Financiamento de Imóvel Não Averbado: É Possí­vel Fazer?

Financiamento de Imóvel Não Averbado: É Possí­vel Fazer?
ícone de calendario

Atualizado:
09/11/2020

ícone de calendario

Publicado:
11/03/2020

ícone de relógio

Leitura de
3 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Imóvel não averbado pode sim ser financiado. Porém, está não é uma tarefa simples, ou ainda, a mais recomendada. Afinal, este se trata de uma propriedade irregular, e pode gerar problemas.

Sendo assim, ainda que tal transação seja possível, a mesma ainda é sim muito situacional e pode acabar não sendo a melhor para o comprador, uma vez que qualquer irregularidade possa ser motivo de problemas.

Por conta disso, no artigo de hoje, apresentaremos para você, nosso caro leitor, mais informações sobre um imóvel não averbado, para que possa decidir por si só se o mesmo vale ou não ser financiado.

Financiamento de imóvel não averbado não é tão simples

No melhor cenário, o proprietário do imóvel deverá ir até a prefeitura de seu município, procurando por todas os detalhes existentes sobre este assunto para que a propriedade seja regulamentada.

Quando um bem está em dia, este pode ser mais facilmente vendido, visto que, além de entrar para a cartela de uma imobiliária, o mesmo ainda ganha uma maior visibilidade por conta da mesma.

Claro que, com a entrada da internet, vender residenciais não regularizados se tornou ainda mais simples. Principalmente pela quantidade de pessoas que procuram uma propriedade para fazer um negócio.

Mas, quando falamos deste tipo de cenário, em sua maioria, nos referimos a compras à vista. No caso do financiamento, este não será tão simples quanto uma moradia já devidamente regulamentada.

Afinal, é preciso que a mesma esteja sem quaisquer restrições para que sua passagem possa ocorrer de maneira tranquila para aqueles que estão interessados em adquirir o mesmo.

Além disso, a escritura, junto a outros documentos da casa, deve conter, de maneira regular, a averbação. Assim, será possível declarar toda as modificações que ocorreram tanto em posse quanto em estrutura da propriedade pelo novo dono.

Ou seja, para que uma transação deste tipo possa sair de maneira tranquila, realizar a averbação será o passo mais recomendado. Ainda que seja possível financiar a casa, visto que nem todo o caso tal ato é aprovado, muitas serão as lacunas que deverão ser preenchidas pelo novo dono.

Se eu que irei realizar o financiamento de um imóvel não averbado, tenho tanta obrigação?

O mais correto( e coerente) é que o antigo proprietário faça, junto a você, toda a regularização da papelada, para evitar quaisquer problemas futuros.

O registro do imóvel, que é declarado no Cartório de Registro de Imóveis, deve conter toda e qualquer informação que desrespeite o bem, para que se possa declarar e entender a procedência do mesmo.

Além disso, ao gerar o número de matrícula da casa, com todas as informações atualizadas, serviços como o nosso oferecido aqui na CashMe passa a ser possível, o que lhe fornece um maior conforto em sua vida.

Estes documentos são essenciais para garantir que o dono do local possa dormir de cabeça tranquila, sem quaisquer problemas surgindo aleatoriamente em sua vida, diminuindo suas preocupações.

Um imóvel não averbado pode sim gerar multas, e suas irregularidades podem ocasionar adversidades ainda mais graves caso não sejam previamente resolvidas antes da compra.

Principalmente quando o mesmo for visitado por um agente da prefeitura, que irá procurar por toda e qualquer ponto irregular, onde, caso constatar o mesmo, poderá sim acionar o governo, que começará a exigir pagamentos e declarações do novo dono.

Quando um financiamento de imóvel não averbado pode ser interessante

Este apenas será interessante no caso onde o comprador deseje adquirir o mesmo com fins de reconstruir no local, reformar este, destruir e transformar em um negócio, entre outras situações que se encaixam neste cenário.

Afinal, ao comprar uma casa, junto a ela, vem o terreno, que pode ser muito interessante, olhando pelo ponto de vista comercial. Tudo depende do que o próprio interessado deseja fazer com este local.

Ao adquirir para, por exemplo, reconstruir neste local, ainda existirá a necessidade de regularizá-lo e declarar as mudanças. Entretanto, problemas de estrutura, decomposição por conta do tempo, infiltração, entre outros, não voltarão a ocorrer pelo fato de que, por mais que o terreno permaneça, sua nova casa tem uma estrutura totalmente diferente do que a versão anterior da moradia.

Além disso, esta também é uma opção interessante para investidores que buscam por oportunidades de começar o seu negócio. Por conta do CNPJ, além de demorar mais tempo para o adicional de juros, estes ainda têm uma chance de pagar em menos tempo do que uma pessoa física.

Imóvel não averbado é uma preocupação

Ainda que o preço deste seja mais interessante do que o de outros casos, o imóvel não averbado vem junto de múltiplas preocupações. Quando se interessar por uma casa que esteja sob tal condição, contrato um profissional e peça para que este faça a avaliação local, permitindo entender se a compra é realmente benéfica.

E para aqueles que estão interessados em comprar ou investir em imóveis, na CashMe oferecemos a oportunidade perfeita para que consiga realizar seu sonhos. Para quem gosta de taxas baixas, confira o empréstimo com garantia de imóvel.

Gostou do texto? Navegue para mais informações, compartilhe e deixe a sua opinião, queremos saber.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *