O que são Ativos financeiros: Aprenda investir sem complicação

O que são Ativos financeiros: Aprenda investir sem complicação
ícone de calendario

Atualizado:
07/06/2021

ícone de calendario

Publicado:
07/06/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Os ativos financeiros são bens, direitos que uma empresa ou pessoa possui e que podem gerar rendimentos. Um ativo é financeiro quando existe apenas como um direito econômico e seu valor é obtido de um direito contratual.

Nos últimos anos, o mercado financeiro tornou-se cada vez mais acessível graças ao desenvolvimento de inúmeras plataformas digitais, fazendo com que investir seja um hábito cada vez mais comum entre as pessoas.

Se você ainda não faz parte deste grupo e também não sabe por onde começar, o primeiro passo é compreender o que são os ativos financeiros para que possa saber como aplicar e lidar com ele nos seus investimentos.

Para ajudá-lo, separamos neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o assunto, desde o que são os ativos financeiros até a diferença que existe entre eles.

Vamos começar?

O que são ativos financeiros

Ativos financeiros, como explicamos acima, é tudo que tem valor e pode ser negociado no mercado financeiro. Esse valor é derivado de uma reivindicação contratual e geralmente são mais líquidos em relação a outros tipos de ativos, como os tangíveis.  

Entre os exemplos de ativos financeiros mais conhecidos estão as ações, moeda e câmbio, títulos públicos, títulos privados, commodities, entre outros.

Os ativos financeiros são intangíveis. Ou seja, eles não existem de forma física como um terreno ou uma casa, por exemplo. Eles apenas recebem um valor que vem da oferta e demanda do mercado em que participam ou pelo grau de risco que possuem.

Entretanto, os rendimentos gerados por ativos financeiros acontecem por meio de ativos reais ou tangíveis. As ações de uma empresa, por exemplo, são ativos financeiros em que o rendimento é gerado pelos lucros da empresa a que este ativo pertence.

Por isso, até o momento que o ativo financeiro for convertido em dinheiro, é muito importante que você tenha os documentos e certificados sem um valor intrínseco, pois o documento certificando a posse possui um valor derivado em relação ao valor do ativo representado.

Quais são os tipos de ativos financeiros

Existem alguns tipos de ativos financeiros no mercado, mas os três mais comuns e populares são:

Ativos de geração de renda

Esta é uma opção de ativo financeiro que garante a você uma renda periódica. Encaixam-se nesta categoria ativos financeiros como fundos imobiliários e ações. 

A principal característica deste grupo é a rentabilidade, que pode compensar as possíveis flutuações de valor.

Ativos de reserva financeira

Se você tem um perfil de investidor mais moderado é quer guardar dinheiro para segurança financeira, esse tipo de ativo é ideal para quem deseja fazer investimentos mais seguros, com poucos riscos.

O exemplo mais popular desses grupos são as conhecidas poupanças, além dos títulos públicos com rendimento pré-fixado. Entretanto, vale destacar que, por serem investimentos seguros, possuem baixo rendimento e portanto, são indicados para quem deseja guardar dinheiro.

Ativos de crescimento

Se você é um investidor mais agressivo e busca por bom rendimento a longo, os mercados de ações de grandes empresas confiáveis e o fundo de índice (ETF) são ideais para você.

Mas lembre-se que se trata de um mercado onde os valores podem oscilar bastante, por isso tome cuidado ao investir seu dinheiro e sempre acompanhe a Bolsa de Valores.

Como criar ativos financeiros

O grande desafio de possuir um ativo financeiro é saber como utilizá-lo, por isso, primeiramente é fundamental ter um planejamento financeiro bem consolidado. Não aplique seu dinheiro sem antes entender qual é o melhor tipo de investimento para a sua situação.

Mas como já explicamos acima o que são os ativos financeiros e os tipos, fica mais fácil para você criar os seus próprios. Para isso, é importante que você siga alguns passos, como:

  1. Entenda qual é o seu perfil, se é mais conservador, moderado ou arrojado nos investimentos;
  2. Se necessário, procure profissionais ou empresas habilitadas para te ajudar na hora de investir;
  3. Avalie com cuidado quais são as rentabilidades que mais compensam comparando os diferentes ativos financeiros;
  4. Entenda quais são os maiores rendimentos, os custos de taxa de administração e performance, além da incidência do imposto de renda e outros custos associados;
  5. Com todos os passos acima concluídos, abra uma conta em uma corretora de investimentos e comece a investir para criar os seus ativos financeiros.

Ativos financeiros na contabilidade

Em contabilidade, diz-se que o ativo é o conjunto de bens, créditos e direitos que compõem o patrimônio de uma pessoa ou empresa. Já o passivo representa as dívidas e obrigações dessa mesma pessoa, seja ela física ou jurídica.

O patrimônio líquido de uma empresa, por exemplo, é calculado pela diferença entre seu ativo e passivo. Essa informação é o fundamento do balanço patrimonial de todo empreendimento.

Mas afinal, qual é a diferença entre ativo e passivo?

A principal diferença entre os ativos e passivos estão nos fluxos monetários da empresa. Enquanto os ativos são relacionados aos meios de rendimentos e que trazem benefícios, os passivos são saídas de dinheiro pelos gastos e despesas que a empresa teve de fazer, como podemos ver abaixo:

AtivoPassivo
ConceitoBens, créditos e direitos de uma entidade econômica.Gastos e despesas.
TiposAtivo circulante e não circulante.
Tangíveis e intangíveis.
Passivo circulante e não circulante.
ExemplosMercadoria, dinheiro em caixa, dívidas de clientes, depósitos bancários, imóveis, terrenos, maquinário, patentes, softwares desenvolvidos, etc.Salários e gastos com funcionários, encargos, tributos, parcelas de empréstimos e financiamentos, etc.

A diferença do valor total dos ativos e dos passivos de uma empresa é o patrimônio líquido. Isto indica qual a posição referente às suas atividades, investimentos e valores que os acionistas ou sócios possuem em um negócio.

Os ativos e passivos são registrados em contas contábeis, que assinalam e dividem os diferentes tipos de fluxos econômicos ou financeiros da organização. 

Por exemplo, quando a empresa recebe uma quantia em dinheiro, o registro contábil é feito em uma conta chamada Caixa e Equivalentes de Caixa.

As contas contábeis fazem parte de um plano de contas, um sistema da contabilidade que organiza as contas por diferentes tipos, com o objetivo de auxiliar a administração da empresa. Há ainda a obrigatoriedade em mostrar ao governo a posição financeira que a organização possui.

Conclusão

Ter ativos financeiros e saber como investi-los é fundamental para as suas finanças. Estude bem qual é o seu perfil, quais são os tipos de ativos financeiros e aplique de maneira correta no mercado. 

Desta forma, seus rendimentos podem crescer, aumentando seus lucros, como também podem regredir caso não seja aplicado da maneira correta. Por isso, tome cuidado e invista com consciência.

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *