Dia da Criatividade: conheça 5 dicas para aflorar esse seu lado

Dia da Criatividade: conheça 5 dicas para aflorar esse seu lado
ícone de calendario

Atualizado:
22/10/2021

ícone de calendario

Publicado:
04/11/2021

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Celebrado em 17 de novembro, o Dia da Criatividade nos convida a refletir sobre nossas próprias qualidades. Uma das aptidões mais valorizadas para a vida e para o mercado de trabalho, a criatividade está ligada à capacidade de gerar soluções inovadoras em diversos campos da vida.

Você se considera uma pessoa em constante busca pela criatividade? Acha que está longe de conseguir propor técnicas diferentes e sair da caixinha? Não se desespere! Todos nós somos capazes de sermos mais criativos, mas para isso é preciso alimentar essa aptidão constantemente.

Com os incentivos certos, é possível aumentar o fluxo de criatividade e abrir portas tanto na rotina pessoal como no mercado de trabalho. Mas, afinal, por onde começar? 

Para aproveitar o Dia da Criatividade, a CashMe preparou um guia com algumas dicas simples para você implementar no dia a dia e, assim, estimular a criatividade de maneira natural. Confira a seguir!

O que é criatividade?

Criar, reinventar, pensar fora da caixa, inovar, quebrar padrões e por aí vai. Muita gente associa a criatividade a uma habilidade quase mágica e restrita a um grupo privilegiado.

Entretanto, não é bem assim que funciona. Você não precisa ser multi talento para música, esporte e política para ser considerado uma pessoa criativa. O conceito de criatividade refere-se a um conjunto de ideias originais – e isso pode ser perfeitamente trabalhado no dia a dia.

A criatividade não se trata de um dom, mas sim de uma competência. E isso significa que é possível estimulá-la e, principalmente, aprimorá-la por meio de incentivos. Todo ser humano é passível de ser criativo, desde que saiba criar o hábito de fomentar essa qualidade. 

A importância da criatividade no mercado de trabalho

Você provavelmente já ouviu falar o quão importante – e necessário – é ser criativo em qualquer tipo de trabalho. Essa habilidade é quase uma exigência para inúmeras empresas e setores, afinal é uma aptidão essencial para a criação de novas ideias, conceitos e soluções.

Em um mercado de trabalho competitivo, a criatividade se torna uma habilidade valiosa. Ao impulsionar a sua, você abrirá portas para oportunidades únicas e enriquecedoras na carreira. Duvida? Então, uma pesquisa realizada pela Adobe mudará a sua visão sobre o assunto.

Uma pesquisa realizada em 2016 pela empresa, e atualizada anualmente, constatou que pessoas que se identificam como criativas têm uma renda 13% maior do que as não-criativas. No mesmo estudo, a companhia destaca que 70% dos respondentes afirmaram que uma pessoa criativa é muito mais valiosa para a sociedade. 

E não é só no mercado de trabalho que essa habilidade tão almejada traz efeitos positivos. Estimular a criatividade no dia a dia contribui para você ampliar a sua capacidade de solucionar problemas, além de gerar maior confiança e sociabilidade. A seguir, vamos explicar como você pode melhorar seu campo criativo.

Como aproveitar o Dia da Criatividade para aprimorar essa qualidade?

O primeiro passo para ser mais criativo é deixar de lado todo o mito em volta da habilidade. Como dito anteriormente, a capacidade de criar, solucionar e reinventar é despertada de diversas formas, e de um jeito mais simples do que você imagina. Confira:

1. Invista no seu bem-estar – físico e mental

Engana-se quem pensa que a criatividade é uma aptidão que deve ser trabalhada apenas no campo profissional ou mesmo por meio de técnicas exaustivas de aprimoramento técnico. Para que uma ideia inovadora surja, é preciso, antes de mais nada, que o seu cérebro esteja em equilíbrio.

Ou seja, a criatividade pode ser influenciada a partir do momento que você cuida mais de si mesmo – nos aspectos físicos, mas principalmente no aspecto mental. O aumento do bem-estar está diretamente relacionado a uma maior confiança, e, por consequência, a uma maior motivação para o pensar e agir.

Por isso, comece a investir em condições favoráveis ao seu campo criativo. Exercícios físicos, meditação, uma boa noite de sono, alimentação saudável e relações humanas de excelência são essenciais para um despertar criativo.

2. Desenvolva o hábito de leitura

A leitura é um processo cognitivo valioso para todas as idades, em especial para as crianças, já que contribui para uma imaginação mais fértil – fundamental para um bom desenvolvimento. Por que, então, isso seria diferente para os adultos? O hábito de ler amplia a sua visão de mundo e o seu repertório criativo em diversos campos diferentes.

Com o avanço das tecnologias, diversos são os recursos que você tem para utilizar na busca por melhorar a sua capacidade de leitura. Se os livros não são a sua praia, opte por soluções digitais, como os podcasts, as lives e os vídeos educativos. 

3. Aprenda coisas novas e saia da rotina

Essa é uma dica quase óbvia, mas que muita gente acaba esquecendo de aplicar no dia a dia. Quando a criatividade está em baixa, uma das melhores formas de expandir a mente é justamente quebrando o padrão de comportamento que você está acostumado.

Uma simples troca de rota para o trabalho ou um curso sobre algo que você nunca imaginou aprender faz com que o seu cérebro processe uma informação nova e interessante. Ao explorar caminhos alternativos, você se verá motivado por estar lidando com algo completamente desconhecido.

4. Seja um observador

A criatividade tem muito a ver com a capacidade de oferecer soluções inéditas sobre determinada situação. E para isso é necessário que haja uma boa dose de observação. Avaliar um contexto para então apontar uma alternativa é uma tarefa mais fácil para aqueles que se permitem examinar com cautela.

Os famosos “insights” surgem exatamente em momentos assim, quando você amplia o seu horizonte de visão e imaginação para além do óbvio. Prestar mais atenção ao ambiente em que você se encontra é uma forma de se concentrar no presente e estimular os lados criativos do cérebro.

5. Pratique o ócio criativo e relaxe

É importante citar que a inovação deve ser trabalhada de maneira natural durante a rotina. Se você está se sentindo sobrecarregado, pare já de forçar uma aptidão que não ocorre de maneira espontânea. O ato de “não pensar” é também uma ferramenta valiosa para avivar sua mente.

Uma mente ansiosa e sobrecarregada pode gerar picos de estresse durante o trabalho, além de corromper a sua saúde mental. Por isso, mantenha em sua rotina atividades prazerosas e que não exijam planejamento constante. Lembra-se do primeiro item sobre praticar o bem-estar? Comece agora mesmo.

Conclusão

Como é possível observar, o Dia da Criatividade nos convida a refletir sobre diversos campos da vida pessoal e profissional. Ser criativo é um hábito que deve ser trabalhado diariamente e de forma natural, para que o seu campo de visão e ideias seja também ampliado.

Gostou do conteúdo? Então que tal compartilhá-lo com um colega de trabalho ou mesmo com um amigo que precisa de uma dose a mais de criatividade? O blog da CashMe está repleto de conteúdos interessantes para o seu dia a dia.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.