Canvas: o que é e como implantar na sua empresa

Canvas: o que é e como implantar na sua empresa
ícone de calendario

Atualizado:
31/05/2021

ícone de calendario

Publicado:
14/08/2020

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

CashMe

CashMe


Iniciar um negócio não é tarefa fácil, mas quando planejamos a chance de dar certo é sempre muito maior. Para te ajudar nesse planejamento existe o canvas, que é uma ferramenta capaz de te fazer entender melhor como será o funcionamento da sua empresa.

Isso é fundamental visto que poderá ter uma visão panorâmica do seu modelo de negócio antes de dar o ponta pé inicial.

Quer saber mais sobre o que é o canvas e como implantá-lo em sua empresa? Continue a leitura e conhecerá todos os detalhes.

O que é o Canvas?

Conhecido como Business Model Canvas, esse é um modelo de negócio muito eficiente que permite a estruturação de uma empresa.

A partir dele é possível entender como será a estrutura e funcionamento do seu negócio. Além disso, será possível enxergar o que ele precisa para crescer, lucrar e o que, principalmente, será entregue de valor ao cliente final.

Essa é uma ferramenta estratégica que possibilita projetar sua empresa antes dela sair do papel ou até mesmo ela já estando a todo vapor.

Ele torna o seu projeto mais visual, sendo possível encontrar pontos de melhorias ou detalhes que não tenha percebido a partir da ideia de criação.

Portanto, a partir do Canvas, é possível fazer uma avaliação ampla, detalhada do que precisa no seu modelo de negócio.

Um dos pontos mais positivos do Canvas é que ele não é complexo como outros métodos para criação de um plano de negócio. Isso porque ele pode ser feito desde uma folha de caderno, ou cartolina, por exemplo, até outros meios digitais.

Uma delas é oferecido pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), por meio do SebraeCanvas.com. Uma plataforma intuitiva e fácil de começar o seu modelo de negócio empresarial.

A estrutura do Canvas

A metodologia Business Model Canvas foi criada em meados dos anos 2000 pelo suíço Alexander Osterwalder e representa o modelo de negócio em nove blocos:

  1. Parcerias chave;
  2. Atividades chave;
  3. Proposta de valor;
  4. Recursos chave;
  5. Relacionamento;
  6. Canais;
  7. Segmento de clientes;
  8. Estrutura de custo;
  9. Fonte de receita.

A partir dessa estrutura é possível fazer observação e consequentemente uma avaliação criativa e intuitiva do seu modelo de negócio.

O canvas é um modelo que se assemelha ao Design Thinking, que apresenta soluções para otimizar o trabalho de criação e desenvolvimento de uma empresa.

Passo a passo para criar usar o melhor do canvas

A partir da estrutura acima apontada, explicaremos cada item para que você possa implantar um canvas de sucesso em sua empresa.

1 – Parcerias chave

Conhecendo seu modelo de negócio você saberá qual tipo de empresa será interessante fechar uma parceria para fornecimento de alguma matéria-prima, por exemplo.

Sendo assim, as parcerias chaves no modelo canvas consiste em fazer negociação com outras empresas que podem auxiliar no funcionamento do seu negócio.

Lembrando que você só deve pensar em fechar com as parcerias que são fundamentais e decisivas para alavancar a sua empresa.

Na hora de pensar essas parcerias faça algumas perguntas como: quais são as atividades chaves feitas pelos parceiros? Quais são os recursos que seriam utilizados?

Pensando assim, você terá mais chances de conseguir fechar uma parceria de sucesso.

2 – Atividades chaves

Qual a rotina do seu negócio e o que ele precisa para funcionar? As respostas dessas perguntas te auxiliarão a saber quais são as atividades chaves da sua empresa.

Todos os tipos de negócios costumam ter algum tipo de demanda relacionado a ele, independente da área.

Nesse momento é necessário saber exatamente o que sua empresa faz, para organizar as demandas referente a esse trabalho. Assim poderá saber qual tarefa será de extrema importância e organizar as demais. Em resumo é a rotina da empresa.

3 – Proposta de valor

Qual é o diferencial da sua empresa? Por que as pessoas vão querer comprar de você e não do concorrente? Quais são as vantagens ofertadas ao consumidor? Respondendo essas perguntas você poderá entender sua proposta de valor.

Assim será possível saber o que sua empresa está oferecendo ao mercado e se está atendendo a necessidade de quem você busca atingir.

4 – Recurso chave

Saber o que a empresa precisa para iniciar no mercado faz parte do recurso chave. Isso vai desde o valor de investimento inicial, espaço físico de trabalho, até a equipe de funcionários que será formada.

Esse recurso pode ser dividido em quatro categorias:

  • Físico;
  • Intelectual;
  • Humano;
  • Financeiro.

5 – Relacionamento

Esse é um dos pontos mais importantes para seu modelo de negócio canvas ser um sucesso. Um bom relacionamento com seu cliente faz ele retornar e indicar seu serviço para outras pessoas.

Nesse ponto você deve definir como vai ser esse relacionamento com o cliente, se pessoal ou de forma online? Se por telefone, e-mail ou apenas redes sociais.

Tudo isso deve ser implantado e pensando de acordo com seu público-alvo.

Sendo assim essa relação com os clientes utilizar de:

  • Interação Humana;
  • Estilo self-service (o cliente escolhe as opções disponíveis);
  • Automatizada (utilizando chatbots, por exemplo).

6 – Canais

Nesse tópico é necessário escolher quais são os canais mais interessantes para que você ofereça seu produto e se conecte com seus clientes.

Para saber qual o canal ideal para ofertar o seu serviço ou produto é importante conhecer a persona do cliente.

Conhecendo quem é seu público você pode saber se um anúncio vai ser melhor no Facebook, Instagram, ou por sms, por exemplo.

A partir da comunicação sendo feita de forma correta por meio desses canais é possível aumentar a relevância da sua marca e atrair mais visibilidade.

7 – Segmento de clientes

Para toda empresa que tem um produto ou serviço a ser oferecido no mercado existem diversos clientes.

Portanto sua empresa deve se conectar com eles para oferecer o que eles desejam. Para isso, é necessário entender com qual tipo de consumidor está lidando.

Com isso vai conseguir fazer uma comunicação adequada e precisa para utilizar com esse público.

8 – Estrutura de custo

O modelo canvas pede que você identifique todos os custos do seu negócio, desde o pontapé inicial até valores do dia a dia.

Nesse momento é necessário que saiba qual é o capital social que tem disponível para fundação da empresa.

Depois que souber esse valor vamos estruturar os custos na seguinte ordem:

  • Custo de produção;
  • Custo de operação;
  • Custos fixos mensais;
  • Custos variáveis;
  • Economia de escala;
  • Economia de escopo.

9 – Fonte de receita

De onde vai vir o dinheiro da sua empresa? Já parou para pensar nisso? A fonte de renda de receita apresenta todos as possibilidades de entrada de dinheiro em seu negócio.

Isso pode acontecer por meio da venda de produtos, serviços oferecidos, entre outras possibilidades.

A partir disso é possível fazer uma estimativa que mostrará sua expectativa de ganho. Isso dará um norte para que você saiba quanto poderá vender seu produto para ter lucro, por exemplo.

Quais são os benefícios do canvas?

Quando você consegue criar um modelo de negócios utilizando o canvas é possível identificar e melhorar o relacionamento da sua empresa com seus clientes.

Essas melhorias de relacionamento podem acontecer, por exemplo, em diversas áreas do seu negócio como: com os clientes, oferta, viabilidade financeira e infraestrutura da empresa.

Aliás, ele é um modelo não burocrático, que permite diversas ideias durante seu processo de criação.

Quem pode usar esse método?

O canvas pode ser utilizado tanto por empresas que estão iniciando seus modelos de negócios no mercado, quanto por empresas que já estão em funcionamento.

Nesse tipo de caso, em que a empresa já existe, ele pode servir para fazer a gestão de um modelo de negócio.

Conclusão

Esse modelo de negócio pode ajudar as empresas a terem uma perspectiva mais assertiva antes de ingressar no mercado.

Ele permite que seja possível visualizar todas as possibilidades por meio de cada tópico apresentado.

Agora que você já entendeu como funciona esse método, que tal implantar o Canvas em seu modelo de negócio? Fazendo isso a chance de você colher bons frutos é muito maior. Boa sorte!

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe em suas redes sociais, deixe seu comentário e não se esqueça de conferir outras publicações como esta.


CashMe

Escrito por CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *