Antecipação de recebíveis: o que é e como funciona?

Antecipação de recebíveis: o que é e como funciona?
ícone de calendario

Atualizado:
26/05/2021

ícone de calendario

Publicado:
04/08/2020

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

CashMe

CashMe


Quando o capital de giro ou o fluxo de caixa apresentam problemas, comprometendo a liquidez da empresa, é preciso agir com rapidez e inteligência. Uma possibilidade para resolver esse problema é a antecipação de recebíveis, que nada mais é do que o adiantamento de valores relacionados a compromissos de compra e venda a prazo, duplicatas, entre outros.

Entretanto, como qualquer recurso financeiro, é preciso ter planejamento e gestão, para que, o que seria uma solução, não se torne um problema.Por isso, antes de recorrer a esta solução é importante estar munido de informações de negócio e até as próprias condições impostas para antecipação de recebíveis.

Para ajudá-lo, separamos aqui as principais dúvidas sobre o assunto, para que você tome essa decisão com sabedoria e sem prejudicar a saúde financeira da sua empresa.

O que é antecipação de recebíveis

De uma forma simplificada, a antecipação de recebíveis consiste em um recurso que permite à empresa adiantar o recebimento de valores que só chegariam mais tarde. Isso significa que, por meio da operação, você pode receber o dinheiro referente a vendas a prazo, parceladas, com duplicatas, cheques e carnês antes mesmo de a cobrança ser feita ao cliente. Os valores referentes a essas operações de compra e venda são, então, embolsados pela empresa de uma única vez.

A antecipação de recebíveis é uma alternativa de curto prazo, pois, com o dinheiro em caixa, a empresa pode cobrir despesas mais urgentes do negócio, evitando dívidas que poderiam se tornar uma bola de neve. Essa possibilidade permite que você transforme em caixa presente o valor monetário que a empresa tem para receber no futuro.

Ou seja, por meio desse método é possível antecipar o recebimento de ativos.

Porém, isso só é possível porque as instituições financeiras assumem a responsabilidade pelo recebimento futuro do valor dos títulos negociados antecipados ou descontados.

Vantagens da antecipação de recebíveis

Uma das principais vantagens da antecipação de recebíveis é que a empresa pega o dinheiro que, de qualquer forma, seria destinado a ela. Nesta modalidade, ela paga juros normalmente menores do que na contratação de um empréstimo. Custos menores de tomada de crédito significam maior tranquilidade para as finanças da empresa e para o empreendedor.

Além disso, por oferecer maior segurança à instituição financeira, essa antecipação costuma ser mais fácil de contratar do que um empréstimo para o capital de giro, o que ajuda sobretudo as micro e pequenas empresas.

Além desses benefícios, veja abaixo outros pontos positivos relacionados a antecipação de recebíveis:

  • Custos menores: com a antecipação de recebíveis, você não paga por recursos emprestados de terceiros, já que utiliza recursos do seu próprio negócio. Isso significa menos juros e taxas;
  • Maior rapidez na liberação de recursos: a rapidez da antecipação de recebíveis otimiza recursos, diminui o percentual de endividamento do negócio e ajuda o empreendedor a obter vantagens importantes na negociação com os fornecedores por meio da antecipação dos pagamentos;
  • Maior garantia de pagamento dos valores: podem ser reduzidos os valores relacionados à inadimplência;  
  • Liberação da obrigação financeira em apenas um pagamento: na antecipação de recebíveis não há pagamentos posteriores, somente o desconto de duplicata, cheque ou outro recebível entregue na hora de contratar da operação.

Como fazer a antecipação de recebíveis

A antecipação de recebíveis pode ser feita em três modalidades: bancos, FIDCs e factorings.

O banco possui taxas competitivas, entretanto é mais burocrática.Os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs) têm as menores taxas e o processo de recebimento é mais rápido. Além disso, as operações nessa modalidade são isentas de IOF. Já a factoring tem as maiores taxas, mas é a alternativa menos burocrática.

Como existem muitas opções, é importante entender quais dessas três modalidades são melhores para a sua empresa.

Após a escolha da modalidade é necessário cadastrar a empresa na instituição escolhida e esperar ser aprovado, para então poder vender os títulos mediante aprovação do cadastro do cliente. Algumas instituições financeiras trabalham com um período de 24h a 7 dias úteis para a antecipação.

Para uma análise mais precisa, vale a pena conferir o site do Banco Central, que traz relatórios mensais com as taxas de crédito cobradas pelas instituições financeiras do País. No portal, você pode selecionar o tipo de crédito desejado pela empresa.

Entretanto, não se atenha apenas às taxas de juros. É preciso conferir de perto qual é a realidade das taxas, pois elas podem variar de acordo com a análise de crédito da sua empresa e de outros fatores que não constam no relatório do Banco Central. Isso porque, algumas instituições citam apenas a taxa percentual de desconto de cada título, outras cobram uma tarifa fixa a cada título antecipado, tarifa de transação, tarifa de antecipação e taxa de IOF.

Sendo assim, no mercado, é possível encontrar modalidades com taxa de 2%, entretanto, a somatória de todo o custo de antecipação de recebíveis faz com que o valor total da transação ultrapasse 15%.

Por isso, fique atento e faça o mapeamento das condições oferecidas por cada uma, de modo a identificar a situação mais benéfica para o seu negócio.

Quando solicitar a antecipação de recebíveis

Apesar de ser uma ação rápida e com custos mais atrativos que um empréstimo, é preciso recorrer à antecipação de recebíveis apenas quando você não tem capital de giro suficiente para manter as obrigações diárias do negócio.

Nesse caso, o recurso cobre as despesas mais urgentes para que a empresa não interrompa a produção nem deixe de pagar fornecedores e funcionários.

Muitas vezes, pequenas empresas fecham negócios com clientes grandes, que pedem prazos maiores para pagamento. É possível, em situações assim, que o vendedor veja uma oportunidade de lucro, mas não tenha uma situação financeira tão tranquila e vislumbre dificuldades por não receber imediatamente pelos seus produtos.

Nesse caso, a melhor estratégia é traçar um plano adequado, que permita entender quanto dinheiro a empresa precisa para manter tudo em ordem até o recebimento. Assim, você tem certeza se precisa ou não buscar por opções de crédito.

Mas lembre-se, recorrer à antecipação de crédito com frequência é um sinal de que você não está fazendo o planejamento financeiro e a gestão do fluxo de caixa de maneira eficiente. E dificilmente seu negócio vai sobreviver sem planejamento e organização de fluxo de caixa.

Não conte com a antecipação de recebíveis como se fizesse parte parte do caixa. Em outras palavras, a antecipação não deve fazer parte do seu planejamento mensal, e sim ser considerada um suporte eventual para a sustentação de suas atividades.

Além disso, separe sempre as contas da empresa das pessoais. É muito comum os gestores cometerem o erro de misturar as duas, prejudicando as finanças do negócio. Portanto, nunca conte com o dinheiro da antecipação para pagar dívidas pessoais que não dizem respeito ao empreendimento.

Conclusão

A antecipação de recebíveis, assim como outras diversas modalidades de investimentos em seu negócio, só pode ser feita a partir de um planejamento e acompanhamento próximo das finanças da empresa.

É muito importante que você sempre mantenha seu planejamento financeiro sob controle, para não comprometer a saúde da empresa. Caso a antecipação de recebíveis não seja viável, você pode buscar também por empréstimo com garantia de imóvel para empresas.

Na CashMe você encontra empréstimos com imóvel de garantia e com as taxas mais baixas do mercado. Além disso, o pagamento pode ser feito em até 144 meses.

O post te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


CashMe

Escrito por CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *