O Serasa score é uma importante ferramenta utilizada para concessão de créditos. Entenda como ele funciona e como aumentar sua chance de conseguir crédito.

Você certamente já ouviu falar da Serasa. Ela é uma empresa privada e a maior referência de análises e informações para decisões de crédito.

Além de oferecer serviços de consulta de CPF e restrição ao crédito, a Serasa disponibiliza um dos principais score de crédito do mercado brasileiro, o Serasa Score.

Esse dado pode ser decisivo na hora da aprovação de um cartão, empréstimo ou financiamento. Saiba mais sobre o Serasa Score e, também, como aumentar sua chance de conseguir crédito!

O que é o Serasa Score?

É uma importante ferramenta que auxilia as empresas na tomada de decisão sobre a concessão de crédito.

Por meio de uma pontuação que vai de 0 a 1.000, o Serasa Score apresenta qual a chance de determinado perfil de consumidores pagar as suas contas em dia nos próximos 12 meses.

A pontuação funciona da seguinte maneira:

  • até 300: pontos há alto risco de inadimplência;
  • entre 300 e 700: o risco é médio;
  • acima de 700: o risco de inadimplência é considerado baixo.

Como o Serasa Score é calculado?

Para realizar o cálculo são consideradas diversas informações, dentre as quais podemos destacar:

  • Idade: pessoas mais jovens têm maior tendência a hábitos de consumo descontrolados, portanto, é um dado levado em conta no cálculo;
  • CPF: se houver pendências no seu CPF, sua pontuação diminui;
  • Valor de dívidas em aberto: quanto maior a dívida em aberto, mais prejudicial para seu score;
  • Quantidade de vezes que buscou crédito no mercado: pessoas que recorrem muitas vezes a empréstimo podem não ter bons hábitos financeiros, por isso, esse é outro fator que diminui sua pontuação.

Como aumentar sua pontuação no Serasa Score?

O serasa score não funciona como um banco de dados. Ele é calculado a cada vez que você pede uma liberação de crédito.

Por isso, algumas mudanças de hábitos podem fazer com que sua pontuação aumente, confira alguma delas:

1. Limpe seu nome

Primeiramente, estar com o CPF sem restrições é essencial para ter uma pontuação melhor no Serasa Score. Se você possui dívidas atrasadas, procure negociá-las e cumpra o acordo.

Outra opção é recorrer a modalidades de empréstimos com juros mais baixos disponíveis, como o Home Equity.

Assim, você quita a dívida que possui juros altos e assume outra com juros menores e maior prazo para pagamento.

2. Pague suas contas em dia

Não atrasar pagamentos indica que você tem bons hábitos financeiros. Para não correr risco de esquecer de pagar alguma conta, se possível, inclua no sistema de débito automático.

3. Antes de fazer novas dívidas, procure quitar as que já tem

Evite acumular muitas dívidas e planeje aquisições relevantes antecipadamente. Lembre-se que imprevistos acontecem e, de uma hora para outra, você pode ter despesas adicionais ou mudanças na sua renda.

Então, é sempre bom manter uma reserva de sua renda mensal para emergências.

Caso tenha algum problema financeiro, procure seu credor o quanto antes e busque alternativas para quitar sua dívida.

Seja por meio de um acordo, ou de um empréstimo com juros baixos e maior prazo de pagamento. Quanto antes solucionar o problema, melhor.

Portanto, o principal é não deixar se formar uma bola de neve, e contrair diversas dívidas que não poderão ser quitadas tão logo.

4. Faça o cadastro positivo

Por padrão, o cálculo do Serasa Score considera os fatores que diminuem a sua pontuação. No entanto, ao fazer o Cadastro Positivo na Serasa, todas as contas que você paga em dia poderão ser consideradas como pontos positivos. Aos poucos, você constrói um histórico de bom pagador.

O Cadastro Positivo é ótimo para profissionais autônomos que precisam de um financiamento, por exemplo, e que não possuam comprovação de renda formal.

Graças ao histórico de bom pagador, nessa situação, será mais fácil conseguir acesso ao crédito pretendido.

Enfim, agora que você descobriu como aumentar seu Serasa Score, não perca tempo e comece a melhorar sua pontuação!

endImage

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50). Empresa do Grupo Cyrela

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 120 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 15 anos (180 meses) com LTV de 43,3% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.685,09, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,04% ao ano.”””


O cashme.com.br (“Website”) é pertencente e operado pela Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações (“CashMe”), uma sociedade anônima registrada sob o CNPJ/MF 73.178.600/0001-18

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.