Proclamação da República: conheça mais sobre esse processo histórico

Proclamação da República: conheça mais sobre esse processo histórico
ícone de calendario

Atualizado:
11/11/2021

ícone de calendario

Publicado:
11/11/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


No dia 15 de novembro é celebrado o Dia da Proclamação da República, momento histórico que representou o fim da monarquia e o começo da república no Brasil.

A insatisfação dos militares e a queda de popularidade do governo da monarquia comandada por Dom Pedro II, teve como resultado a queda da família real e a instituição da república.

Vem com a gente conhecer mais detalhes sobre esse processo histórico tão importante para o Brasil!

O que significa o dia 15 de novembro?

O evento que aconteceu em 1889, no Rio de Janeiro – na época era a capital do país -, representou o fim da monarquia e foi comandado pelo militar Marechal Deodoro da Fonseca.

Com bastante influência na época, Deodoro foi convencido por um grupo que reunia importantes nomes que eram a favor do republicanismo a liderar um levante militar. Então, em 15 de novembro, cercaram o Gabinete Ministerial e visconde de Ouro Preto foi destituído do cargo presidencial, preso e depois, exilado.

De acordo com os historiadores, a ocasião foi um golpe contra a monarquia, visto que a mudança de regime político não aconteceu de maneira democrática, ou seja, não teve a participação da população.

Atualmente, a data é celebrada como feriado a partir do decreto assinado pelo governo de Gaspar Dutra, por meio da Lei nº 662, em 6 de abril de 1949.

Causas da Proclamação da República

A crise da monarquia com diversos grupos sociais já estava acontecendo desde a década de 1870, de maneira que os militares – um dos grupos descontentes -, se tornaram os protagonistas da Proclamação da República.

Em 1870, o Brasil ganhou a Guerra do Paraguai e o Exército Brasileiro, em troca dos esforços para garantir o sucesso do conflito, começou a exigir mais direitos e benefícios, dentre os quais se destacam o aumento de salário e melhores condições no sistema de promoção de carreira.

Na década de 1880, frequentes atritos entre militares e o governo de Dom Pedro II foram desgastando o convívio, ao mesmo tempo que os militares também não aceitavam a proibição de manifestarem opiniões públicas. Em 1883, aconteceu um fato simbólico quando o militar Sena Madureira recebeu punição por fazer críticas a um projeto do Visconde de Paranaguá.

Assim sendo, foi ganhando força a propagação de ideias como o positivismo, uma corrente filosófica surgida na França e que defende a ideia de que o conhecimento científico explica coisas práticas.

Aqui no Brasil, essa corrente fez com que as Forças Armadas passassem a defender a instalação de uma república como meio para o país se modernizar.

Em 1888, com a abolição da escravatura, os cafeicultores começaram a apoiar os ideais republicanos. Esta foi uma perda muito significativa para a monarquia, por se tratar de um grupo de alta influência tanto política quanto econômica.

Além disso, a relação com a igreja católica também estava estremecida, porque sofriam com a falta de independência. Em síntese, as medidas que vinham do Papa direcionadas às igrejas católicas precisavam ser aprovadas pelo governo monarca. Uma situação marcante foi quando bispos se rebelaram e acabaram presos, depois de uma recusa de D. Pedro II.

Com tantos laços enfraquecidos, a Proclamação da República foi o momento da monarquia sair de cena. Assim, a família real foi expulsa do país e em 17 de novembro saíram do Brasil, rumo a Lisboa, em Portugal.

O rumo do Brasil

Logo depois da Proclamação da República, foi instalado um governo republicano provisório, momento em que grandes mudanças começaram a acontecer e mudariam totalmente o rumo do país.

O governo de república se consolidou com a promulgação da Constituição de 1889, os símbolos nacionais como o Hino Nacional Brasileiro e a Bandeira do Brasil, foram criados, assim como novos heróis entraram para a história do Brasil e alterações no sistema eleitoral determinaram que o voto seria apenas para homens com mais de 21 anos.

Neste período, o Marechal Deodoro da Fonseca assumiu como presidente do Brasil. Ele foi o primeiro da linha presidencial brasileira. Em 1891 aconteceram as primeiras eleições indiretas, por meio de votos entre deputados e senadores.

Deodoro se manteve como presidente, tendo o militar Floriano Peixoto, como vice. Seu mandato, marcado por fortes turbulências econômicas, durou apenas até 23 de novembro do mesmo ano, quando foi pressionado a renunciar.

A legitimação da república

Em 21 de abril de 1993, aconteceu um plebiscito para que a população votasse entre o regime da república e a monarquia, como forma de governo e para o sistema governamental tinham que escolher entre o presidencialismo e parlamentarismo.

Com a participação de mais de 67 milhões votos, os brasileiros legitimaram o regime republicano e o presidencialismo como sistema de governo.

Por que comemoramos o dia 15 de novembro?

Com a finalidade de legitimar a república no Brasil, visto que o regime tinha sido recém-instalado e de maneira forçada. O governo provisório criou a data para construir uma lembrança positiva na memória dos brasileiros.

A Proclamação da República foi se tornando um símbolo patriótico à medida que os presidentes assinaram leis que confirmavam o status de feriado nacional, como aconteceu durante o governo de Getúlio Vargas, Eurico Gaspar Dutra e, por último, Fernando Henrique Cardoso, que assinou a Lei nº 10.607, em 19 de dezembro de 2002.

Conclusão

Em resumo, a Proclamação da República ainda que tenha sido resultado de um golpe militar representa um importante acontecimento na história do Brasil. Visto que marcou a transição da antiga forma de governo e cortou os laços coloniais que ainda existiam com Portugal.

Este foi o primeiro passo para a construção de uma sociedade mais democrática, abrindo portas para a liberdade de expressão e direito ao voto para que os brasileiros pudessem decidir quem governaria o país. Estes eram fatores que não existiam enquanto a monarquia estava instaurada.

Atualmente, os fatos sucedidos em 15 de novembro de 1889 são lembrados nas festividades que acontecem em diversas cidades além dos atos cívicos.

Agora a gente quer saber, você conhecia a história da Proclamação da República de forma tão detalhada? E se gostou do conteúdo, compartilhe em suas redes sociais para seus amigos e familiares também ficarem por dentro desta data histórica.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.