Empréstimo de 200 mil : Passo a passo para conseguir

ícone de calendario

Atualizado:
27/10/2020

ícone de calendario

Publicado:
27/10/2020

ícone de relógio

Leitura de
6 min

ícone de conversa

Comentarios
0

CashMe

CashMe


Conseguir um empréstimo de 200 mil reais é a solução que muitas pessoas buscam para comprar um imóvel, realizar um sonho pessoal ou até mesmo abrir seu próprio negócio.

Entretanto, por mais que as opções no mercado sejam as mais variadas, conseguir crédito nesta quantia pode ser mais difícil do que você imagina se não estiver pronto para isso.

Outro ponto importante para conseguir um empréstimo de 200 mil reais é ter em mente que esse valor precisará ser pago, terá juros e você precisa se organizar para que o valor das parcelas caibam no seu bolso.

Isso tudo porque a proposta do crédito é ser um recurso e não mais um problema com o qual você tem que lidar.

Pensando em todos esses pontos, separamos aqui um passo a passo para que você descubra como conseguir um empréstimo de 200 mil. Tudo isso sem aperto e dor de cabeça.

Boa leitura!

1º Passo: Você precisa mesmo de um empréstimo de 200 mil reais?

Um empréstimo de 200 mil reais pode ser um recurso para solucionar um problema, mas ele também pode ser a causa de outro. Isso porque, muitas vezes, as pessoas acreditam que ao conseguir a quantia tudo estará resolvido e sequer se perguntam se elas de fato precisavam deste valor.

Quando você está planejando abrir um novo negócio ou está com dívidas por exemplo, existem outras formas de conseguir 200 mil reais. Seja poupando este valor mês a mês ou negociando suas dívidas para que elas caibam no seu orçamento.

Outra pergunta fundamental que deve ser respondida antes de ir atrás do crédito: você precisa de 200 mil reais ou 150 mil reais resolvem seu problema?

Lembre-se que todo empréstimo, por mais baixa que seja a taxa de juros, tem esse custo. Por isso, calcule e avalie bem qual valor você precisa. Quanto mais alto o valor, mais alto podem ser os juros e o valor das parcelas.

É muito importante que ao decidir por um empréstimo de 200 mil reais você esteja muito consciente e preparado para essa decisão e, mais do que isso, saiba responder se, de fato, você precisa de crédito e se necessariamente neste valor.

2º Passo: Planeje

Tudo bem, você já respondeu a pergunta acima e de fato precisa de um empréstimo de 200 mil reais. Com isso, o próximo passo é planejar essa decisão. Sim, pode parecer algo muito simples e que não precisa de muitos planos, mas precisa.

Pense que, ao buscar por crédito você terá uma despesa mensal que não pode de forma alguma comprometer mais que 30% da sua renda mensal. Isso significa que, se as parcelas estiverem dentro desta porcentagem, o pagamento da parcela não vai comprometer outras contas, como alimentação, moradia ou lazer.

Para facilitar esse planejamento, utilize uma planilha se desejar e coloque nela sua renda mensal, suas contas (transporte, lazer, saúde, alimentação, educação) e veja quanto sobra geralmente mês a mês.

Desta forma ficará mais claro para você qual o valor de parcela você consegue pagar. Além disso, pode ser uma oportunidade para rever seus gastos e eliminar ou reduzir despesas extras, como saídas com amigos, redução de pacote de TV a cabo, entre outros custos que podem ser revistos.

Este passo, consequentemente está muito ligado ao próximo para que dê certo:

3º Passo: Faça simulação de empréstimo de 200 mil reais

Após organizar seu orçamento, chegou a hora de pesquisar por instituições de crédito para solicitar seu empréstimo de 200 mil reais. E aqui é bem importante ser paciente e entender quais são as melhores opções para você.

Com um mercado cheio de oportunidades, é preciso que você entenda que existem muitas opções de crédito de 200 mil reais. Dentre as mais populares estão:

1. Empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal ou crédito pessoal, como também é conhecido, é uma das modalidades mais simples e populares do mercado.

Esta modalidade é oferecida por muitas instituições financeiras e suas regras, condições de pagamento e taxas podem variar bastante.

Um ponto muito importante sobre o empréstimo pessoal é que, além de ser o mais conhecido, é também o que possui os juros mais altos, geralmente. Isso porque o risco de inadimplência é maior e não há uma garantia de pagamento.

2. Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é um modelo que se caracteriza pelo desconto em folha de pagamento do valor da parcela. Ele pode ser uma opção para beneficiários do INSS, servidores públicos e colaboradores de empresas credenciadas.

Este é um empréstimo de baixo risco e pagamento garantido, já que é descontado em folha, o que torna as taxas de juros mais atrativas.

Para contratá-lo existem algumas condições:

  • O valor não pode superar 30% do salário;
  • Deve haver autorização expressa do desconto em folha no ato da contratação.

Um ponto negativo sobre o empréstimo consignado de 200 mil reais é que nem sempre há a possibilidade de antecipar parcelas. Isso pode ser uma desvantagem caso você queira quitar a dívida rapidamente.

3. Empréstimo com garantia

O empréstimo com garantia tem características semelhantes às do crédito pessoal. No entanto, ele exige a entrega de um bem como garantia de pagamento. 

Isso significa que você oferece um apartamento ou um carro, por exemplo, como garantia para a instituição financeira. Caso você não pague as parcelas, o bem será transferido de forma definitiva para o nome da instituição que emprestou o dinheiro.

Por ter garantia, este modelo também costuma oferecer taxas de juros menores. Além disso, um ponto importante a ser destacado é que colocar o imóvel como garantia não significa que ele deixará de ser seu. Muito pelo contrário, no processo acontece uma alienação fiduciária apenas e você pode continuar usando o bem normalmente.

Agora que você conhece os tipos de empréstimo mais conhecidos, pode contatar as instituições que oferecem este modelo de crédito e fazer simulações para compreender se a proposta se encaixa no que você precisa.

Essas simulações são muito importantes, pois ao simular seu empréstimo de 200 mil você tem uma percepção melhor sobre as taxas que serão cobradas e o valor aproximado da parcela mensal, por exemplo. Isso te ajuda a tomar a decisão de qual instituição escolher.

Com todas essas informações em mãos, é fundamental que você calcule o Custo Efetivo Total (CET), que nada mais é do que a soma dos juros, taxas de administração, entre outras cobranças que são calculadas de acordo com o valor total do empréstimo e quantidade de parcelas.

Simulação de empréstimo com garantia

4º Passo: Faça a solicitação do empréstimo de 200 mil reais

Agora que você já planejou, fez simulações e encontrou a instituição financeira que oferece as melhores condições de pagamento para o seu empréstimo de 200 mil reais, basta fazer a solicitação.

Em alguns casos você pode fazer isso online, pelo computador, tablet ou celular. Isso garante mais agilidade e comodidade no processo, mas você pode fazer isso presencialmente direto na instituição.

Após fazer a solicitação, tenha em mente que isso não significa que seu crédito será disponibilizado. A instituição precisa ter garantias de que você cumprirá com sua obrigação e por isso fará uma análise do seu perfil.

Entre os fatores que são levados em consideração nestas análises, são:

  • Histórico de crédito do cliente;
  • Score na Serasa e em outros órgãos de proteção ao crédito;
  • Ser ou não correntista da instituição (tipo de relacionamento com o banco);
  • Renda mensal ou faturamento (para pessoas jurídicas);
  • Bens para serem usados como garantia de pagamento.

Tenha em mente que esta análise pode ser criteriosa e que o seu perfil também pode interferir no valor das taxas de juros cobradas. Ou seja, se você tem o nome sujo ou score baixo, por exemplo, acaba pagando por juros mais altos.

5º Passo: Use o empréstimo de 200 mil reais com sabedoria

Concluída a análise e aprovado o crédito, você deverá assinar o contrato – que é fundamental ler atentamente – e deve aguardar pelo crédito em sua conta corrente.

Após a transferência, com o valor em mãos, use a quantia conforme o planejado e com cuidado.

Se for para investir em um novo negócio por exemplo, tenha o máximo de certeza possível de que esse investimento será feito corretamente.

Se você não utilizar seu empréstimo de 200 mil reais com sabedoria, pode precisar recorrer a uma nova solicitação de crédito e ter mais uma dívida para pagar. Por isso o controle do seu orçamento é tão importante.

Conclusão

Conseguir um empréstimo de 200 mil reais pode não ser tão simples quanto parece, mas saiba que, ao seguir os passos acima, você tomará a decisão com mais segurança, o que reduz as chances de erro e prejuízo.

Por isso, não deixe de pesquisar, planejar e avaliar todas as opções que existem no mercado para entender qual é a melhor para você, ainda mais se tratando de uma quantia tão alta.

Se você está procurando por uma instituição financeira para solicitar seu empréstimo de 200 mil reais, a CashMe pode ser a solução já que seus empréstimos com imóvel de garantia têm a menor taxa de juros do mercado e maior prazo para pagamento. Faça a simulação!

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


CashMe

Escrito por CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONCORDAR E FECHAR