Economia colaborativa: veja as vantagens

ícone de calendario

Atualizado:
08/10/2020

ícone de calendario

Publicado:
08/10/2020

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

CashMe

CashMe


Economia colaborativa implica na economia onde bens e serviços são obtidos de forma compartilhada pelas pessoas. Este conceito, conhecido também como economia compartilhada ou em rede, visa a conscientização das relações de mercado e consumo.

Essa tendência de nível mundial tem suas bases no compartilhamento de tudo o que você possa imaginar: recursos físicos, intelectuais, humanos, entre outros.

Para que você entenda um pouco mais sobre esse conceito e tire todas as suas dúvidas, separamos abaixo alguns pontos importantes sobre o tema e as vantagens que você pode conseguir ao aplicá-la na sua vida.

Boa leitura!

O que é economia colaborativa

Economia colaborativa é um conceito que se torna mais popular a cada dia, o que o torna mais importante no mercado, uma vez que é uma ótima forma para que as pessoas e as empresas consigam otimizar recursos, inclusive financeiros.

Para exemplificar o conceito de economia colaborativa, imagine que você precise de uma serradora elétrica. Nesse caso, ao invés de ir até uma loja de materiais de construção e adquirir uma – que provavelmente você usará pouquíssimas vezes –  você pode usar um app para alugar esse objeto para os momentos que precisar.

Dessa forma, você fica de posse do produto apenas enquanto precisa e depois devolve para o dono, que poderá alugá-lo para outras pessoas utilizarem.

Em inglês, este conceito também é conhecido como “sharing economy (economia de compartilhamento), e pode fazer com que você poupe até 25% do que gastaria se comprasse produtos sempre que precisasse.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Folha de São Paulo, o orçamento de uma festa de casamento utilizando bens e serviços adquiridos de forma tradicional chega a custar 24,3% mais do que um orçamento realizado apenas com produtos e serviços adquiridos por meio de economia colaborativa.

Para esse novo conceito de economia, os serviços mais comuns e que já podem ser encontrados com facilidade no mercado, são:

  • Aluguel de vagas em garagens;
  • Vendas de roupas e calçados usados;
  • Contratação de prestadores de serviço, como guias turísticos, garçons e diversos outros;
  • Troca de favores e de itens entre pessoas que residem perto umas das outras.

Alguns dos serviços no modelo de economia colaborativa são baseados não apenas no aluguel de itens ou na prestação de serviços, mas também na troca, realizando o antigo escambo.

Professores de idiomas podem trocar suas aulas de francês com outros professores de inglês, ao invés de receberem dinheiro pelo serviço prestado, por exemplo.

No fim das contas, a economia colaborativa se trata de um paradigma econômico novo que pode vir a mudar completamente a forma como os produtos são ofertados no mercado.

Pilares da economia colaborativa

O que garante o sucesso deste modelo de funcionamento do mercado une três pontos, que podem ser vistos como os pilares da economia colaborativa e que garantem que se torne cada vez mais atraente, enquanto a sociedade também evolui.

Os três pilares para o sucesso da economia colaborativa são:

O pilar social

Com o aumento da densidade populacional das cidades no mundo, é necessário pensar em conceitos como sustentabilidade dos negócios, incitando o desenvolvimento de um sentimento de comunidade e uma abordagem dotada de altruísmo.

O pilar econômico

Sabe os produtos com estoque excedente ou sem uso que geram desperdício? Com a economia colaborativa a flexibilidade financeira aumenta dando preferência ao acesso a esses produto, o que reduz desperdício e acúmulo.

O pilar tecnológico

Com o advento e a democratização do uso da internet, a economia colaborativa é beneficiada em função do acesso cada vez maior às redes sociais e aos dispositivos e plataformas para celulares, como os aplicativos, bem como a utilização de sistemas de pagamento online.

Vantagens da economia colaborativa

Veja abaixo, quais são os principais benefícios que a economia colaborativa pode oferecer a você:

Promove a sustentabilidade

Garantia que produtos sejam reciclados e reutilizados até os seus ciclos de vida sejam completos, o que reduz desperdícios e danos ao meio ambiente.

Acesso a novas oportunidades de trabalho e de geração de renda

A economia colaborativa cria diversas oportunidades. Por meio dela você pode, por exemplo, alugar seu apartamento para hospedar turistas ou utilizar seu próprio veículo para transportar passageiros. Não deixam de ser formas de gerar renda utilizando a internet como instrumento de trabalho. Ao fazer isso, você fortalece a economia e se beneficia do efeito de rede, também contribuindo para a redução das despesas das pessoas. Isso, aplicado para toda a sociedade em grande escala, acaba por aumentar a qualidade de vida das pessoas.

Sentimento de comunidade

As trocas de produtos e serviços, mesmo que feitas utilizando a internet, ajudam a construir o senso de confiança e de comunidade. Dessa maneira, ajuda os integrantes a se verem como iguais, além de gerar empatia.

Fácil acesso a capital

Pequenos negócios podem conseguir acesso a capital para investimento por meio de financiamento coletivo. Isso sem falar nas campanhas de solidariedade para arrecadar dinheiro a pessoas necessitadas.

Exemplos de economia colaborativa

Você definitivamente já ouviu falar ou até mesmo utilizou os serviços que vamos mostrar abaixo e que são exemplos de economia colaborativa:

Uber

O Uber é um dos exemplos mais citados de economia colaborativa, pois com ele pessoas que têm automóveis podem ganhar dinheiro oferecendo corridas particulares. Isso faz com que muita gente nem considere mais comprar o próprio carro, pois ficou muito mais barato e prático utilizar o serviço. 

Além disso, a plataforma também é um novo recurso de renda para os proprietários de veículos que queiram gerar renda como prestadores de serviço.

Airbnb

O Airbnb é uma plataforma que permite que você alugue um cômodo ou seu imóvel completo para outra pessoa. Com isso, além de ser uma forma de você tornar o bem mais útil e rentável, é uma opção mais barata do que hotéis para os viajantes, por exemplo.

Waze Carpool

O Waze Carpool é uma funcionalidade que permite caronas com motoristas que estão indo na mesma direção que você. Com ele, basta informar o seu destino e dividir a gasolina com o restante dos passageiros. Da mesma forma, existe o Blablacar, mais focado em viagens de longa distância.

Dog Hero 

O Dog Hero reúne donos de animais com pessoas dispostas a passear com seu bichinho ou hospedá-lo por um tempo enquanto você está fora. Os valores são negociados pela ferramenta e os donos recebem updates em vídeo dos seus animais de estimação quando não estão com eles.

Coworking

Mas nem todas as opções que fazem parte da economia colaborativa são no mercado digital. Os coworkings, por exemplo, são espaços físicos que podem ser utilizados por qualquer pessoa que procura por um escritório.

Eles são compostos por grandes salas (compartilhadas ou individuais), para serem alugados por dia, hora, semana ou mês. Assim, quem não consegue ou não precisa ter um escritório fixo, tem acesso a estruturas com salas de reunião e espaço para reunião com a equipe.

Conclusão

A economia colaborativa pode ser aplicada para morar, para trabalhar ou até mesmo viajar, como mostramos acima. Além da redução de custo, essa tendência também garante sustentabilidade e senso de comunidade, que são muito benéficas para a sociedade como um todo.

Além de garantir uma redução nos custos, essa nova maneira de distribuição de recursos, bens e serviços também é responsável pela democratização do trabalho e do acesso aos produto.

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


CashMe

Escrito por CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONCORDAR E FECHAR