Dia Nacional do Livro: 6 dicas para comemorar esta data lendo mais

Dia Nacional do Livro: 6 dicas para comemorar esta data lendo mais
ícone de calendario

Atualizado:
18/10/2021

ícone de calendario

Publicado:
18/10/2021

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


No dia 29 de outubro, é celebrado o Dia Nacional do Livro. A data escolhida não é mera coincidência, pois foi nesse dia de 1810 em que ocorreu a fundação da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Naquela época, os primeiros livros para o acervo bibliográfico foram disponibilizados pela Família Real Portuguesa. 

A leitura é um hábito importante e que está intrinsecamente ligado ao sucesso profissional e educacional, uma vez que os livros abrem a mente para novas experiências, novas ideias e novos caminhos de conhecimento. Sem contar o estímulo para a imaginação e até consolo para momentos únicos.

No Dia Nacional do Livro, diversas pessoas celebram a data indicando seus livros e autores favoritos, pois eles moldaram uma cultura. No Brasil, muito se cultua a literatura clássica e a importância de conhecer os principais autores brasileiros, como Machado de Assis, Clarice Lispector, Graciliano Ramos, entre outros.

Mesmo com tantos autores conceituados aqui e internacionalmente, o Brasil ainda é um país que pouco valoriza a literatura. Segundo a Agência Brasil, em 2020, o Brasil perdeu 4,6 milhões de leitores em quatro anos, dada a crise econômica nacional, dificuldade de acesso para compra de livros e pessoas frequentando cada vez menos as bibliotecas públicas.

No entanto, como forma de tentar trazer o espírito literário de volta para essa data comemorativa, separamos algumas dicas e curiosidades para que você comemore esse dia com umas das melhores atividades: a leitura. Confira!

A importância da leitura

A leitura pode fazer com que qualquer pessoa escreva melhor e palestre de forma mais eloquente. A leitura de livros traz benefícios para a saúde física e mental, e que podem durar por toda a vida. Eles começam na primeira infância e continuam até os anos mais velhos. 

Ler ajuda a fortalecer o cérebro. Alguns pesquisadores, por meio de pesquisas e uso de ressonância magnética, afirmam que a leitura envolve uma rede complexa de circuitos e sinapses no cérebro. Conforme as habilidades de leitura amadurecem, essas redes se tornam mais fortes e sofisticadas. 

Além disso, o ato de ler ajuda a melhorar o vocabulário das pessoas, estimular a imaginação, prevenir o declínio cognitivo relacionado à idade e o mal de Alzheimer. Diversas pessoas com o hábito de leitura costumam ler à noite e melhorar a qualidade do sono.

6 Dicas para ler mais no Dia Nacional do Livro

Uma das resoluções de fim de ano mais comuns é “irei ler mais livros no próximo ano”. A intenção é perfeita, mas e para colocar em prática? Para você conseguir ler mais livros é importante criar um hábito, que não seja torturante. 

Dica 1

Para ler mais é preciso estabelecer etapas em seu processo. Antes de ir para uma leitura mais madura, inicie por livros de categorias mais simples, como histórias em quadrinhos nacionais ou internacionais, biografias de alguém cujo você admira e livros com poucas páginas.

Dica 2

Ter um lugar tranquilo em que você possa ter total foco ajuda a se concentrar na leitura e evitar interrupções que quebram o ritmo. Muitas pessoas utilizam músicas sem voz criadas especificamente para ampliar o foco ou escutar audiobooks enquanto estão lendo. 

Dica 3

Estabelecer uma meta de leitura por dia ajuda a avançar e fazer com que se possa ler mais. Atualmente, se popularizou os sprints de leitura. Isto é, determinar cerca de 3 a 5 ciclos de leitura com rounds de 40 a 60 minutos e pausas de até 10 minutos.

Dica 4

Um dos erros comuns de quem quer ler mais, especialmente no Dia Nacional do Livro, é começar pelas literaturas clássicas, como Dom Casmurro de Machado de Assis, Iracema de José de Alencar ou O Alquimista de Paulo Coelho. Leituras complexas tendem a cansar e fazer com que o livro se torne massante. 

Dica 5

Estabeleça as bases para seu novo hábito de leitura, tornando os livros relevantes nos ambientes físicos e digitais que você encontra todos os dias.

Dica 6

Tente ler o máximo que puder. Sempre que estiver em uma situação, hora ou lugar que permita realizar qualquer tipo de leitura, faça. Eventualmente, você criará um novo hábito de leitura sem esforço.

Autores para ler no Dia Nacional do Livro

Os autores brasileiros contribuíram de maneira imensurável para a popularização dos livros no Brasil. A literatura brasileira é rica e se divide por alguns períodos, como:

  • Quinhentismo – Decorrer do século XVI;
  • Barroco – De 1601 a 1768;
  • Arcadismo – De 1768 a 1808;
  • Romantismo – De 1836 a 1881;
  • Realismo – A partir de 1881;
  • Naturalismo – A partir de 1881;
  • Parnasianismo – A partir de 1882;
  • Simbolismo – A partir de 1893;
  • Pré-Modernismo – Início do século XX;
  • Modernismo – A partir de 1922;
  • Pós-Modernismo – A partir de 1950.

Conheça a seguir os autores que merecem ser conhecidos no Dia Nacional do Livro.

Monteiro Lobato

Um dos primeiros escritores brasileiros a escrever livros infantis, sendo o Sítio do Pica-Pau Amerelo o de maior sucesso. Foi precursor dos editores no Brasil, em um período cujo os livros eram produzidos somente no exterior.

Principais publicações:

  • Sítio do Pica-Pau Amarelo;
  • Reinações de Narizinho.

José de Alencar

Um dos maiores autores brasileiros. Foi romancista, dramaturgo, jornalista, advogado e político. Os livros publicados representam o movimento indianista, que o torna um dos principais romancistas brasileiros da fase romântica.

Principais publicações:

  • O Guarani; 
  • Iracema; 
  • Senhora.

Machado de Assis

O primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras e o mais reconhecido no exterior. Livros de sua autoria fazem parte da lista de leituras obrigatórias para qualquer pessoa que deseja celebrar o Dia Nacional do Livro.

Principais publicações: 

  • Dom Casmurro;
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas;
  • Quincas Borba.

Graciliano Ramos

Se tornou o autor mais importante da era do modernismo brasileiro, sendo um dos mais importantes nomes da literatura nacional. Seus clássicos retratam, principalmente, a vida no sertão e no nordeste. 

Principais publicações: 

  • Vidas Secas;
  • São Bernardo;
  • Angústia.

Mauricio de Sousa

O criador da Turma da Mônica é um dos mais famosos cartunistas e escritores brasileiros, além de membro da Academia Paulista de Letras. Iniciou a carreira no jornalismo, porém seu reconhecimento foi notável por suas histórias criadas para o público infantil. 

Principais publicações:

Turma da Mônica e Mauricio: A história que não está no gibi.

Clarice Lispector

Considerada uma das escritoras brasileiras de maior importância do século XX e a maior escritora judia. Suas obras priorizam o cotidiano simples e as tramas psicológicas, sendo as principais características a epifania de personagens comuns em momentos do dia a dia.

Principais publicações:

  • Perto do coração selvagem;
  • Laços de família;
  • A hora da estrela.

Cora Coralina

Seu primeiro livro foi publicado em 1965 e desde então se tornou uma das escritoras mais importantes do Brasil. Suas obras sempre traziam à luz o cotidiano do interior brasileiro, em especial os becos e ruas de Goiás.

Principais publicações:

  • Meu Livro de Cordel;
  • Poemas dos Becos de Goiás e estórias mais;
  • Meninos Verdes.

Thalita Rebouças

Uma das autoras de maior sucesso da atualidade. Seus livros são destinados ao público infanto-juvenil, retratando o dia a dia e as descobertas de adolescentes. 

Principais publicações: 

  • Fala sério, mãe!
  • 360 dias de sucesso;
  • Confissões de uma garota excluída.

Conclusão

Criar o hábito de leitura ajuda a melhorar os processos cognitivos do cérebro, estimular a imaginação, melhorar o vocabulário, aprender novas formas de pensar e interagir com o próximo. 

Com acesso facilitado à internet, o acesso a diferentes autores e obras foi ampliado, fazendo com que o Dia Nacional do Livro possa ser realizado e garantindo que você conheça quem contribuiu para a literatura nacional.

Você gosta de ler ou conhece alguém que deseja ter o hábito de leitura? Então compartilhe esse texto em suas redes sociais.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *