Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza: saiba o que significa e sua origem

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza: saiba o que significa e sua origem
ícone de calendario

Atualizado:
18/10/2021

ícone de calendario

Publicado:
18/10/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


No dia 17 de outubro é celebrado o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, que tem a finalidade de conscientizar tanto a sociedade quanto os governos de todos os países sobre a situação de milhões de pessoas que vivem em estado de extrema pobreza.

Acabar com a pobreza e a fome faz parte das metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU), que aconteceu em 2000 com o apoio de 191 países, assim foram formados os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

Vem com a gente descobrir a origem desta data e porque é uma causa tão importante a ser combatida!

Por que dia 17 de outubro é o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza?

Tudo começou com uma iniciativa de Joseph Wresinski, padre francês, que nesta data, no ano de 1987, reuniu aproximadamente cem mil pessoas na Praça dos Direitos Humanos e Liberdade, em Paris.

Lá, foi colocado um cartaz – em frente a Torre Eiffel -, um dos principais cartões postais de Paris, que dizia: “Onde homens e mulheres estão condenados a viver em extrema pobreza, direitos humanos são violados. Unir-se para fazer com que sejam respeitados é um dever sagrado” (Padre Joseph Wresinski)

O encontro foi considerado um marco e em 1992, a Assembleia Geral da ONU determinou que o dia 17 de outubro seria o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza.

O cenário mundial da pobreza

A fome extrema e as precárias condições de vida são problemas que afligem a sociedade há muitos séculos. Questões como guerras, disputas políticas e até mesmo climas desfavoráveis impactam o desenvolvimento socioeconômico ao redor de todo o mundo.

O desenvolvimento da economia, a nível mundial, fez com que todos os governos passassem a entender o quão grave é o cenário e a partir disso, começaram a debater o assunto com a finalidade de resolvê-lo, visto que, com a economia evoluindo seria possível erradicar a pobreza.

Contudo, a questão virou um grande desafio, visto que os números de pessoas vivendo nestas condições só aumentaram. A pandemia por conta da COVID-19 agravou a situação de maneira muito significativa.

O relatório “O Estado da Segurança Alimentar e Nutricional no Mundo”, é uma avaliação global feita em parceria com diversas agências, e mostra que até 811 milhões de pessoas enfrentaram a fome no ano passado. Isto representa, aproximadamente, 10% da população mundial vivendo em níveis críticos.

Como acabar com a pobreza

Erradicar a pobreza do mapa é a meta número 1 dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, por isso é uma ação para ser feita diariamente e o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza se tornar um instrumento de reforço desta mensagem.

Zelar pela boa nutrição

Os primeiros mil dias de vida de uma pessoa são muito importantes, pois é quando acontece o desenvolvimento básico das crianças. A fome e desnutrição infantil impactam no índice de mortalidade infantil, além de influenciarem no desenvolvimento tardio tanto físico quanto intelectual e esta é uma consequência que acompanha o ser humano por toda a sua vida.

Por isso, é primordial que todos tenham acesso a uma boa nutrição desde o nascimento.

Cuidar da saúde pública

A pobreza faz com as pessoas fiquem doentes com mais facilidade, porque a falta dos nutrientes adequados deixa o sistema imunológico mais fraco e exposto a contaminações. Além disso, é um público que não tem recursos suficientes para recorrer a determinados tratamentos.

Portanto, a construção e operação de sistemas públicos de saúde de maior amplitude permitem que o tratamento médico seja mais democrático. Em paralelo, ações e programas de prevenção são maneiras eficazes de oferecer atendimento periódico, evitando que casos em estágio inicial se agravem.

Adaptar-se às mudanças climáticas

Cada vez mais as alterações climáticas estão piorando os desastres naturais. Isto resulta em grandes prejuízos na produção de alimentos básicos, porque plantações, produção de animais, assim como suas estruturas são destruídas.

Para garantir a segurança alimentar, principalmente das populações com menos recursos e que consequentemente são as mais prejudicadas, é necessário investimento em planos de apoio e estratégicos que reduzam essa vulnerabilidade.

Acesso à educação de qualidade para todos

Um dos instrumentos mais importantes para quebrar o ciclo de pobreza é a educação. Ao passo que a criança tem apoio e incentivo escolar, ela tem mais possibilidade de se desenvolver e construir um futuro longe da pobreza tanto para si quanto para a sociedade.

Por isso, é necessário garantir que todas as crianças e adolescentes tenham acesso a uma educação inclusiva, igualitária e de qualidade.

Investir em desenvolvimento de locais empobrecidos

Esta é uma missão que envolve esforços de agências internacionais para que desenvolvam projetos com a finalidade de atingir as raízes da pobreza. É o melhor caminho para garantir às populações que mais precisam tenham condições de criar uma base que realmente perdure.

Isto acontece com, por exemplo, educação, investimento em estrutura para que possam produzir e trabalhar, atendimento médico, apoio para construírem moradias de qualidade e todas as ações necessárias para que o projeto possa seguir de forma autônoma.

Combater a desigualdade de gênero

A desigualdade de gênero reflete de diversas formas na sociedade e a pobreza é uma delas. A discriminação contra a participação da mulher na sociedade as impede de saírem da situação de fome.

Por muitas vezes faltam incentivos para as mulheres, tanto na educação quanto no mercado de trabalho, com baixos salários e pouco acesso a cargos de responsabilidade. E isto limita suas opções de desenvolvimento.

Investir em programas e políticas que combatam a desigualdade é uma maneira de romper essas barreiras e possibilitar que todos convivam em uma sociedade mais justa, com oportunidades para todos terem uma vida digna.

Conclusão

Como vimos, o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza é um momento para refletir sobre as condições que a sociedade vive e, principalmente, agir para que o propósito de extinguir a fome e a pobreza seja alcançado.

É um grande desafio que todo cidadão pode ajudar, do cidadão comum aos grupos políticos, assim como fazem os projetos humanitários que trabalham arduamente.

Garantir que todo mundo tenha acesso a melhores condições de vida, além de ser um gesto de amor e respeito ao próximo, também contribui de forma muito positiva no desenvolvimento econômico e social.

O que você achou do conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais e convide os amigos e familiares para fazerem a diferença no dia 17 de outubro.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.