Lucro do FGTS: saiba quando irá receber e quanto

Lucro do FGTS: saiba quando irá receber e quanto
ícone de calendario

Atualizado:
17/06/2021

ícone de calendario

Publicado:
14/12/2020

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Além do rendimento padrão da sua conta do FGTS, é possível também receber valores referentes aos juros do FGTS. Esse lucro é calculado com base nos resultados positivos do fundo e beneficia todas as contas as quais possuem dinheiro em 31 de dezembro do ano anterior.

Descubra a seguir como é calculado o lucro do FGTS e muito mais sobre o assunto!

O que é FGTS?

O Fundo Garantidor do Tempo de Serviço é uma espécie de poupança dos trabalhadores criada pela Lei nº 5.107/66, a qual expande mediante depósitos mensais realizados pelos empregadores. Dessa forma, no início de cada mês, a empresa deposita em contas abertas na CAIXA um valor correspondente a 8% do salário do funcionário em questão.

O principal objetivo do FGTS é proteger o trabalhador demitido sem justa causa, além de ser útil também em casos de doenças ou para adquirir sua casa própria, e é um direito de todo trabalhador contratado pelo regime de CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas).

Quem tem direito?

Segundo a CAIXA, além dos trabalhadores contratados em CLT, conforme explicado acima, trabalhadores domésticos, rurais, temporários, intermitentes, avulsos, safreiros (operários rurais que trabalham apenas no período de colheita) e atletas profissionais têm direito ao FGTS. O diretor não empregado pode ser incluído no regime do FGTS, a critério do empregador.

Como funciona os rendimentos do FGTS?

O valor depositado nas contas do FGTS dá origem a uma conta única, a qual é utilizada pelo governo para investimentos na área de habitação popular, saneamento básico e infraestrutura urbana. Uma vez que esse dinheiro é “emprestado” ao governo, o mesmo é devolvido com juros ao trabalhador.

Por lei, o FGTS tem rendimento de 3% ao ano. Entretanto, para incrementar a rentabilidade das contas vinculadas a esse benefício, o conselho curador do fundo reparte também o resultado positivo do FGTS aos beneficiários das contas. Dessa forma, o trabalhador que possuía valores em conta no dia 31 de dezembro de 2019, receberá parte proporcional do lucro do FGTS, além da rentabilidade padrão.

Segundo informações oficiais fornecidas pela CAIXA, agente operador do fundo, o índice da distribuição de resultado do ano base 2019 é o resultado da divisão de cerca de 66% do lucro do FGTS em 2019, pelo saldo total das contas vinculadas existente no dia 31 de dezembro de 2019. O valor total de lucro repartido foi de R$ 7,5 bilhões de reais e o crédito gerado foi depositado nas respectivas contas até 31 de agosto de 2020.

Saiba quanto você irá receber do lucro do FGTS

Conforme explicado anteriormente, o FGTS tem rendimento de 3%. Entretanto, somados à distribuição dos lucros, o rendimento referente a 2019 aumentou para 4,9%.

Todos esses números e rentabilidades significam que para cada R$ 100 que o trabalhador tinha no início de 2019, teria R$103 no final do mesmo ano. Entretanto, com a distribuição dos lucros, esse número sobe para R$ 104,9.

Essa rentabilidade foi menor que a dos anos anteriores, as quais foram 6,18% em 2018, 5,59% em 2017 e 7,14% em 2016. Entretanto, segundo reportagem veiculada no jornal Estadão, superou a inflação de 4,31% de 2019, a rentabilidade registrada pelo dólar frente ao real (4,02%) e a caderneta de poupança (4,26%).

Ressalta-se que para saber o valor exato presente na sua conta é possível consultá-lo no APP FGTS (Google Play e Apple Store), internet banking ou no site da CAIXA.

Como funciona o saque?

É importante lembrar que a forma e os pré-requisitos do saque não se alteram para a distribuição dos lucros. Dessa forma, os trabalhadores demitidos sem justa causa, que terminaram contratos por prazo determinado, deram entrada em moradia própria ou na aposentadoria, possuem direito de saque do FGTS. A lista detalhada das situações as quais são permitidas o saque encontra-se no site da CAIXA.

Além das situações citadas acima, existem duas outras formas de saque do FGTS:

Saque emergencial

Em regime excepcional decorrente da pandemia do Covid-19, o governo liberou o saque emergencial com o valor máximo de R$ 1.045. O saque pode ser feito até 31 de dezembro de 2020.

Saque aniversário

Permite a retirada de parte do saldo anualmente no mês de aniversário. Entretanto, para optar por esse tipo de saque, é preciso fazer uma solicitação por meio do APP FGTS, internet Banking, site CAIXA ou em sua agência.

Os valores ficam disponíveis até o último dia útil do segundo mês subsequente ao da aquisição do direito de saque, e se não for sacado, o dinheiro volta automaticamente para a devida conta do FGTS.

Evite fraudes

Para evitar cair em golpes ou fraudes, não forneça suas senhas ou outros dados de acesso em sites ou aplicativos que não sejam os oficiais da CAIXA. Utilize apenas canais autorizados pela CAIXA para obter informações ou tirar suas dúvidas.

Conclusão

O lucro do FGTS é um benefício oferecido aos trabalhadores brasileiros e representa uma possibilidade de melhorar ainda mais suas finanças. Acompanhe o rendimento da sua conta e considere todos os fatores para o seu saque.

Aproveite essa oportunidade para realizar um sonho material ou pessoal! E se precisar de crédito para complementar, conheça o empréstimo online com as melhores taxas do mercado. Faça uma simulação!

Ficou com alguma dúvida sobre lucro do FGTS ou gostaria de fazer algum elogio? Deixe seu comentário e compartilhe nas suas redes sociais! 


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *