Está a fim de contratar um empréstimo, mas ainda não sabe o valor a ser tomado? Entenda como funciona a simulação de empréstimo e muitos outros processos que esse serviço oferece.

O empréstimo é um serviço de contratação de capital muito requisitado pela população não só brasileira, mas mundial. Esse tipo de tomada de dinheiro é um meio para auxiliar pessoas que estão com problemas financeiros ou até mesmo ajudar quem está a fim de abrir um negócio, realizar uma reforma ou comprar uma casa.

Independente do motivo que leve à contratação, as empresas que trabalham com esse tipo de serviço possuem método de captar seus clientes: a simulação de empréstimo. Este, sem dúvida alguma, é um meio que facilita tanto a agência que dispõe o valor, quanto à pessoa que está atrás da quantia.

Por isso, se você está interessado em tomar uma quantia a partir desse tipo de serviço, entenda como funciona uma simulação de empréstimo, como esse processo pode auxiliar na escolha certa e muito mais sobre empréstimos. Acompanhe!

Empréstimo: a solução de inúmeros problemas

O serviço de empréstimos é uma maneira que muitas pessoas encontram de sair de algum problema financeiro. Na maior parte das vezes, estas entraram nesse abismo econômico por falta de planejamento ou até mesmo por um problema grande, que acarretou numa dívida imensurável. 

A partir do instante que se contrata esse tipo de serviço, o consumidor passa a ter uma responsabilidade de pagamento a mais. Muitos temem isso, pois já estão com uma dívida e não querem acarretar outra. No entanto, se o crédito for bem escolhido, dificilmente o contratante irá gerar um novo infortúnio.

A simulação de empréstimo entra nesse instante: para que uma pessoa saiba se aquele contrato está nos parâmetros financeiros dela é preciso realizar uma pequena pesquisa e embasamento. As empresas que ofertam esse tipo de oportunidades automaticamente ganham a preferencia do cliente. 

Como funciona a simulação de empréstimo?

Para contratar um empréstimo é necessário uma série de atitudes por parte do contratante e por parte do contratado. A tomada dessa quantia não é tão simples quanto parece, porém se for realizada da maneira correta, transforma-se em um benefício para ambos.

Às vezes, todas essas ações acabam se perdendo pelo cliente não gostar e não concordar com a oferta da empresa. Para isso, a simulação de empréstimo é uma solução, tendo em vista uma pequena amostra de como a agência trabalha e o valor que ficará para o contratante.

Por isso, se você está atrás de realizar essa simulação e entender sobre as taxas e demais processos de uma empresa na contratação de um empréstimo, veja aqui como funciona esse processo e o que ele apresenta no momento que é contatado. 

  • Quantia requerida

O primeiro ponto para realizar a simulação de empréstimo é estipulando a quantia requerida. Mesmo que ainda não saiba o valor total para contratação é preciso uma ideia de quanto será preciso nesse processo.

Uma pessoa, em hipótese alguma, pode iniciar o contrato desse serviço sem ter uma média em mente. Caso isso aconteça, algumas empresas podem aproveitar o momento de vulnerabilidade e acabar coagindo o cliente a realizar uma tomada maior do que é necessário.

Por isso, durante esse processo, coloque um valor médio e tenha em suas mãos como ficaria todo o decorrer do empréstimo. Dessa maneira se torna mais fácil de visualizar os procedimentos da simulação.

  • Análise de documentos e renda

A simulação de empréstimo também requer documentos e um comprovante de renda. Nem todos exigem esse ponto, porém ele é muito importante para saber se você está com tudo legal perante o Governo para que o contrato seja realizado de maneira correta e limpa. 

A carteira de identidade, carteira de trabalho e outros registros precisam comprovar quem é você à empresa – visto que ela vai ceder uma quantia considerável para o empréstimo – e garantir que caso aconteça algum infortúnio no meio do caminho, que haja uma identidade real a recorrer.

Mas, não somente isso, o comprovante de renda se torna um medidor do valor que pode ser emprestado ao consumidor. Mesmo que este queira uma quantia grande, se na simulação de empréstimo for constatado que o contratante possui uma rena baixa, automaticamente o dinheiro não será liberado. Ou seja, tenha em mãos as documentações que comprovem sua verba mensal. 

  • Oferta de valores

Por último, mas não menos importante nesse processo de simulação de empréstimo, é preciso ter atenção na oferta de valores que uma agência oferece ao cliente. Mesmo que você queira, por exemplo, R$10.000,00, algumas empresas não cedem essa quantia. 

Durante a simulação é possível conhecer os planos oferecidos e se realmente vale a pena contratar aquele agência, tendo em vista quesitos como número de parcelas, quantia de juros, entre muitos outros. 

Ou seja, quando for realizar uma simulação de empréstimo, fique atento a esses três pontos e tome cuidado para não preencher dados errados, pois consequentemente o sistema ofertará valores diferentes e prazos variados. 

Existem riscos na simulação de empréstimo?

Muitas pessoas, ao verem uma simulação de empréstimo principalmente em meios virtuais, ficam com medo de realizar esse processo. Sim, nós sabemos que existem fraudes e até mesmo quadrilhas que roubam dados pessoais e os utiliza de maneira ilegal. 

Contudo, esse tipo de serviço não possui riscos se for bem pesquisado e escolhido. Empresas confiáveis, como a CashMe, fornece ao consumidor uma simulação de empréstimo totalmente gratuita e sem muitas dores de cabeça com documentos e afins.

Portanto, para que não haja problemas, saiba pesquisar qual a melhor agência que fornece esse serviço e se os contratantes já tiveram problemas ao realizar uma simulação de empréstimo – tanto no meio virtual quanto no meio físico. 

Como saber se a empresa é de confiança?

Pensando nesse quesito de segurança principalmente no meio virtual, criamos um pequeno tutorial de como saber se a empresa que fornece os serviços de empréstimo realmente é confiável e merece o seu investimento.

É importante ressaltar que esse tipo de atitude precisa ser tomado em qualquer momento, em qualquer ação realizada junto à agência, não somente no instante de realizar uma simulação de empréstimo. Saber com qual sistema você está se envolvendo é uma maneira de fugir de golpes e até mesmo problemas maiores que esse. 

Por isso, se você está a fim de analisar uma empresa, entenda com detalhes como avaliar se a empresa em questão é de confiança e como utilizar disso para qualquer outro momento de sua vida. 

  • Feedback

Em primeiro lugar é de suma importância pesquisar sobre o feedback de clientes. Mesmo que a empresa não possua uma rede social é possível ver através de pesquisas do Google ou até mesmo a partir de conhecidos que são assíduos nesse serviço de empréstimo.

Se não existir nenhum tipo de opinião na Internet sobre a empresa, este é um motivo a se estranhar. Dificilmente, hoje em dia, as agências não possuem algum tipo de opinião disponibilizada virtualmente – mesmo que até seja na rede pessoal de alguma pessoa.

Ou seja, se houver muitas reclamações ou nenhum tipo de feedback, fuja dessa empresa e nem mesmo realiza uma simulação de empréstimo. Ceder dados para empresas desse tipo é uma forma de dar confiança aos golpistas. 

  • CNPJ

Outra forma muito importante para saber se a empresa de empréstimo é confiável é procurando o CNPJ da mesma. Este é um número de série fornecido pelo Governo Federal a fim de legaliza-lo perante a União e ao Estado. 

Se a agência em questão não possuir esse documento, existem duas opções: ou ela é recém inaugurada e está nos tramites para legalização ou está agindo de maneira ilegal perante as leis de funcionamento impostas pelo Governo.

Em qualquer um dos dois casos aconselhamos que não faça nenhum tipo de contato. Mesmo que se trate de uma empresa nova, esta na pode fornecer serviços sem o número de CNPJ comprovando que é legal perante todas as leis que existem sobre o comércio. 

  • Reclame Aqui

Por último e um dos melhores passos para saber se a empresa é de confiança é consultando no site “Reclame Aqui”. Esta é uma plataforma desenvolvida para reclamações de empresas de todo o Brasil, a fim de que haja uma comunicação entre cliente e agência e possível solução do problema em questão.

Nele é possível observar se a agência realmente é legal e se ela está engajada em resolver os problemas de seus consumidores. Em lugares que fazem empréstimos isso é muito importante, pois envolve muito dinheiro e dados pessoais – que podem levar uma pessoa a muitos problemas.

Por isso, antes de realizar qualquer ação com a empresa, mesmo que seja somente uma simulação de empréstimo, consulte o seu nome e CNPJ no site Reclame Aqui e descubra se ela realmente é uma boa agência de se envolver. 

Os empréstimos mais comuns no Brasil

No Brasil existem modelos de empréstimos que são mais comuns de serem tomados, além de simulações mais frequentes entre os consumidores desse tipo de serviço. Isso, em contrapartida, não significa que estes sejam as melhores opções do mercado brasileiro.

Os modelos mais frequentes são os mais antiquados, que surgiram no país há anos e se tornaram quase fixos entre os contratantes. No entanto, além desse pequeno monopólio de serviços de empréstimo, existem outros que podem ser uma salvação no financeiro de uma pessoa.

Para que você entenda mais sobre os tipos de empréstimos mais comuns que existem em nosso país, faremos uma pequena apuração de cada um, mostrando quais são as taxas, período de parcelamento, entre muitos outros.

  • Empréstimo consignado

Sem dúvida alguma, o empréstimo consignado é o mais famoso em todo o país. Este utiliza toda a sua renda, contando até mesmo com o valor de sua aposentadoria – se for o caso de uma pessoa idosa – para disponibilizar o valor ao contratante.  A empresa também analisa a sua renda atual, seus imóveis e até mesmo o lucro ganho através de um negócio autônomo. 

Dessa forma, por utilizar inúmeras rendas, a agência consegue um valor mais alto que os demais métodos brasileiros.  Nessa modalidade, a dívida é debitada mensalmente de sua conta, tornando o risco para a instituição financeira não tão grande, pois todos os meses haverá de onde retirar a quantia.

No entanto, este pode ser um método arriscado, pois as taxas são altíssimas, igual ao crédito pessoal, e o tempo de parcelamento menos otimizado. Portanto, a simulação de empréstimo é a melhor solução para ter em mente se realmente é um processo ideal ou não. 

  • Crédito pessoal

A simulação de empréstimo também pode ser realizada em forma de crédito pessoal diretamente com uma agência bancária, seja de maneira física ou virtual. Para isso é discutido com o gerente de seu banco a situação financeira que você se encontra e julgado o quanto a empresa pode ceder para a situação prescrita. 

Essa discussão pode ser realizada e firmada no mesmo dia, sem grandes dificuldades, tornando o processo muito mais fácil perante outros métodos. Contudo, não indicamos este serviço, pois os bancos brasileiros cobram taxas altíssimas, que podem chegar até mesmo a 8% ao mês. 

Portanto, se você está atrás do empréstimo e não quer acabar em outra dívida durante essa contratação, talvez o crédito pessoal não seja o mais indicado. Busque saber sobre outros e veja se realmente é a melhor opção do mercado.

  • Cheque especial

No mercado brasileiro existe um modelo muito famoso, que não se trata propriamente de um empréstimo. Este é o cheque especial, um método que qualquer pessoa com uma conta corrente e um cartão de crédito pode retirar alguma quantia do banco através do cartão disponibilizado pelo banco. 

Esse é o que menos indicamos, sem dúvida alguma. Ele possui as maiores juros do Brasil e o menor prazo de pagamento dentre os demais, além de não oferecer ao cliente uma simulação de empréstimo. Ou seja, essa contratação pode se tornar uma grande dor de cabeça caso o consumidor não tenha o dinheiro para pagar de imediato. 

A taxa pode chegar até mesmo a 12% ao mês e ainda ser cobrada uma multa diária por atraso. O tempo para quitação do valor é de 45 dias, podendo deixar o seu nome sujo perante o Governo.

  • Penhor de bens

Por último, mas não menos importante, o empréstimo como penhor de bens também é muito comum no país e se trata da entrega de um bem com valor alto a um banco, a fim de receber uma quantia em troca todos os meses, se tornando um empréstimo reverso.

Muitas pessoas acreditam que esse método é extremamente vantajoso, porém não entendem que podem perder o seu utensílio penhorado e que o valor desse modelo é muito abaixo das demais contratações – tendo em vista que quase ninguém possui um bem com valor alto.

Por isso, se você está atrás desse tipo de serviço, este não é o melhor jeito. O valor é muito abaixo dos demais métodos e consequentemente não auxilia em todas as dívidas que precisam ser pagas para ficar com o nome limpo perante o Governo.

Qual o melhor empréstimo do mercado?

Com os inúmeros modelos disponíveis no mercado, além da grande competição que existe com as formas mais comuns de tomada de capital, fica difícil colocar um ranking de melhores empréstimos brasileiros. Contudo, temos um em específico que é extremamente vantajoso e que em todo o seu processo de contratação dá certeza e confiança ao contratante. 

É importante salientar que para adquirir esse serviço é necessário o pedido de um valor alto, a começar por R$100.000,00. Ou seja, é um modelo indicado para aqueles que estão precisando de bastante dinheiro – e, para isso, existe a simulação de empréstimo online. 

Empréstimo Home Equity

O serviço que estamos falando é o famoso Home Equity. No Brasil, este modelo ainda está em crescimento, sendo disponibilizado em poucas empresas. Porém, o empréstimo Home Equity é muito comum nos Estados Unidos e o mais indicado pelo país americano.

Este é um método que funciona da seguinte maneira: para contratar o valor desejado é preciso colocar seu imóvel em jogo. Muitos temem essa atitude, porém ela é uma garantia que você dá à agência em troca de juros menores e prazos otimizados de parcelamento. 

Raramente uma pessoa adquire dores de cabeça com esse serviço. As taxas são muito inferiores aos modelos mais comuns de empréstimos, além da Cash Me, uma das melhores empresas do mercado que cedem esse tipo de adesão, apresentar um ótimo serviço e garantir a estabilidade de seus clientes. Ou seja, o empréstimo Home Equity é a nossa maior indicação!

Simulação de empréstimo Home Equity

O empréstimo com imóvel como garantia, como também é conhecido, também possui um tipo de simulação. Para isso é necessário dispor todas as documentações básicas, que qualquer empresa de empréstimos pede durante esse processo, e disponibilizar algum comprovante de imóvel – visto que o Home Equity funciona a partir da garantia de alguma casa, apartamento e outros.

Vale a pena destacar, novamente, que esse modelo exige um mínimo para a simulação de empréstimo, sendo este de R$100.000,00. Ou seja, para quem está atrás de uma quantia alta, essa é a melhor forma de garantir a sua contratação. 

Contudo, se você é uma pessoa que está a fim de adquirir um valor baixo, que não chegue a ter tantos zeros à direita, a melhor opção é de realizar a simulação de empréstimo em outras empresas, que fornecem outros tipos de tomada de capital. 

CashMe para contratação de empréstimos

Ao fim entendemos que a simulação de empréstimo pode ser a solução para quem está em dúvida quanto ao serviço que está para contratar e até com medo de passar por algum infortúnio, como golpes e roubos virtuais. 

Se você está atrás de um empréstimo no modelo Home Equity, contate a CashMe! Somos uma agência especializada em empréstimos com imóvel como garantia, que oferece taxas inferiores a 1% ao mês, além de parcelamento otimizado, chegando até mesmo a 180 meses para quitação.

Por isso, continue em nosso site e entenda um pouco mais sobre as nossas condições de serviço. Faça um orçamento conosco e conheça mais sobre a CashMe! 

Banco Central e as mudanças sobre o Home Equity: entenda

Home equity: 5 motivos para escolher essa modalidade de empréstimo

Empréstimo para negativado: como realizar essa contratação e muito mais

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente!  Compartilhe e deixe a sua opinião, queremos saber. Visite o nosso Instagram!

endImage

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50). Empresa do Grupo Cyrela.

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 144 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 12 anos (144 meses) com LTV de 42,79% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.894,10, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,38% ao ano.”””


O cashme.com.br (“Website”) é pertencente e operado pela Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações (“CashMe”), uma sociedade anônima registrada sob o CNPJ/MF 73.178.600/0001-18

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.