Independência financeira: siga os passos para conquistar a sua

Independência financeira: siga os passos para conquistar a sua
ícone de calendario

Atualizado:
26/07/2021

ícone de calendario

Publicado:
23/07/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Você já pensou em como seria não precisar trabalhar para pagar suas contas e manter um bom nível de vida? Isso pode parecer um sonho impossível de realizar, mas não é. Alcançar sua independência financeira é possível, desde que você possua um plano com estratégias bem definidas.

Ter independência financeira é basicamente viver dos rendimentos do seu patrimônio: dividendos, aluguéis ou a rentabilidade de aplicações financeiras. Muitas pessoas a encaram como a nova aposentadoria, e a boa notícia é que ela pode chegar bem antes da terceira idade.

Para isso, é preciso começar um plano de independência financeira o quanto antes. Ele mostrará o caminho para que você conquiste sua autonomia e possa ter suas contas pagas sem precisar trabalhar, a não ser que você queira. 

No texto de hoje, vamos falar sobre estratégias para conseguir construir patrimônio, gerar renda passiva e alcançar sua independência financeira. Confira!

O que é independência financeira?

Ter independência financeira significa não ser obrigado a trabalhar para se sustentar e manter seu orçamento. Ou seja, você tem a liberdade de manter sua qualidade de vida sem depender da instabilidade do mercado de trabalho. 

Para isso, você precisa buscar outras fontes de renda, o que significa ampliar seus conhecimentos sobre investimentos e tomar medidas para fazer com que seu patrimônio cresça até que a independência financeira seja alcançada.

Como conquistar a independência financeira?

Para que seus objetivos sejam alcançados, é importante contar com um plano que tenha metas de curto, médio e longo prazo. Ele vai servir como um roteiro que contém todos os passos que você precisa para alcançar seu objetivo.

É preciso incluir nele um cronograma que seja realmente possível de alcançar para suas próximas ações e descrever suas estratégias para a criação de uma reserva de emergência, a escolha de corretoras, fundos de investimentos e outras ações que você tomará no futuro. 

Assim, você terá a organização necessária para poder viver de renda no futuro. Não se esqueça de que esse planejamento pode passar por ajustes, de acordo com sua realidade.

5 passos para conquistar sua independência financeira

  1. Comece a organizar suas finanças

Você precisa mapear seus gastos e despesas para saber exatamente para onde seu dinheiro tem ido. A partir daí, é necessário registrar todas as receitas e despesas que você possui mensalmente. Não deixe de considerar gastos anuais, como IPVA e IPTU, que podem ser provisionados para garantir descontos no pagamento à vista. Criar um teto de gastos e controlar sua conta bancária também é essencial.

  1. Faça adaptações no seu padrão de vida

Para que seu plano seja bem sucedido, é necessário gastar menos do que você ganha. Isso porque quanto menor o prazo para alcançar seus objetivos, maior será o valor a ser poupado e investido. Isso pode significar ter que fazer ajustes no seu padrão de vida. 

Busque sempre optar por soluções mais simples e econômicas. Busque sempre viver um degrau abaixo daquele que sua renda é capaz de pagar. Assim, você sempre garantirá uma economia relevante para seus investimentos no futuro. 

  1. Quite suas dívidas

Dívidas e independência financeira não combinam. Por isso, priorize a quitação dos seus débitos e busque evitar o endividamento. Antes de fazer um parcelamento, um financiamento ou solicitar um serviço de crédito, por exemplo, é necessário fazer uma boa análise para ter certeza de que esses serviços cabem dentro do orçamento que você destinou para os gastos mensais, sem comprometer o valor destinado para o investimento.

Lembrando que é importante rever os juros da operação, a quantia precisa valer a pena, se não é mais fácil pausar ou diminuir o valor guardado para não gastar com juros altos. 

  1. Estabeleça uma meta financeira

Faça os cálculos de quanto você precisa poupar para conseguir viver de renda passiva em alguns anos. Para isso, você pode dividir seus gastos anuais pelos juros reais, que são a rentabilidade líquida dos investimentos, divididos por dez. A fórmula é essa:

Gasto anual/(juros reais/100) = meta financeira

Vamos a um exemplo:

Gastos anuaisJuros reais do seu investimentoMeta financeira
R$ 40 milTesouro Direto – rendimento prefixado em 8%; inflação em 3% = juros reais de 5% ao anoR$ 800 mil

R$ 40 mil / (5/100) = R$ 800 mil

Com um patrimônio de R$ 800 mil rendendo 5% ao mês, você teria uma renda de R$ 3.300 todos os meses.

R$ 800 mil x 5% = R$ 40 mil / 12 = R$ 3.300

Sua meta financeira vai variar de acordo com o valor que você quer ganhar por mês.

  1. Estude sobre investimentos

Os investimentos são essenciais para quem quer alcançar a independência financeira. Por isso, é necessário estudar o mercado financeiro e conhecer os melhores ativos geradores de renda no longo prazo.

É essencial conhecer seu perfil de investidor e montar uma carteira diversificada com investimentos em renda fixa e em renda variável. Essa diversificação protege seus investimentos contra riscos específicos dos ativos e garante um maior retorno para você no longo prazo, já que você vai conseguir obter o melhor de uma série de classes de ativos.

Essas aplicações são as responsáveis por gerar renda passiva e aumentar seu patrimônio ao longo dos anos devido ao efeito dos juros compostos.

Isso significa que quanto mais você investir hoje, maior será sua renda no futuro. Por isso, também é essencial focar em investimentos de longo prazo, já que eles possuem retornos mais satisfatórios e você poderá contar com o recurso por um tempo maior.

Esta é a razão pela qual é necessário estudar muito para conhecer os diferentes fundos de investimentos, suas variáveis e prazos de resgate para avaliar qual é a opção mais rentável e que vai te ajudar a alcançar seu objetivo financeiro.

Conclusão

Ter a liberdade de manter o padrão de vida e pagar as contas sem depender de um trabalho pode parecer um sonho, mas não é. Alcançar a independência financeira é possível com muito planejamento, estudo e dedicação.

O objetivo desse tipo de planejamento financeiro é construir um patrimônio e fazer com que seus rendimentos sejam suficientes para cobrir suas despesas e te ajudar a ter uma vida confortável sem a obrigação de trabalhar.

Qual a sua opinião sobre a independência financeira? Acha que é possível conseguir alcançar esse feito? O que você faria se não precisasse trabalhar? Conte para nós nos comentários!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.