Se tem um período em que precisamos saber organizar a casa é, com certeza, após a mudança. Este período de transição está longe de ser calmo e simples, e a bagunça é tão normal que parece que sempre esteve presente.

Ainda que seja somente uma passagem momentânea, o pós-mudança é, de fato, uma parte complicada. Não apenas estamos nos habituando ao novo local e as pessoas neste, como também não lembramos de todos os detalhes da casa, tornando-se comum esquecermos até aonde colocamos os pratos.

Para lhe ajudar nesta etapa um tanto conturbada, mas ainda incrível, de sua vida, apresentaremos hoje, ao caro leitor, algumas dicas para que possa organizar a casa depois da mudança de maneira efetiva.

Aproveite e boa leitura!

Organizar a casa nova não é tão simples

Por mais que esta etapa parece simplória, está longe de ser algo fácil. Manter uma boa organização dentro de casa, principalmente na durante os períodos de mudança, pode se mostrar um desafio e tanto.

Seja pela falta de costume em relação ao local, ou pela simples fato deste ser um processo conturbado. Até as coisas se ajeitarem dentro de sua casa elas podem levar algum tempo.

Assim, algumas dicas de como organizar a casa neste período serão muito úteis, visto que estas acelerarão o processo de finalização da mudança, trazendo a tranquilidade a seu novo lar. Estas dicas são:

Primeira dica: Decida quem realizará a sua mudança

A organização da sua casa após a mudança começa antes mesmo que está possa acontecer. O passo inicial a ser dado nesta é escolher se o processo será feito apenas por você e algum parente ou se será necessário contratar uma empresa de transporte para realizá-lo.

Claro que para se economizar, poder contar com familiares e amigos neste momento de transição tão importante dentro de nossas vidas é sempre um fator interessante. Serviços de transporte para mudanças, seja por empresas oficiais do ramo ou carretos populares de bairro, tendem a ser custosos, se tornando uma barreira para muitos que estão realizando a mesma.

A vantagem de corporações que realizam este serviço está no fator de que no contrato já consta o embalamento de todos os seus pertences por eles, garantindo o comprometimento com a integridade do item até a chegada a seu destino.

Para aqueles que não dispõe do capital necessário para contratarem um carreto oficial, podem procurar por alternativas populares no bairro ou ainda pedir ajuda aos que são próximos a você.

Apesar desta opção ser mais barata, o recomendado é que se inicie o embalamento de todos os seus pertences dias antes do transporte, permitindo que seja tudo conferido e prevenindo o esquecimento de algo na antiga casa.

A decisão de qual método será utilizado para fazer o transporte irá depender da disposição financeira, visto que estes serviços não são baratos. Procure por aquele que melhor irá lhe atender para que tudo ocorra de maneira segura.

Segunda dica: Crie uma ordem de transporte

Antes de colocar os itens no caminhão ou no carro, defina previamente uma ordem para quais itens deverão ser entregues primeiro em sua nova casa. Isso tornará a organização do lar mais fácil de se controlar.

A prioridade são os itens essenciais e, a medida que estes forem entregues, os outros virão através de um padrão estabelecido. Isto irá lhe permitir tornar a nova residência habitável o mais cedo possível.

Uma ideia interessante é identificar cada uma das caixas e colocar pertences semelhantes nessas. Isto lhe poupará muito tempo durante o processo de realocação destes.

Algumas empresas deste ramo oferecem em conjunto ao transporte, um montador para re-montar móveis maiores que não podem ser transportados montados. Assim, é possível reduzir o tempo de espera para tornar o imóvel habitável.

Além disso, de prioridade para o transporte que inicia pela no período da manhã. Mesmo que mudanças possam vir a ser demoradas, ao depender do local para qual está indo, estas podem e tem total condição de serem realizadas em um único dia.

Terceira dica: Como organizar a casa nova

Para evitar estresses, tenha em mãos um mapeamento de como deseja que os ambientes de seu lar fiquem e quais itens serão armazenados em cada um destes.

Claro que existem as obviedades, tais como sofá na sala e geladeira na cozinha. Entretanto, este mapa poderá conduzir a alocação dos objetos maiores de maneira mais fácil.

Para as pequenas caixas, o melhor a se fazer é ir separando estas por cômodos e, se possível, conforme os móveis vão sendo alocados, abri-las e colocar estes pertences dentro do que deseja.

Pelo fato de tudo estar sendo retirado do caminho de maneira aonde o que sai primeiro é prioridade, não existirá engarrafamentos na porta ou outros problemas, tornando este processo muito mais simples.

Organizar a casa durante uma mudança evita dores de cabeça

Por mais conturbado que este processo seja, existem maneiras efetivas para torná-lo muito mais fácil e simples. Ainda será necessário uma boa quantidade de trabalho para acertar tudo, mas, em comparação a algo feito às pressas, esta será uma etapa tão simples quanto as outras.

Para aqueles que planejam investir em novos imóveis, a CashMe oferece os melhores pacotes do mercado de empréstimo para que lhe seja ofertada a oportunidade de trazer seus sonhos para a realidade. Com a CashMe, tudo é possível!

Gostou do artigo? Então compartilhe este em suas redes!

Confira também:

Como equilibrar as finanças de seu imóvel?

Trabalho autônomo e finanças: como equilibrar a renda mensal?

O que fazer para alcançar uma gestão eficiente na empresa