Esta modalidade de crédito vem contemplando cada vez mais itens, desde celulares à carros e até viagens. Confira:

Cada vez mais pessoas estão procurando por financiamentos e com a Selic (taxa básica de juros) em baixa – no menor patamar 6,5%, os consumidores estão usufruindo mais desta modalidade de crédito. De acordo com um levantamento realizado pelo SPC Brasil em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, o número de brasileiros que procuraram por financiamentos, entre o ano passado e este, cresceu 16%. É um aumento de seis pontos percentuais em comparação a pesquisa realizada anteriormente. 

A procura não é apenas para a compra de veículos ou imóveis, um ranking de produtos financiados revela quais são os mais requisitados atualmente pelos brasileiros. Para esta modalidade de crédito, os automóveis ainda são os preferidos e se destacam em primeiro lugar com quase 50% da pesquisa. Os eletrônicos, que são os celulares e tablets, foram financiados por 15,5% da população. E já o setor de imóveis aparece com 14,6%. Confira na integra o ranking com os cinco produtos e bens mais financiados de 2019:

  • 1º Automóveis com 49,4%
  • 2º Eletrônicos (celulares e tablets) com 15,5%
  • 3º Casa própria com 14,6%
  • 4º Eletrodomésticos com 14,3%
  • 5º Reforma de imóvel com 13,8%

Especialistas apontam que a procura por dispositivos eletrônicos aumentou no decorrer de uma década, por conta de um novo movimento cultural digital que vem acontecendo no país. Os avanços tecnológicos influenciaram as novas gerações que passaram a acompanhar os lançamentos e tendências do setor. Com isso, a explicação é que a população começou a procurar por linhas de financiamento para ter acesso a todas as novidades mais modernas e atuais que estejam disponíveis no mercado. 

Análise do mercado de financiamento atual 

Apesar da queda dos financiamentos que aconteceu em 2014, o setor se recuperou bem e voltou a se movimentar em 2018. Desde então, o crescimento não parou mais, mesmo sendo em ritmo menor do que o registrado em outros tempos. O que deu um novo fôlego para a modalidade de crédito é a queda dos juros, que possibilitou novas oportunidades. 

O financiamento se tornou uma ferramenta fundamental para a compra de imóveis, carros e celulares no país. Oferecendo um novo otimismo para a economia se recuperar ao poucos. A Câmara Brasileira da Indústria da Construção revelou dados referentes ao primeiro semestre de 2019, que apontam que o volume de crédito financiado aumentou em quase 40%, e ultrapassou a marca de 27 bilhões de reais. Foram financiadas as compras de 104 mil imóveis por todo o país, revelando um aumento de 31% em comparação ao mesmo período em 2017. 

As projeções positivas também impactam o setor automotivo, uma pesquisa do IBGE apontou que as compras de carros, motos e peças aumentaram cerca de 15,1% no ano passado. Esta média é a maior registrada em 11 anos. De acordo com a instituição o movimento econômico foi impulsionado pelas reduções de impostos, quedas de juros e também devido ao lançamento de novidades no mercado. Gostou do post? Tem dúvidas ou perguntas sobre o tema? Deixe seu comentário, nossa equipe está à disposição para ajudar você no que for preciso. Saiba mais sobre finanças pessoais, organização de orçamentos domésticos e empresariais em nosso site. Visite:https://www.cashme.com.br/