3 de outubro é o Dia do Petróleo Brasileiro: conheça mais sobre a origem dessa data

3 de outubro é o Dia do Petróleo Brasileiro: conheça mais sobre a origem dessa data
ícone de calendario

Atualizado:
27/09/2021

ícone de calendario

Publicado:
27/09/2021

ícone de relógio

Leitura de
4 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


No dia 03 de outubro é comemorado o Dia do Petróleo Brasileiro. Conhecido como “ouro negro” brasileiro, o petróleo possui uma grande importância em nossa vida, uma vez que seu uso é destinado é principalmente usado como combustível.

O petróleo também é encontrado em diversos produtos que utilizamos no dia a dia, como em óleos lubrificantes, parafinas, nylon, plástico, tecidos, asfalto, cosméticos, remédios, entre outros. Por isso, o petróleo é uma das matérias-primas mais disputadas em todo o mundo. 

Por ser tão cobiçado se tornou uma commodity valiosa em praticamente todo o mundo. As empresas petrolíferas exploram ativamente depósitos de petróleo bruto e constroem grandes instalações de extração de petróleo, visto que a demanda é alta em todo o globo. 

Para celebrar o Dia do Petróleo Brasileiro, este post apresenta um panorama geral de como surgiu e a sua história no mundo e como essa riqueza natural é vista hoje em dia. Continue a leitura para saber mais. 

Como surgiu o Dia do Petróleo Brasileiro

O Dia do Petróleo Brasileiro foi instituído no dia 3 de outubro, com a criação da Petróleo Brasileiro S.A – Petrobras, em 1953. Foi neste dia que o então presidente Getúlio Vargas sancionou a Lei nº 2.004, com a criação da empresa para gerir o petróleo descoberto no Brasil.

Em registros, a primeira jazida de petróleo, própria para fins econômicos foi descoberta em 1939, próximo ao Recôncavo Baiano, de onde foi extraído petróleo de boa qualidade e propício à comercialização.  Atualmente, o Brasil produz uma média de 2,9 milhões de barris de petróleo por dia, segundo a ANP. 

Outras três histórias são importantes de serem mencionadas no Dia do Petróleo Brasileiro, pois enriquecem a cultura e entendimento da exploração e uso dessa matéria prima no país. 

Descoberta do primeiro campo comercial na Bacia de Campos

Em 1974, se descobre o primeiro campo comercial na Bacia de Campos. Situada na costa norte do estado do Rio de Janeiro e estendendo-se até o sul do estado Espírito Santo, possui aproximadamente 115.800,00 quilômetros quadrados.

A Bacia de Campos foi a primeira descoberta com grande potencial para exploração do petróleo e o desafio de alcançar suas profundezas, por isso tem maior importância histórica. 

Ela é tida por muitos como um imenso laboratório a céu aberto, visto que diversas tecnologias pioneiras são experimentadas e desenvolvidas em projetos de profundidade de lâmina d’ água, isto é, a distância entre o leito marinho e a superfície. 

Os triunfos na Bacia de Campos fizeram o Brasil mostrar, em abril de 2006,  que o petróleo brasileiro é autossuficiente.

Lei do Petróleo

A Lei do Petróleo foi registrada em 6 de agosto de 1997 e institui a ruptura de monopólio da Petrobras. Nos anos 50, após a campanha “O Petróleo é Nosso”, sua exibição foi aprovada pela Lei 2.004, que concedeu para a Petrobrás o exercício do monopólio.

Mais tarde, críticos mais puristas apontavam que o fim do monopólio do petróleo pela Petrobras, até então únicos a poder exercer as atividades de pesquisa, exploração, produção e refino de petróleo/gás natural, abriria um espaço para que as grandes multinacionais do petróleo tomassem conta do setor. Porém, isso nunca aconteceu. 

Criação da ANP

Com a criação da Lei do Petróleo, surge em 1998 a ANP ( Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), órgão regulador das atividades que compõem as indústrias de petróleo e gás natural e de biocombustíveis no Brasil.

As atividades passaram a também ser exercidas por outras companhias, mediante concessão, autorização ou contratação perante o regime de repartimento de produção.

Onde se encontra o petróleo brasileiro

As duas principais bacias produtoras de onde o petróleo brasileiro é extraído são a Bacia de Campos, mencionada anteriormente, e a Bacia de Santos.

Na Bacia de Campos nos deparamos com águas profundas e ultraprofundas, de onde saíram as mais modernas tecnologias offshore. Essas empresas, em tradução livre para “fora da costa”, indicam que toda organização que possui transações realizadas em país estrangeiro, estão sujeitas a um regime extraterritorial.

A Petrobras criou sob a Bacia de Campos uma verdadeira cidade flutuante. Um dos maiores complexos petrolíferos em águas profundas da indústria, com 280 poços produtores em operação e responsável por 30% de toda a produção nacional.

Já a Bacia de Santos é uma área com mais de 350 mil quilômetros quadrados. Seu percurso se estende do Cabo Frio (Rio de Janeiro) até Florianópolis (Santa Catarina). É considerado como um dos maiores ativos de classe mundial do pré-sal, pois combina grande volume de reservas, alta produtividade e amplo potencial de geração de valor.

Como o petróleo brasileiro influencia a economia

O IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis) junto ao EY desenvolvem um estudo que apresenta e reforça a importância do petróleo e do gás para a economia. Por meio deste artigo entende-se o impacto que diversas oportunidades para investimento no mercado causam na economia nacional.

Os dados apresentados no estudo reforçam que o Brasil tem reservas de petróleo e gás em enormes quantidades. Ocupando o terceiro lugar das principais atividades econômicas e quarto lugar em relação às exportações, seu desempenho mostra ser um importante papel para o alcance de superávit comercial, ou seja, a balança comercial de um país.

Já o mercado de petróleo e gás se mantém em primeiro lugar do setor industrial quanto à arrecadação de impostos federais. Isso causa um impacto significativo no mercado de trabalho nacional, uma vez que os empregos gerados pelo setor concedem salários maiores do que a média salarial da indústria nacional.

Por meio do estudo, entendemos o quanto as atividades contribuem para a economia e a celebração do Dia do Petróleo Brasileiro.

Conclusão

O Dia do Petróleo tem um significado especial nessa data de celebração, entendemos o quanto sua matéria-prima é indispensável para produção de itens do nosso dia a dia. Além disso, as atividades realizadas nas bacias mostram a evolução e contribuição para a tecnologia. 

Você sabia que o Dia do Petróleo era tão importante de ser celebrado? Compartilhe esse texto em suas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre o “ouro negro”.


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CashMe utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e o desempenho deste site, para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.