Gerador de cartões de crédito: veja como funciona

Gerador de cartões de crédito: veja como funciona
ícone de calendario

Atualizado:
13/07/2021

ícone de calendario

Publicado:
13/07/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Gerador de cartão de crédito é um sistema computacional relativamente simples, que cria aleatoriamente e, em frações de segundos, uma sequência numérica de cartão de crédito, com data de vencimento e código de segurança.

Através dessa ferramenta, você pode selecionar a bandeira do cartão que deseja a numeração e pedir para gerar. Em apenas alguns segundos você tem o número de um cartão de crédito fictício com data de vencimento e CVV.

Apesar de, inicialmente, tratar-se de uma ferramenta inofensiva e muito utilizada por profissionais de TI para testes em desenvolvimento relacionados a processos de compra, o gerador de cartões de crédito também é utilizado por criminosos virtuais para compras online.

Por isso, para você entender como funciona o gerador, mas também se proteger de possíveis crimes virtuais, continue a leitura e saiba mais sobre a ferramenta.

Como funciona o gerador de cartões de crédito

O gerador consegue criar aleatoriamente milhões de sequências numéricas que podem estar ligadas a um consumidor ou não. 

A maioria dos cartões de crédito brasileiros possui 16 dígitos, divididos em três blocos: 

  • BIN (Bank Indentification Number que significa “Número de Identificação Bancária);
  • Número do cliente
  • Dígito verificador.

Além disso, é necessário “acertar” o código verificador, conhecido também como código de segurança ou CVV de três algarismos e a data de validade.

Uma vez que esses dados são gerados aleatoriamente e não relacionados entre si, constituem uma conta inexistente, impossibilitando a realização de qualquer tipo de transação financeira real. Ou seja, não se trata de um cartão de crédito válido para compras, qualquer tentativa dessas operações será impedida pelas plataformas de pagamento.

Como utilizar um gerador de cartões de crédito

Pode obter um número fictício de cartão de crédito utilizando um gerador é simples e fácil, conforme abaixo:

  • Pesquise no Google por “gerador de cartões de crédito” e encontre a ferramenta que entende como mais adequada;
  • Escolha a marca do cartão de acordo com a sua necessidade. Geralmente as opções disponíveis são: Visa, Master Card, American Express, entre outros;
  • Agora selecione o mês de expiração. Em alguns ferramentas é possível deixar esse campo como aleatório;
  • Da mesma forma, escolha a data de expiração. Mantenha-a aleatória, se quiser.
  • Introduza agora o código de segurança, ou seja, o número CVV ou CVC. Em algumas ferramentas também é possível deixá-lo como aleatório;
  • Introduza o número de números cc falsos que pretende.
  • Clique no botão gerar para obter o seu cartão fictício instantaneamente.

Gerador de cartões de crédito na TI

A ferramenta é muito utilizada por desenvolvedores de software que realizam testes em suas plataformas em desenvolvimento. O gerador, pode ser utilizado para:

  • Sites e apps de compras, como explicado anteriormente;
  • Finalidades acadêmicas;
  • Testes durante programação;
  • Desenvolvimento de ecommerce;
  • Simulação de compras durante a gravação de vídeos e lives;

Isso porque, com a numeração fictícia é possível verificar se o gerenciamento das operações financeiras está sendo realizado de forma consistente e com tratamento de erros adequado em caso de falha durante a transação. 

Existem ferramentas que geram números de cartões de crédito com nome, data de validade e código de segurança (código CVV), porém tratam-se de dados fictícios, a fim de evitar o uso de contas bancárias reais em seus testes ou demonstrações do sistema. 

O uso do gerador de cartões de crédito por criminosos

Segundo estudo realizado pela Konduto, empresa que oferece soluções antifraude para lojas virtuais, pelo menos um em cada 28 pedidos feitos no varejo é realizado por um criminoso com um cartão de crédito que pode ter sido descoberto através do gerador. E a atividade é feita sem necessidade de grandes códigos ou hackers com conhecimento avançado.

Além de desenvolvedores, infelizmente o gerador de cartões de crédito também é muito utilizado por criminosos. Os números criados são testados em lojas virtuais com baixa segurança para simular várias compras de valor baixo até que um cartão real seja descoberto. 

Para evitar esse tipo de crime virtual, a recomendação para quem mantém uma loja virtual é criar uma página final da compra que não entregue a informação se a compra foi aceita ou não. 

Por parte das possíveis vítimas, é sempre importante checar o extrato ou habilitar algum tipo de notificação de operações com o cartão. Caso haja alguma compra de pequeno valor e não reconhecida, é possível tomar medidas o mais rápido possível com a operadora responsável pelo cartão de crédito.

Vale destacar que, utilizar o gerador de cartões de crédito para compra em nome de outra pessoa é crime, conforme previsto no Código Penal: 

“Segundo o artigo 298 do código penal, falsificar, no todo ou em parte, documento particular ou alterar documento particular verdadeiro” 

Nestes casos, além de multa, pode ser decretado prisão de 1 a 5 anos, dependendo do caso.

Conclusão

Como você pode ver, o gerador de cartões de crédito funciona como um sistema que aleatoriamente gera uma numeração fictícia que pode ser utilizada para testes no desenvolvimento de softwares, sites e aplicativos.

Se você trabalha na área de TI e precisa de uma ferramenta para gerar números de cartões de crédito fictícios para simular processos de compra, o gerador de cartões de crédito pode ser uma boa solução.

Entretanto, é preciso estar atento, pois essa ferramenta também pode ser utilizada para crimes virtuais, como explicamos acima.

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *