Finados: por que esse dia é celebrado?

Finados: por que esse dia é celebrado?
ícone de calendario

Atualizado:
22/10/2021

ícone de calendario

Publicado:
26/10/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


O dia 2 de novembro é especial para o calendário anual brasileiro e mundial, já que se celebra o Dia de Finados. A data é retratada como uma homenagem aos que já se foram, além de ser uma tradição para diferentes culturas e religiões.

A forma de comemorar a data pode variar conforme o país, mas o Dia de Finados é um feriado dos mais importantes para diferentes nações. Enquanto em países de religiões católicas costuma reunir fiéis na visitação de túmulos e missas, outras regiões celebram de maneira mais silenciosa e com muita reflexão.

Há até mesmo países que aproveitam a data de forma alegre, com muita festa, danças e vestimentas típicas – como acontece no México. Mas, afinal, por que tudo isso ocorre em 2 de novembro? Acompanhe o texto a seguir e confira as principais curiosidades envolvendo a data.

A origem da celebração de Finados

O Dia de Finados surgiu de uma cultura milenar de adoração e reflexão sobre os mortos. Muitos acreditam que a tradição surgiu com a Igreja Católica em torno do século 10, mas os primeiros registros são ainda mais antigos. Há registros históricos que comprovam o ato de rezar por falecidos desde o século 2.

Celebrar as lembranças daqueles que já partiram vai muito além de uma tradição cristã. Povos de diferentes culturas costumam dedicar um dia específico do ano para realizar festividades, homenagens e rituais específicos sobre os finados.

A origem da data de Finados é ligada ao contexto histórico das religiões mundo afora. Na cultura católica, por exemplo, ela é celebrada em 2 de novembro graças a uma relação criada com o Dia de Todos os Santos, comemorado na véspera. Enquanto no dia primeiro ora-se pelos falecidos próximos, dia dois é destinado a todos que partiram. 

Em outros contextos culturais, a celebração pode durar vários dias ou mesmo passar batida, já que há uma tradição diária de cultuar os parentes mortos. No Brasil, o dia 2 de novembro foi regularizado como feriado nacional pela Lei nº 10.607, de 19 de dezembro de 2002.

O Dia de Finados em diferentes religiões e culturas

Apesar de o feriado de Finados ser frequentemente lembrado como uma tradição católica, a data é celebrada de diferentes formas e cultos. Afinal, o culto aos mortos não é uma exclusividade do catolicismo, portanto há rituais distintos dependendo da cultura e da região. Entre as principais tradições, podemos citar as seguintes:

Astecas e a cultura mexicana

Uma das principais culturas aos mortos teve origem com os astecas, que tinham como tradição rituais de adoração influenciados pelos indígenas, além de homenagens aos deuses da religião. O Día de los Muertos, como é tradicionalmente conhecido, é celebrado em todo o México até hoje.

Ao contrário das homenagens contidas e reflexivas das datas católicas, o Dia de Finados mexicano é tratado de forma totalmente oposta. Há muita festa, comidas típicas, danças e enfeites por todo o país. As tradicionais caveiras coloridas colorem as cidades, que atraem milhares de turistas anualmente.

Roma Antiga e catolicismo

A celebração católica para o Dia de Finais surgiu na cultura romana, precisamente nas igrejas e sinagogas. A data de festa de todos os santos foi instituída no calendário greco-romano em 835 d.C., pelo Papa Gregório IV, com o objetivo de honrar a lembrança dos fiéis que já haviam partido.

No Brasil, que adota a data do calendário cristão, as homenagens são feitas de maneira íntima, por meio de missas especiais ao longo da semana, e um dia dedicado à visita de parentes e amigos ao túmulo dos falecidos. 

Já entre os protestantes, o Dia de Finados não é celebrado de nenhuma maneira específica. Isso acontece porque não há crença na existência de purgatório, e logo a oração pelos mortos se torna ineficaz para quem crê na religião.

Países asiáticos e cultura oriental

A cultura asiática também tem sua celebração própria para homenagear os mortos. Em países de religiões ligadas ao budismo, como Tailândia e Japão, acontecem rituais e procissões em homenagem aos parentes falecidos. Há desfiles, música e muita luz, geralmente feitos em templos em meio à natureza.

No Japão, especificamente, é comum que a população faça oferendas com arroz e algas para os mortos. Os pratos típicos são preparados em abundância e depois distribuídos pelos templos religiosos. Além disso, os túmulos são lavados e enfeitados com comida, plantas e pertences antigos. 

Como é celebrado o Dia de Finados no Brasil?

Como dito anteriormente, o Brasil segue a linha católica de celebração ao Dia de Finados. Isso significa uma cerimônia mais ligada ao culto espiritual e de reflexão sobre aqueles que já se foram. Entre as tradições da data, a visita às sepulturas e a realização de missas é bastante comum.

Como o país possui maioria da sua população como católica e protestante, é natural que a data seja comemorada em formato de missa e reunião de fiéis em novenas e outras adorações religiosas. O acendimento de velas também é frequente em casas e vilas do país todo.

Entre as famílias, há muita homenagem aos parentes, amigos e conhecidos falecidos. Há também votos de esperança a favor dos que partiram, desejando vida eterna em outros planos – conforme a crença de cada um. 

Conclusão

O feriado de Finados é uma das datas mais tradicionais do calendário brasileiro, sendo o dia uma forma de homenagear os falecidos, além de ser um momento reflexivo para muitas famílias. Seja de forma alegre, seja de forma melancólica, as religiões mundo afora dedicam a data para lembrar dos que se foram.

Gostou do conteúdo e quer se manter atualizado sobre as principais datas comemorativas brasileiras? Confira outros conteúdos disponibilizados no blog da CashMe e fique por dentro de todas as celebrações especiais do calendário nacional.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.