Uma das perguntas que muitos empresários estão se fazendo nestes tempos de crise pelo qual estamos passando é de como manter a empresa saudável mesmo neste cenário atual.

Afinal, com a grande preocupação em relação ao COVID-19, diversos setores da economia estão cessando provisoriamente suas atividades enquanto procuram por novos meios de atuar.

Por conta disso, no artigo de hoje, apresentaremos para você, nosso caro leitor, algumas maneiras de manter a empresa em funcionamento enquanto vivemos neste período tão conturbado.

Aproveite e boa leitura!

Como manter a empresa nestes tempos?

Manter a sua entidade em pleno funcionamento nesta época de pandemia é extremamente difícil. Ao menos, para soluções físicas, visto as diversas declarações como a da OMS.

Ainda sim, existem múltiplos negócios que continuam rodando, já que, junto ao evidente amplitude que aumenta a cada dia mais do CoronaVirus, outra preocupação necessária é em relação à economia.

Isso sem contar as necessidades básicas das pessoas, que precisam de dinheiro para pagar suas contas, comprar comida, estar preparadas para se precaver da doença, entre outras situações.

Logo, será preciso tomar certas medidas e também desenvolver caminhos alternativos para conseguir manter a sua instituição funcional, permitindo que a mesma sobreviva durante estes meses que estaremos de quarentena.

Quais medidas posso tomar para manter a empresa?

Existem alguns conhecimentos que serão necessários para conseguir manter a sua empresa em ordem enquanto passamos por uma época tão conturbada quanto a da atualidade.

Sendo assim, na lista a seguir estaremos indicando algumas ideias para que você consiga manter a sua entidade lucrando durante estes dias que estão prestes a vir. Ao começar por:

Como manter a empresa em tempos de crise: Home Office

Um dos pontos mais interessantes sem dúvida será o home office. Este acaba sendo uma poderosa e tentadora ferramenta durante todo este período, visto as suas possibilidades.

A primeira vantagem é a da economia, visto que, quando um colaborador se encontra dentro da instituição, o mesmo já tem um alto gasto, além de outras despesas que o mesmo gera.

Quanto oferecemos a este o trabalho em casa, além deste trabalhar com mais qualidade, ainda será possível economizar com energia, água e outros custos que o mesmo gera.

Além disso, atrasos e faltas tem uma chance muito menor de ocorrer, permitindo que o dia seja mais produtivo e metas possam ser alcançadas de maneira mais simples, dentro do prazo estipulado.

Fora que, se tratando do ponto da saúde, este ainda evita a propagação do COVID-19, aumentando a chance de manter estes saudáveis e mostrar que realmente se importa com suas condições, também gerando um maior engajamento e comprometimento por parte destes.

Vale a pena experimentar da utilização do home office, e aplicá-lo até mesmo quanto estes tempos passarem, visto o tanto de benefícios que o mesmo gera a empresa. Claro que é preciso deixar claro as condições para este acontecer aos escolhidos para trabalhar desta maneira.

Como manter a empresa em tempos de crise: E-commerce

Se o setor virtual da sua organização nunca foi uma prioridade, ou se este não era seu principal meio de venda, é neste momento que mais vale a pena investir no mesmo, visto sua capacidade.

Com o acréscimo de pessoas dentro de casa devido a quarentena, as vendas online tendem a aumentar em larga escala, permitindo que empresas voltadas para internet ou aquelas que também possuem de lojas e-commerce consigam um maior destaque.

Investir nesta será o que fará os seus produtos terem saída, conseguindo gerar alguma receita mesmo com grande parte do comércio estando paralisado. Sendo assim, a possibilidade de sobreviver se torna ainda maior.

Está é uma dica importante principalmente para aqueles que estão começando no mercado. Usando desses meios, será possível gerar um lucro interessante para pagar as possíveis( e prováveis) dividas que possua por conta de suas pessoa física.

Como manter a empresa em tempos de crise: Marketing digital

Neste momento, aumentar o engajamento do público será essencial para aumentar as chances de sobrevivência dentro do disputadíssimo mercado comercial que possuímos. A concorrência não espera, assim como você também não deve esperar.

Investir em marketing digital não se trata de uma aplicação momentânea, mas sim em algo que irá lhe render lucros tanto no hoje quanto nos anos futuros que estarão por vir após todos estes eventos.

Além disso, unindo uma loja virtual ao marketing digital, as chances de gerar lucro mesmo com atividades reduzidas é ainda maior.

Manter uma empresa em tempos de crise é sim possível

Usando destas dicas, muitos pequenos comércios conseguem gerar alguma coisa mesmo neste tempo de crise. Claro que cada um adapta a sua maneira, como podemos constatar o crescimento de delivery na área alimentícia. Um pouco de criatividade junto a estas e sua entidade certamente conseguirá passar tranquila por estes tempos!

E para aqueles que gostariam de investir em suas empresas, aqui na CashMe oferecemos ótimas oportunidades para que você consiga realizar seus sonhos. Conosco, você vai mais longe!

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente! Compartilhe e deixa a sua opinião, queremos saber.

endImage

A CashMe não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas através de parceiros autorizados pelo BACEN, nos termos da Resolução nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. As operações são realizadas através das seguintes instituições: Companhia Hipotecária Brasileira – CHB (CNPJ 10.694.628/0001-98), Companhia Hipotecária Piratini – CHP (CNPJ 18.282.093/0001-50). Empresa do Grupo Cyrela

Informações complementares referentes ao Empréstimo com Garantia de Imóvel: mínimo de 36 meses e máximo de 120 meses. “””Exemplo – Empréstimo de R$ 200.000,00 para pagar em 15 anos (180 meses) com LTV de 43,3% (sendo R$ 200.000,00 + despesas acessórias, para um apartamento avaliado em R$ 500.000,00) – Prestação inicial de R$ 2.685,09, com uma taxa de juros de 0,99% ao mês + IPCA, Sistema de Amortização Tabela Price. CET de 13,04% ao ano.”””


O cashme.com.br (“Website”) é pertencente e operado pela Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações (“CashMe”), uma sociedade anônima registrada sob o CNPJ/MF 73.178.600/0001-18

A CashMe, por sua vez, possui sede na Rua Olimpíadas, 242, 4º andar, CEP 04551-000, na cidade de São Paulo/SP.