Quando estamos endividados uma das primeiras coisas que vem na cabeça é pedir um empréstimo para quitar aquela dívida. No mercado existem várias formas como o empréstimo no cartão de crédito, mas será que essa modalidade vale a pena? Você vai descobrir agora.

Sabemos que pedir dinheiro emprestado, de qualquer modo, haverá incidência de juros, mas será que os juros que se paga utilizando o empréstimo no cartão de crédito é uma boa opção?

Continue a leitura e saiba que essas perguntas serão respondidas para você.

O que é o empréstimo no cartão de crédito?

Essa modalidade de empréstimo normalmente já está disponível no seu cartão. Para utilizá-lo basta sacar o valor que está no limite de saque. Em alguns casos existe a possibilidade de solicitar esse empréstimo de forma online, sem sair de casa, o que é fundamental durante a quarentena.

Por conta da facilidade de conseguir esse valor, ele ajuda de imediato a pessoa a sair de alguma dívida, sem burocracia. Porém é sempre necessário muito cuidado e organização para não se endividar novamente.

Mas provavelmente você já ouviu dizer que quanto mais fácil de conseguir o dinheiro maior são os juros? Pois é, essa modalidade de empréstimo que tem uma das taxas de juros mais altas do mercado.

Por isso é importante analisar qual a perspectiva para devolver esse valor e avaliar a taxa de juros cobrada por cada instituição financeira.

Quais são as vantagens e desvantagens do empréstimo no cartão de crédito

A principal vantagem do empréstimo no cartão de crédito é que o dinheiro estará na sua mão assim que solicitado.

Sendo assim, você não precisa perder tempo em fila de banco para falar com o gerente nem esperar a aprovação do valor.

Vantagens do empréstimo no cartão de crédito

  • Facilidade de conseguir o dinheiro;
  • O cliente não precisa esperar análise de crédito;
  • Valor já é pré-aprovado para saque;
  • Não ter burocracia para solicitar;
  • Evita filas de bancos e aglomerações;
  • Possibilidade de solicitar de forma online, sem precisa sair de casa;
  • Em alguns bancos você pode parcelar o valor em até 36 vezes.

Desvantagens do empréstimo no cartão de crédito

  • Alta taxa de juros que podem chegar a 20% ao mês dependendo da instituição financeira;
  • A quantidade de parcelas que podem ser feitas é limitada em alguns bancos;
  • Se não se organizar, sua dívida pode virar uma bola de neve e você terá dificuldades de sair dela;
  • Pagamento normalmente é feito por meio do débito automático (ou seja, obrigatoriamente tem que ter o saldo em conta no dia do vencimento).

Como solicitar empréstimo no cartão de crédito caso não esteja pré-aprovado?

Se entende que essa modalidade de crédito é a ideal, mas o valor não está pré-aprovado no seu cartão você pode solicitar na instituição financeira.

Para isso é necessário entrar em contato com os canais de comunicação do banco, pela internet, ou pessoalmente na agência bancária.

Normalmente para essa solicitação vão te pedir alguns documentos pessoais como:

  • RG ou CNH;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda;

A partir disso, a instituição financeira detentora do cartão fará uma análise de crédito e te concederá, ou não, o valor que deseja sacar.

Cuidados ao solicitar o empréstimo no cartão de crédito

Desde que decidiu que precisa de um empréstimo já definiu qual o valor precisa, é para quitar uma dívida ou para fazer compras? Tudo isso precisa ser muito bem analisado antes de pedir qualquer linha de crédito e tomar muito cuidado, ainda mais nessa modalidade. É importante analisar o quanto esse empréstimo no cartão de crédito vai te ajudar a sair de uma dívida, ou te colocará mais dentro dela?

Tendo a resposta, ainda assim é importante conhecer outras linhas de empréstimos disponíveis no mercado com taxa de juros mais baixas. Existe no mercado alguns tipos de empréstimos que podem ter taxas de 1,17% ao mês + IPCA e somente 2 dias de análise. 

Também é muito importante fazer a simulação de empréstimo do valor que vai pegar e quanto pagará ao final do parcelamento.

Leia o contrato sempre

Nunca pegue o dinheiro disponível pelo empréstimo no cartão de crédito sem ver as taxas cobradas, pois isso pode custar caro.

Sempre leia as condições estabelecidas em seu banco antes de utilizar esse dinheiro.

Se está precisando de empréstimo existe algum motivo, portanto aprenda agora a organizar sua vida financeira.

Quais são as outras modalidades de empréstimos disponíveis?

Empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal pode ser solicitado ao gerente do banco, tem taxa de juros mais baixa do que o empréstimo de cartão de crédito.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é voltado para aposentado, pensionista ou para aqueles funcionários que a empresa é conveniada com alguma instituição financeira. Tem o valor baixo na taxa de juros, porém o desconto do empréstimo é feito em folha de pagamento.

Empréstimo para negativado

Se você já tem o nome vinculado ao sistema de proteção de crédito, SPC ou Serasa e precisa pagar as dívidas, o empréstimo para negativado pode ser uma saída.

Porém, por conta do risco de inadimplência os bancos costumam cobrar altas taxas de juros nessas ocasiões.

Analise se essa é uma boa opção para você. Se você não sabe se seu CPF está nos órgãos de proteção de crédito, acesse o site do Serasa ou Serviço de Proteção ao Crédito

Empréstimo com garantia

O empréstimo com garantia vem se destacando no mercado nos últimos anos e tem uma das taxas de juros mais baixas do mercado.

Para solicitá-lo você terá que colocar um bem como garantia de pagamento daquela dívida.

Saiba mais sobre o empréstimo com garantia de imóvel.

Conclusão

Se realizar um empréstimo no cartão de crédito é uma boa opção, essa resposta terá que ser feita por você, após uma boa avaliação dos prós e contras ao solicitar essa modalidade de empréstimo.

Faça um cálculo de quanto precisa e utilize simuladores para tornar a sua dívida mais barata. Faça comparações e com certeza vai encontrar a melhor opção.

Elencamos aqui algumas opções e esperamos ter lhe ajudado a entender que existem outras possibilidades mais vantajosas no mercado.

endImage

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50). Empresa do Grupo Cyrela.

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 144 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 12 anos (144 meses) com LTV de 42,79% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.894,10, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,38% ao ano.”””


O cashme.com.br (“Website”) é pertencente e operado pela Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações (“CashMe”), uma sociedade anônima registrada sob o CNPJ/MF 73.178.600/0001-18

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.