo para pagamento estendido.

Ou seja, se você está em busca desse tipo de empréstimo, a CashMe pode ser a sua solução. Entre em contato conosco e saiba as condições para adquirir um capital com imóvel como garantia, além de outras informações importantes para a contratação desse serviço. 

Leve os documentos necessários

O básico de toda contratação é de ter em mãos as documentações como identidade e carteira de trabalho. Em qualquer serviço desse tipo são dois requisitos importantíssimos para firmar o negócio e assinar o contrato.

Contudo, para adquirir um capital advindo de um home equity é necessário também separar documentos que comprovem a veracidade de seu imóvel que entrará no negócio. A escritura e registro de imóvel são dois deles, sendo importante leva-los para realizar o empréstimo. 

Por isso, no momento de separar todas as documentações, não leve somente seus registros pessoais, mas também os comprovantes de que o apartamento, casa ou outro está em seu nome. 

Tenha em mente o valor mínimo desse empréstimo

Para fazer esse empréstimo ideal existe um ponto importante a se destacar: o home equity somente realiza aquisições de valores a partir de R$80.000,00. Por isso, contratar esse serviço visando um preço menor não é possível.

O empréstimo com imóvel como garantia é indicado para pessoas que precisam de uma quantia alta e que não querem criar uma dívida enorme contratando outros modelos altamente prejudiciais ao consumidor, como o consignado ou crédito pessoal. 

Existem determinados momentos que indicamos essa contratação e que acreditamos ser a melhor opção para quem busca esse capital. Por isso, veja se ela se encaixa a sua busca – e, mesmo que não esteja na lista, pare e pense nos pontos positivos que vamos relatar aqui para você mesmo analisar se realmente é o melhor modelo de contratação do mercado. 

Empréstimo para intercâmbio

O empréstimo ideal para um intercâmbio é o home equity. Estudar fora do Brasil requer dinheiro e bastante investimento, algo que nem todos possuem e nem ao mesmo conseguem com qualquer modelo de aquisição de capital.

Apostar nos estudos em países como Estados Unidos, Canadá e Inglaterra são uma maneira de se qualificar para o mercado e se destacar entre os demais concorrentes de sua área de trabalho. Por isso, mesmo que o valor seja alto, como todo intercâmbio é, este é um investimento certo.

Por isso, se você está a fim de iniciar os estudos fora do Brasil, busque contratar esse modelo de empréstimo e veja como ele pode ser benéfico para sua formação estudantil e formação profissional. 

Criação de empresa

O home equity não é somente indicado para auxiliar nos estudos fora do Brasil, mas também para abrir uma empresa dentro do país – ou fora, caso seja de escolha do contratante. Pelo valor inicial posto por esse modelo é possível construir um grande negócio e dar o ponta pé inicial da melhor maneira possível.

Com o capital mínimo exigido para adquirir o empréstimo com imóvel como garantia é possível investir na construção de uma empresa ao todo, seja pela parte estrutural e também por outras partes, como quadro de funcionários, entre outros.

Existem determinadas empresas que são bastante lucrativas e que podem ser a melhor opção para quem quer começar um negócio: 

Curso

Sem sombra de dúvidas, investir na abertura de um curso é a melhor maneira de apostar com o seu empréstimo ideal. Esse é um tipo de empresa muito rentável no Brasil, tendo em vista o número de pessoas que buscam se qualificar para o mercado.

O curso pode ser voltado para diversas áreas, seja pré-vestibular, pré-militar ou até mesmo pré-técnico. Além disso, é possível criar cursos profissionalizantes, que aceitam pessoas de várias faixas etárias, diversificando o público que compra esse serviço. 

Salão de beleza

Se você trabalha na área de beleza e está a fim de construir seu próprio negócio, o empréstimo home equity é o mais indicado para a situação. Além de oferecer uma quantia considerável para fazer todos os ajustes para essa empresa, ela prevê muitas facilidades na hora de pagar o valor contratado.

Um salão de beleza, junto aos cursos que envolvem a parte educacional, também é altamente rentável no Brasil. A busca pela beleza e para se sentir bem é quase infinita, fazendo que esse mercado seja muito lucrativo. 

Espaço de festas

Por último e também indicado por nós é de investir o seu empréstimo ideal na abertura de um espaço de festas. Esse tipo de lugar necessita de inúmeras obras e arrumações, contudo geram muitos lucros a cada festa realizada – ou seja, é como fiz o ditado popular, é uma “via de mão dupla”.

Se você está em dúvida em qual tipo de negócio iniciar, recomendamos este, por ser o mais democrático e fácil e cuidar da lista, precisando apenas de reparos mensais no espaço e organização para as festas que acontecerão ali. 

Muitos outros

Mesmo que tenhamos indicado alguns tipos de situações para que você possa contratar o empréstimo ideal, existem muitas outras opções para se investir esse capital e torna-lo um grande aliado financeiro – e rentável ao longo do tempo. 

O empréstimo home equity, apesar de não ser tão comum no Brasil, é atualmente o melhor serviço de aquisição de capital por trazer pouco risco ao contratante e por dar inúmeras vantagens ao consumidor.

Não se deixe levar por outros métodos por apenas serem apenas conhecidos no mercado brasileiro, pesquise e veja como este pode ser o ideal para você e dar tudo aquilo que está em busca.

CashMe para contratação de empréstimos

Ao fim entendemos que é possível encontrar o empréstimo ideal apenas procurando pelo melhor serviço e pela melhor empresa que fornece esse tipo de contratação. Para isso não há muitas dificuldades, realizar uma pesquisa prévia já mostra como outros modelos são desvantajosos e como algumas agências são pouco indicadas.

Se você está atrás de um empréstimo home equity, contate a CashMe! Oferecemos empréstimos com imóvel como garantia e taxas inferiores a 1% ao mês, otimizando o pagamento do contratante e se tornando o menor juros ofertado em todo o Brasil. 

Além disso, é possível parcelar o pagamento em até 180, facilitando a quitação do valor contratado e diminuindo as chances de haver algum problema durante o processo do empréstimo. 

Faça um orçamento conosco e conheça a CashMe!

Banco Central e as mudanças sobre o Home Equity: entenda

Home equity: 5 motivos para escolher essa modalidade de empréstimo

Como escolher uma casa de praia para comprar?

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente!  Compartilhe e deixe a sua opinião, queremos saber. 


Visite o nosso Instagram!