Dia da Bandeira: Descubra o processo histórico e a importância de ser celebrado

Dia da Bandeira: Descubra o processo histórico e a importância de ser celebrado
ícone de calendario

Atualizado:
18/10/2021

ícone de calendario

Publicado:
08/11/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


O Dia da Bandeira, também chamado de Dia da Bandeira Nacional, é celebrado anualmente em 19 de novembro. A data de celebração da bandeira nacional não foi escolhida ao acaso, uma vez que a bandeira brasileira foi criada quatro dias após a Proclamação da República. 

Comemorar o Dia da Bandeira é uma forma de homenagear também aqueles que a desenharam: Raimundo Teixeira Mendes, Miguel Lemos, Manuel Pereira Reis e Décio Vilares. A Proclamação da República ocorreu no dia 15 de novembro de 1889, sendo o dia 19 de novembro do mesmo ano a data de celebração da bandeira. 

A bandeira do Brasil carrega uma história importante e que marca a vida de todos os brasileiros. Nesta data, muitos buscam entender porquê o Dia da bandeira é comemorado, especialmente nas escolas, em que as crianças são educadas a saber de sua importância e significado. 

Para conhecer mais sobre o processo histórico e a importância de se comemorar o Dia da Bandeira, continue lendo o artigo.

Por que o Dia da Bandeira foi criado?

A bandeira do Brasil é um dos símbolos nacionais de maior importância para reconhecimento do país por outras nações. Foi a partir de um decreto assinado pelo então presidente provisório, o marechal Manuel Deodoro da Fonseca, que a bandeira nacional foi criada. 

Cada item da bandeira possui um significado distinto, tendo como último item modificado em 1992. As cores oficiais da bandeira do Brasil são o verde, o amarelo, o azul e o branco, com a frase “Ordem e Progresso” em seu interior. 

Inicialmente, cada cor simboliza uma das casas reais da família de D. Pedro I. A cor verde representava a casa real dos Bragança e a cor amarela a casa real dos Habsburgo, família da D. Maria Leopoldina. Com o passar dos anos, as cores ganharam novos significados pelos brasileiros, sendo:

  • Branco: o desejo pela paz;
  • Azul: Simbolizando os rios brasileiros e o céu na noite da Proclamação da República;
  • Amarelo: representa as riquezas do país;
  • Verde: representa a floresta brasileira.

Já a frase exibida ao centro da bandeira “Ordem e Progresso” foi inspirada nos estudos do fundador do movimento positivismo, o filósofo francês Augusto Comte. 

Autores da bandeira do Brasil

Para comemorar o Dia da Bandeira é essencial conhecer quem foram os autores do estandarte nacional. Os responsáveis foram pela criação foram:

  • Raimundo Teixeira Mendes – Filósofo e matemático brasileiro. Autor da estrofe “Ordem e Progresso” da bandeira brasileira. Defensor das ideias republicanas e principal promotor das teorias de Augusto Comte no Brasil.
  • Miguel Lemos – Filósofo brasileiro e que também fez parte do movimento positivismo, junto a Teixeira Mendes, que idealizaram o formato da bandeira nacional. Ambos foram fundadores da Sociedade Positivista Brasileira e que desejavam inserir o símbolo positivista no Estado. 
  • Manuel Pereira Reis – Foi pesquisador, observador e astrônomo brasileiro e o responsável pelo alinhamento das estrelas na bandeira do Brasil. 
  • Décio Villares – Foi um pintor, escultor, caricaturista e desenhista brasileiro. Responsável pelo desenho do círculo azul na bandeira do Brasil e que desenhou a bandeira da forma como a conhecemos atualmente.

Uma menção honrosa é dada ao polímata Ruy Barbosa de Oliveira, um dos criadores da primeira bandeira nacional republicana. Muito parecida com a bandeira dos Estados Unidos, a bandeira republicana possui listras em verde e amarelo e um quadrado azul com as 21 estrelas, representando os estados do Brasil.

Atualmente, o símbolo da bandeira e outros símbolos nacionais estão sob a Lei nº 5.700 de 1º de setembro de 1971. A mesma lei sofreu algumas alterações devido a Lei 8.421 de 11 de maio de 1992. Por meio da nova lei, foram acrescentadas novas estrelas à Bandeira Nacional. Essas estrelas correspondem ao Amapá, Roraima, Rondônia e Tocantins.

Qual o significado das estrelas na bandeira do Brasil

No Dia da Bandeira muitas pessoas sentem dúvidas quanto ao significado das estrelas na atual bandeira do Brasil. Ao total, são 21 estrelas dispostas na bandeira do Brasil, todas com a mesma configuração de cinco pontas, porém não são uniformes e cada uma possui um significado. 

Cada estrela representa um Estado brasileiro e a distribuição das estrelas é uma referência a sua posição do céu do Rio de Janeiro, no dia da Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889.

Uma dúvida corriqueira é referente a estrela Spica, encontrada acima da faixa “Ordem e Progresso”. Seu Estado de representação é o Pará, que em 1889 representava o maior território acima do paralelo do Equador. 

Abaixo, veja cada tipo uma das estrelas e a sua representação:

Dia da Bandeira: Conheça o significados das estrelas no estandarte

Dia da Bandeira: Conheça o significados das estrelas no estandarte

Hino da Bandeira

Como uma forma de homenagear o Dia da Bandeira, muitas escolas aproveitam o dia para ensinar o Hino à Bandeira do Brasil. A composição foi feita pelo jornalista e poeta Olavo Bilac e melodia do compositor e regente Antônio Francisco Braga.

O hino foi apresentado pela primeira vez em 1906 a pedido do prefeito do Rio de Janeiro, Francisco Pereira Passos. Inicialmente, seria de uso apenas no Rio de Janeiro, que, naquele período, era capital federal do país, para ser cantado nas escolas e, futuramente, em corporações militares dos demais estados.

A composição da letra surgiu para que a população se acostumar à nova bandeira, uma vez que esse é um símbolo que precisava ser aceito e reconhecido pela maior parte da população. 

Conclusão

Ao todo, o Brasil já teve 11 bandeiras, sendo a atual e mais conhecida a bandeira de retângulo verde, losango amarelo, círculo azul, faixa branca com os dizeres “Ordem e Progresso” e as 21 estrelas representando cada Estado brasileiro. 

O Dia da Bandeira é uma data importante para a população por ser um resgate histórico e que marca a evolução de um país após a Proclamação da República. Atualmente, não é comum ver o hino à bandeira ser cantado nas escolas, porém ainda é uma atividade que pode ser inserida em aula e passada de geração em geração.

Conhece mais alguém que gostaria de aprender sobre o Dia da Bandeira e  o contexto histórico nacional? Então, compartilhe o nosso conteúdo do CashMe Blog em suas redes sociais.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.