Orçamento de reforma: 5 dicas para elaborar o seu

ícone de calendario

Atualizado:
28/10/2020

ícone de calendario

Publicado:
28/10/2020

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

CashMe

CashMe


Montar um orçamento de reforma pode ser um desafio, pois é preciso estimar preços, prazos e compra de materiais e tudo isso dentro do orçamento e atendendo as suas necessidades ou de seus clientes.

Ter todas as informações sobre sua reforma ajuda muito na hora de escolher e negociar o melhor preço para materiais, por exemplo. Além disso, o orçamento proporciona que você tenha uma visão mais clara sobre a obra, suas etapas, custos e processos.

Para saber como fazer um orçamento de reforma, separamos para você 5 dicas para começar a montar o seu:

Dica nº1: Faça um levantamento de todos os custos

Antes de chamar alguém para fazer um orçamento de reforma, saiba exatamente o estado do seu imóvel. Veja quantas paredes precisam ser rebocadas, quantos forros precisam ser reformados, quantos detalhes de gesso você vai querer e todos os outros pontos.

Isso fará com que você entenda com mais clareza qual é o objetivo da sua reforma, o que ajuda também na construção do orçamento.

Após essa etapa, procure fazer o levantamento de preço de cada ponto. Isso te ajudará a ter uma estimativa de quais materiais você vai precisar e também quanto será gasto em cada etapa.

Dica nº2: Fique atento aos custos indiretos

Além do trabalho dos profissionais e dos materiais de construção, você precisará utilizar diversos recursos para que a obra seja feita. E isso precisa estar claro no seu orçamento de reforma.

Os custos indiretos que precisam ser levados em consideração, são: consumo de energia, que pode aumentar por conta do uso de equipamentos ou até mesmo o aluguel de uma caçamba para se desfazer de entulhos.

Dica nº3: Faça mais de um orçamento

Muito provavelmente você precisará contratar mão de obra. Para isso é importante que você faça mais de um orçamento com cada profissional. Mas aqui é fundamental que  tenha claro que, o custo não pode ser o único fator decisivo.

Além de avaliar se o valor cabe no seu orçamento, é preciso levar em conta a qualidade do serviço. Para isso, você também pode buscar por referências do profissional. Isso te dará a opção de escolher de forma sábia quem irá trabalhar com você.

Dica nº4: Leve em conta o BDI, taxas e impostos

O BDI é o lucro que a obra irá gerar para os profissionais, ou seja, o Lucro e Despesas indiretas. Ele pode variar de 10% até 100%. Por isso é importante saber qual o BDI para o seu tipo de obra, visto que isso varia de um projeto para outro.

Também é fundamental que você inclua impostos e possíveis taxas que você vai precisar pagar durante a obra no seu orçamento de reforma. Esses gastos podem ser para fazer a ligação de água e energia, taxas na prefeitura que vai liberar o alvará da obra, seguros, dentre outros.

Dica nº5: Considere a quantidade de materiais utilizados

A quantidade de materiais interfere no valor da sua obra. Por isso é importante, que durante o desenvolvimento do seu orçamento de reforma. 

Para isso, é preciso que você faça uma estimativa da quantidade de materiais que serão utilizados em todas as etapas do projeto, ou seja, desde a fundação até o acabamento. Com isso, além de saber quanto será o gasto com matéria-prima, você poderá monitorar os materiais que serão utilizados durante toda obra.

É interessante que essa etapa seja feita de acordo com o preço em que cada material é vendido. Por exemplo, quantos metros de revestimento de piso e parede serão necessários, quantos m³ de concreto, etc. 

E lembre-se: faça sempre o cálculo dos materiais um pouco para mais, por conta das perdas que podem acontecer.

Vantagens de um orçamento de reforma bem feito

Agora que você sabe como desenvolver o seu orçamento de reforma, veja abaixo algumas vantagens que você pode garantir:

Reduz as chances de imprevistos

Muitas pessoas sentem arrepios só de pensar em reformas por medo dos transtornos que esse tipo de obra pode causar. Mas a realidade é que se a reforma for bem planejada, começando por um orçamento bem feito, não há o que temer.

Com um orçamento detalhado em mãos fica mais fácil saber o que será realizado em cada uma das etapas da reforma, reduzindo os riscos de imprevistos. Desse modo você terá uma visão mais clara do que já foi feito e o que ainda está por vir.

Permite maior controle dos gastos

Ninguém gosta de começar uma obra sem saber quanto ela irá custar, por isso essa é uma das principais funções do orçamento: apresentar uma estimativa realista dos valores a serem investidos na reforma.

É importante mencionar os custos de forma detalhada no seu orçamento de reforma, para que você saiba exatamente quanto está gastando. Por isso procure especificar ao máximo todos os gastos envolvidos na reforma através do orçamento, separando os valores dos materiais, as quantidades, as especificações, etc.

Possibilita um planejamento maior

Pode ser que ao concluir seu orçamento de reforma você perceba que não tem a quantia necessária. Por mais que isso possa parecer negativo, com os valores em mãos, você pode se planejar para seguir com o projeto futuramente.

Evita mal-entendidos

Você já passou por uma situação de ter tudo combinado com um fornecedor e na hora de acertar o valor final ele alegar que entendeu de outra forma? Se a resposta para essa pergunta for sim, então deve saber como é ruim passar por um mal-entendido durante uma obra.

O lado positivo é: com a ajuda de um orçamento bem detalhado as chances de ocorrerem mal-entendidos diminuem muito, visto que se o prestador de serviços alegar algo diferente do combinado, basta olhar no orçamento e conferir o que foi acordado entre vocês anteriormente.

Por isso é tão importante que o orçamento conte com o máximo possível de informações. Atualize sempre que surgirem alterações na proposta original de trabalho. Essa será uma garantia de que nada ficará mal resolvido.

Funciona como um registro da obra

Durante ou após a conclusão da obra, o orçamento pode servir como uma forma de registrar o que foi pensado e/ou executado. Nele pode constar informações importantes como os materiais utilizados, o custo de cada um deles, o prazo para conclusão da reforma, entre outros pontos.

Isso pode ajudá-lo até no planejamento de outras obras, já que você tem um modelo e também uma média de valores.

Conclusão

Como você pode ver, montar um orçamento de reforma pode ser mais simples e mais fácil do que parece. Seguindo as dicas, você poderá usufruir de todas as vantagens que também destacamos acima.

Caso você esteja planejando dar início a uma reforma, mas ainda não tem a quantia que precisa, na CashMe você encontra empréstimo com garantia de imóvel com a menor taxa de juros do Brasil e maior prazo para pagamento.

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


CashMe

Escrito por CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONCORDAR E FECHAR