Energia solar: saiba como funciona e suas vantagens

Energia solar: saiba como funciona e suas vantagens
ícone de calendario

Atualizado:
10/09/2021

ícone de calendario

Publicado:
08/09/2021

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Você já ouviu falar de energia solar? Como o próprio nome já diz, é uma energia limpa, renovável e sustentável, produzida a partir da luz do sol. 

Ganhando cada vez mais popularidade no Brasil, mais de 110 mil empresas e residências já utilizam placas solares para obtenção de energia. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o país encontra-se em 16º no ranking de nações que utilizam essa fonte de energia alternativa. A previsão é que até 2024, mais de 880 mil sistemas de energia solar sejam instalados no Brasil.

Isso quer dizer que é realmente vantajoso? É o que você vai conferir agora lendo o artigo a seguir!

Como funciona a energia solar?

O sistema solar é uma das fontes de energia limpa e renovável, proveniente da luz e do calor emitidos pelo Sol, sendo uma das alternativas mais promissoras e baratas para obtenção energética. 

A energia solar pode ser usada por meio de três sistemas: fotovoltaico, fototérmica (aquecimento solar) e heliotérmica (termossolar).

Energia solar fotovoltaico

Esta é a forma mais viável e comum para quem deseja utilizar a energia solar. O funcionamento é bem simples. 

  1. A geração acontece nas células fotovoltaicas, feitas de silício ou outro material semicondutor. Essas células são agrupadas em painéis solares, instalados no telhado de uma residência ou de uma indústria;
  2. Quando bate o sol, ocorre uma reação química que produz energia fotovoltaica; 
  3. Em seguida, a corrente contínua gerada nos painéis é transportada até o inversor solar, equipamento responsável por converter em corrente alternada e assim, gerar energia elétrica para alimentar os equipamentos da casa ou da empresa.

Quanto maior a irradiação solar nos painéis, maior a quantidade gerada de energia elétrica.

Energia solar fototérmica

No sistema fototérmico, também conhecido como aquecimento solar, o foco é o aquecimento da água. 

Mas como funciona? Neste caso, também é utilizado painéis solares, só que do tipo coletor solar térmico, fabricados em cobre ou alumínio, ótimos condutores de corrente. Assim, o painel coleta energia térmica do sol e transfere para a água, deixando-a aquecida em um reservatório térmico para posterior utilização.

Apesar de ser muito utilizado por hotéis e parques para manter piscinas e chuveiros aquecidos, é importante destacar que esse sistema não é capaz de atuar como fonte de energia elétrica.

Energia solar heliotérmica 

Assim como o sistema fototérmico, o heliotérmico também utiliza o aquecimento de líquidos.

Mas neste caso, uma vez que o receptor é aquecido, é gerado vapor para movimentar turbinas e assim, produzir energia elétrica. Esse processo é muito utilizado por indústrias e parecido com uma usina termoelétrica, que gera energia por meio da queima de combustíveis orgânicos para obtenção de vapor.

Vantagens da energia solar fotovoltaica

A utilização da energia solar possui diversos benefícios, confira:

Redução na conta de luz

A principal vantagem da energia solar é a redução de até 95% na conta de luz, muitas vezes reduzindo a conta à taxa mínima.

Isso porque durante o dia, a quantidade excedente gerada no sistema entra na rede de distribuição elétrica e é convertida em créditos pela distribuidora para ser usada em até 60 meses.

Em períodos em que não há sol, o sistema consome energia elétrica necessária da distribuidora, que, no final do mês, utiliza os créditos gerados para abater a energia que você consumiu da rede. Assim, você acaba pagando somente a taxa de disponibilidade, como conhecemos, a taxa mínima de luz.

Além disso, o sistema solar garante imunidade contra os aumentos de preço da distribuidora de energia, pois os créditos produzidos pelo seu sistema não sofrem impactos com as bandeiras tarifárias.

Renovável

A energia solar é considerada uma fonte de energia renovável, isso porque o recurso natural está sempre disponível para utilização, ou seja, não se esgota. Em dias nublados, a produção de eletricidade não é prejudicada, pois o sistema ainda está produzindo energia, apesar de ser numa intensidade menor. À noite não há geração, mas o sistema está conectado à rede, consumindo energia elétrica da distribuidora.

Não há poluição

Tendência no mundo todo por ser um tipo de energia sustentável e limpa, já que não libera gases na atmosfera, não agredindo o meio ambiente. 

Além disso, também não há poluição sonora, pois seu funcionamento é discreto e silencioso.

Baixa manutenção

Outra vantagem que permite a valorização do sistema solar é que, exige baixa manutenção, tanto preventiva, quanto corretiva, já que as placas ou painéis utilizados na produção de energia são bem resistentes.

A principal manutenção – e que pode ser feita pelo próprio consumidor – é a cada 6 meses, com a lavagem dos módulos. Mas isso se os mesmos estiverem muito sujos e caso a região não registre chuvas, já que a mesma se encarrega de levar a poeira embora. 

Já a manutenção elétrica é necessária apenas uma vez ao ano, para garantir a segurança da instalação e a longevidade do sistema.

Acessível em lugares remotos

Como não demanda grandes investimentos em linhas de transmissão e na manutenção de equipamentos, o sistema solar é viável para comunidades mais afastadas e de difícil acesso dos grandes centros urbanos. 

Longa vida útil do sistema e rápido retorno de investimento

Um dos maiores benefícios da geração do sistema de energia solar é a sua longa vida útil. São no mínimo 25 anos produzindo energia limpa, sustentável e de qualidade. Os melhores fabricantes garantem que esse prazo pode ser ainda maior, já que ao final dos 25 anos, os módulos ainda estarão com pelo menos 80% de eficiência.

Logo, o retorno do investimento é rápido. Normalmente o sistema instalado em uma residência se paga em até 6 anos após a instalação. Depois disso, o retorno financeiro passa a ser lucro.  

Valorização do imóvel e adaptabilidade 

Além de ocupar pouco espaço, a estética dos painéis melhoram a cada dia, tornando o sistema cada vez mais versátil. Não é preciso quebrar paredes e nem alterar a estrutura, o que acaba valorizando ainda mais o seu imóvel.

Além disso, os módulos permitem a instalação em qualquer lugar com incidência solar, desde uma pequena residência até uma grande indústria.

Desvantagens

Apesar dos diversos benefícios econômicos, sociais e ambientais, a energia solar também possui suas desvantagens, dentre elas, podemos citar:

Custo elevado de instalação 

As placas solares para a instalação do sistema possuem um alto custo de aquisição. Mas, se for colocar na ponta do lápis, como mencionamos, esse custo paga-se em até 6 anos, o restante de sua vida útil (mais de 25 anos), passa a ser lucro.

Geração intermitente

A energia solar é uma fonte intermitente, ou seja, acaba não sendo fornecida continuamente devido a fatores não controláveis, como dias nublados e chuvosos, e quando cai a noite.

Mas, essa desvantagem acaba sendo contornada, visto que durante a noite, o consumo é utilizado por meio da rede distribuidora. Quando não há sol, mesmo com menos intensidade, o sistema ainda produz energia.

Baixa capacidade de armazenamento

Em relação às demais fontes de energia alternativa, como a eólica, hidráulica e geotérmica, energia solar só é possível ser armazenada em pequenas quantidades.

Conclusão

A cada dia o brasileiro tem uma surpresa na fatura de energia elétrica com o aumento das bandeiras tarifárias. E mesmo quando não há a inclusão da bandeira amarela ou vermelha nas tarifas, a conta de energia continua sendo muito cara.


Por mais que existam formas de economizar energia, seja trocando as lâmpadas ou tirando os equipamentos da tomada, muitas vezes não é o suficiente para a diminuição na conta de luz. Com isso, a energia solar se mostrou uma ótima alternativa, ganhando cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo, por ser uma energia sustentável, renovável e econômica. 

Apesar dessas e diversas outras vantagens, como longa vida útil, baixa manutenção e acesso a lugares remotos, as placas solares para obtenção de energia e a mão de obra para esse tipo de instalação ainda possuem um custo elevado no país. Mas, com o financiamento de energia solar para condomínios é possível investir nesse sistema..

Gostou do conteúdo? Deseja utilizar a energia solar na sua casa? Conte para gente!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *