Marketing Pessoal: como fazer, dicas, cursos, livros e muito mais

Marketing Pessoal: como fazer, dicas, cursos, livros e muito mais
ícone de calendario

Atualizado:
30/11/2021

ícone de calendario

Publicado:
30/11/2021

ícone de relógio

Leitura de
15 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Você já ouviu aquela máxima: “quem não é visto não é lembrado”? O marketing pessoal é a ferramenta que ajuda o profissional, empreendedor ou mesmo o influenciador a se destacar na multidão, especialmente no mercado digital, que a cada dia está mais competitivo.

Desenvolver estratégias que te tornem protagonista nesse cenário é essencial, mas também é importante tomar alguns cuidados, aprender o que deve ser feito e também evitado para alcançar seus objetivos.

Para te ajudar com todas essas questões, neste texto trazemos informações sobre o marketing pessoal, dicas de como fazê-lo, além de livros e cursos que vão te ajudar a se aprimorar ainda mais. Boa leitura!

Índice

O que é marketing pessoal?

Marketing Pessoal é um conjunto de estratégias e técnicas que utilizam a promoção pessoal com o objetivo de valorizar a reputação, a marca individual e a imagem de um profissional, fazendo com que ele ganhe destaque e se torne autoridade ou referência em seu setor. 

Diversas técnicas e conteúdos são utilizados para criar uma imagem de autoridade, diferenciada e influente, como:

  • Produção de conteúdo;
  • Posicionamento;
  • Presença constante nas redes sociais;
  • Divulgação de portfólio ou currículo.

Essas técnicas exploram diversas características do profissional, como suas experiências, habilidades, capacidade de se promover online e fazer networking.

Quem utiliza as estratégias de marketing pessoal tem como objetivo demonstrar os motivos pelos quais deve ser contratado. Por isso, esse tipo de estratégia é voltada a todos os profissionais, de qualquer área, e não apenas para autônomos e freelancers.

Isso porque, muitas vezes, quem procura um emprego como CLT precisa ir além do currículo que informa suas competências e formações. É necessário convencer a empresa de que sua contratação é a melhor opção.

Marketing pessoal faz toda a diferença

Ao contrário do que se imagina, marketing pessoal não se trata de se anunciar como um produto, querendo provar aos outros que você é a melhor escolha que existe no mercado.

Na verdade, este é a maneira em que você se apresenta em diferentes tipos de situação, e como mostra todas as suas capacidades, desde resiliência a criatividade, em qualquer cenário. Quais são as formas que você age perante um problema e como encontra a resolução para este.

Logo, investir em marketing pessoal acaba sendo uma ação extremamente próspera para o seu futuro. Afinal, quando falamos de realizar investimentos neste campo, significa que desejamos aplicar em nós mesmo. E ninguém melhor para entender os benefícios deste do que você mesmo.

Tudo conta dentro do marketing pessoal. Comportamento, atitude, discurso, vocabulário, objetivos, até mesmo a atmosfera que é trazido junto a sua presença. Cada um destes irá definir o quão eficiente pode ser um indivíduo para uma entidade.

Não importa sua área de atuação

Também é válido ressaltar que, independente de sua área, este tipo de propaganda interpessoal é mais do que necessário para qualquer profissional, independente do setor de atuação em que este exerça suas atividades remuneradas.

Afinal, é através dos destaque e da incansável procura por melhorarmos a nós mesmos que podemos aspirar com chances de sucesso maior. Quando não apenas citamos, mas demonstramos o quanto somos eficientes, é que seremos notados e, por fim, as portas começaram a se abrir.

Toda e qualquer pessoa pode ser capaz de conseguir aplicar este em suas vidas. Isto é mais uma prática do que um talento. O que é preciso para isto apenas é a vontade de querer crescer.

Mas, nada pode ser começado sem termos uma noção de como colocar isto em prática. Por isso, daremos algumas dicas a você para que seja capaz de praticar este em seu cotidiano

Por que o marketing pessoal é importante?

Você já ouviu alguém dizer que ter curso superior ou falar inglês não é mais diferencial, e sim obrigação? De acordo com o IBGE, em 2019, 17,4% da população brasileira acima de 25 anos possuía o ensino superior completo. Em novembro de 2021, a população brasileira é composta por mais de 213 milhões de pessoas, o que significa que há mais de 370 mil profissionais formados no mercado.

Isso significa que, para se destacar e conseguir aquela vaga dos sonhos, é preciso muito mais do que ser formado e ter um bom currículo. Isso porque o espaço para exercer as funções aprendidas na universidade é bem limitado. É aí que entra o marketing pessoal: ele é um fator crucial para a empregabilidade.

Quando bem praticado, o marketing pessoal ajuda o profissional a construir a carreira que ele deseja ser. Usar essa ferramenta para valorizar suas habilidades e diferenciais é essencial para conseguir um aumento ou uma promoção, ou até mesmo conseguir o primeiro emprego. Isso quer dizer que o marketing pessoal é importante para todas as fases da carreira em qualquer área.

Vantagens do marketing pessoal

Confira quais resultados podem ser alcançados por meio do marketing pessoal:

Atrair mais atenção para o seu trabalho

Mesmo que você faça um trabalho excelente, se ninguém puder ver o que você está fazendo, será difícil conseguir o reconhecimento que você merece. Quando você consegue chamar atenção para o que faz, fica muito mais fácil conquistar espaço no mercado de trabalho.

Grande parte dos empregadores acessam as redes sociais dos candidatos antes de fazer a contratação, e essa é uma ótima oportunidade de demonstrar suas qualificações e habilidades,

Se seu trabalho estiver acessível e disponível na internet, os recrutadores conseguirão analisá-lo e isso pode melhorar a impressão que eles têm de você. Por isso, tenha perfis com cunhos estratégicos, sempre exaltando suas habilidades.

Mostrar a forma como você aplica suas habilidades

Os portfólios são excelentes oportunidades para que você consiga demonstrar a forma como aplica suas competências na prática. Esse meio deve ser utilizado para demonstrar todo o processo de criação de seus projetos, e não apenas resultados.

Inclua seus rascunhos e demonstre a forma como a ideia foi desenvolvida. Isso vai demonstrar para os recrutadores a evolução do seu trabalho e a forma como você o desenvolve. Deixar o recrutador conhecer sua maneira de trabalhar aumenta seu poder de negociação.

Conquistar a confiança

Construir sua reputação online vai te ajudar a conquistar a confiança tanto dos recrutadores quanto de potenciais clientes, caso esse seja seu objetivo. Isso é muito importante porque eles precisam saber que ao contratar os seus serviços, estão fazendo um bom investimento.

Quando você mostra os trabalhos que já desenvolveu, está afirmando: pode investir seu dinheiro em mim que eu vou me aplicar para entregar trabalhos tão bons quanto estes para você ou seu negócio.

Por meio do marketing pessoal, você pode tanto demonstrar suas habilidades quanto construir um relacionamento com possíveis clientes. Nesse relacionamento, eles terão confiança nos resultados que vão obter ao fazer a contratação, o que os torna mais propensos a executar esta ação.

Se tornar autoridade em sua área

Ao desenvolver conteúdos voltados à sua área, você está mostrando que tem domínio e pode ser uma referência no assunto. Usar as estratégias de marketing pessoal te ajudará a construir autoridade, demonstrar que você é um especialista, cativar clientes e ampliar seus relacionamentos.

Dicas para fazer um bom marketing pessoal

Um bom plano de marketing pessoal envolve a identificação de dois pontos-chave:

  • Os tipos de qualificações que o profissional possui;
  • Como essas qualificações podem ser utilizadas no mercado de trabalho.

Para te ajudar a entender como se destacar de outros profissionais, trouxemos algumas dicas de planejamento e estratégia para seu marketing pessoal. Confira!

1. Identifique quais são sua missão, visão e valores

Estamos acostumados a ver somente empresas utilizando o conceito de missão, visão e valores, mas essa técnica também pode ser aplicada ao marketing pessoal, já que você passará a ser visto como uma marca, ou brand, em inglês.

Por isso, é essencial definir os parâmetros que envolvem o posicionamento de sua marca pessoal por meio de missão, visão e valores. Confira a função de cada um desses elementos:

Missão

Procure identificar quais são as razões que te levam a fazer o que você faz e o que você pretende entregar para seus clientes ou a nova empresa. Com isso, você já consegue estruturar sua missão. Ela servirá como um guia para sua estratégia e deixará seus objetivos sempre claros.

Visão

Este é o momento de se perguntar onde você pretende estar dentro de alguns anos e qual é o papel que você planeja exercer, como profissional, quando chegar lá. Este planejamento de longo prazo é representado por sua visão.

Valores

Qual é sua postura profissional? O que é essencial em sua atuação? Os valores servem para orientar sua postura profissional e são os alicerces do marketing pessoal.

Esses parâmetros vão te ajudar a entender qual é a imagem que você precisa passar para poder conquistar novos clientes ou o emprego dos sonhos.

2. Busque se conhecer utilizando a matriz SWOT

Você já ouviu falar da matriz SWOT? Ela é uma técnica de marketing que identifica as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades de um produto, empresa ou marca. Utilizar esses elementos será muito útil no momento de definir seu planejamento de marketing.

Aplicá-la é bem fácil. Basta você fazer quatro listas contendo as seguintes informações:

  • O que te coloca à frente da concorrência? (ou seja, quais são suas forças?);
  • Quais habilidades você ainda não desenvolveu muito bem? (suas fraquezas);
  • Quais problemas você pode enfrentar para conseguir espaço no mercado? (suas ameaças);
  • Em quais nichos você pode atuar para aumentar seus resultados? (suas oportunidades).

Dessa forma, você poderá entender quais argumentos devem ser listados para sua contratação, se é necessário buscar uma nova qualificação para se tornar um profissional mais completo e quais empresas é necessário abordar para alcançar seus objetivos.

3. Esteja presente nas redes sociais

As redes sociais oferecem oportunidades de divulgação gratuitas ou a preços acessíveis para todos os profissionais. Isso significa que ter destaque nelas depende apenas de suas habilidades para entender como elas funcionam e fazer um bom trabalho.

Criar conteúdos com grande relevância pode te colocar à frente até mesmo de concorrentes que possuem mais recursos. Por isso, use e abuse das oportunidades de fazer sua marca pessoal crescer no ambiente digital.

4. Mantenha um bom relacionamento com outros profissionais

Em algumas áreas, conhecer a pessoa certa é a chave para o seu sucesso profissional. Mesmo que isso não se aplique à sua área, investir em um bom networking é essencial para o seu marketing pessoal.

Participe de eventos da sua área, mantenha um relacionamento com outros profissionais e entre em contato com empresas que contratam os serviços que você presta para conseguir mais oportunidades de trabalho e propostas melhores.

5. Divulgue suas experiências e demonstre seu conhecimento

Use suas redes sociais ou blog para falar de suas experiências e comentar como as empresas podem se beneficiar do serviço que você oferece. Faça posts explicativos para demonstrar sua expertise.

Dessa forma, além de aumentar sua autoridade, você passa a atuar como uma espécie de consultor virtual, a quem as pessoas vão procurar quando surgem dúvidas sobre certos assuntos.

6. Desenvolva uma marca

É essencial definir uma identidade visual, ou uma marca, para o seu site, e-mail e redes sociais. Assim, as pessoas conseguirão associar a marca à pessoa e esse reconhecimento ajudará a aumentar sua credibilidade.

7. Ainda não tem portfólio? Faça trabalhos voluntários!

Uma das maiores dificuldades de quem está começando é montar um bom portfólio. Mas, uma boa estratégia para fazer seus primeiros trabalhos é fazer trabalhos voluntários para ONGs, pequenas organizações no seu bairro ou até mesmo para aquele conhecido que tem uma pequena empresa.

Por mais que você não seja remunerado por esses trabalhos, eles são uma ótima oportunidade para quem precisa ganhar experiência e conhecer a parte prática do desenvolvimento de seus projetos.

8. Esteja sempre em contato com seus clientes

Para fazer um bom marketing pessoal, você precisa manter contato com os clientes que já foram atendidos por você. Faça uma lista com esses contatos e mantenha a comunicação com eles. 

Caso eles precisem de seus serviços novamente ou tenham conhecidos que precisem do que você oferece, se você nutre o relacionamento com eles, será mais fácil fazer com que se lembrem de você.

9. Conte sua história

Construir e contar boas histórias é uma característica de empreendedores e líderes de sucesso. Seus discursos envolvem as pessoas que os escutam e fazem com que elas comprem suas ideias. Por isso, desenvolva a habilidade de storytelling para chamar a atenção para o seu trabalho.

10. Divulgue seu trabalho

Defina sua estratégia de divulgação com base nos canais em que você pode obter mais resultados. Ou seja, canais que além de permitir que você mostre seu trabalho, ainda possibilitem o contato com pessoas interessadas e a construção de autoridade na sua área.

Confira os principais canais e como eles podem ajudar em sua estratégia de marketing pessoal:

Blog pessoal

Ter um blog pessoal te ajuda a construir sua imagem ao longo do tempo. Além disso, é um espaço no qual você poderá falar sobre o assunto que quiser, com a frequência e os objetivos que você mesmo definir.

Esse canal é ideal para compartilhar dicas e artigos de opinião com a visão de um profissional experiente. Além disso, por meio dele, é possível criar um funil de vendas e conduzir seus leads até o momento da compra.

Redes sociais

Crie perfis nas redes sociais e busque alimentá-los com frequência. Faça um planejamento focado em seu público-alvo e crie publicações de seu interesse, que respondam às suas dores e anseios. 

Além disso, participe de grupos de comunidades criativas, que irão te ajudar a se conectar com outros profissionais e empresas e darão acesso a diversas oportunidades de trabalho.

Use o LinkedIn

O LinkedIn é a rede social ideal para quem quer fazer networking. Lá, você pode inclusive produzir e publicar conteúdos, além de estabelecer contato direto com possíveis contratantes. 

Construir sua presença e uma boa reputação nesta rede social é o primeiro passo para quem quer construir autoridade e se tornar referência no mercado.

11. Não deixe de estudar

Para ser um profissional de destaque, é necessário investir em qualificação constante. Por isso, sempre que possível faça cursos, assista palestras e leia materiais produzidos por outros profissionais de renome da sua área para se manter atualizado.

Procure conhecer as melhores estratégias para fortalecer a divulgação de sua marca, além de saber tudo o que está acontecendo em sua área de atuação.

12. Cuide de sua imagem

Você já ouviu falar em branding? Essa é a palavra utilizada para se referir à imagem de uma marca. Essa é uma preocupação e uma área de investimento constante nas grandes empresas. 

As impressões que as marcas e pessoas transmitem para seus clientes e contratantes estão diretamente relacionadas com o sucesso tanto nas vendas quanto no relacionamento e até nas chances de ser contratado.

Um ótimo exemplo disso é a Apple. Sua imagem é a grande responsável pelo fato de que um iPhone custa o dobro de um aparelho Android com as mesmas especificações. As pessoas não reclamam de pagar o dobro do valor porque a Apple é vista como uma marca que faz produtos com mais qualidade.

Usar o marketing pessoal da forma certa pode te ajudar a se tornar uma referência na sua área de atuação devido à excelência que influencia os clientes a preferirem os seus serviços a outros, inclusive, mais baratos.

13. Tenha um posicionamento coerente

É necessário percorrer um longo caminho para construir credibilidade, porém um único tweet pode colocar todo o seu trabalho em risco. Por isso, além do planejamento e da construção do seu marketing pessoal, é necessário se preocupar em ter um posicionamento que condiz com sua atuação.

Ou seja, tome cuidado para não se posicionar de uma forma que seja contraditória e possa trazer uma imagem negativa ao seu perfil profissional e seus ideais. Uma dica para garantir um posicionamento coerente é: faça apenas promessas que você consiga cumprir e se esforce para cumprir todas elas.

O que não fazer em seu marketing pessoal?

Assim como você pode aplicar algumas técnicas para fortalecer seu marketing pessoal, você também deve evitar alguns erros para não enfraquecê-lo. Confira os principais:

Evite improvisos

O planejamento é a chave do sucesso em praticamente todas as áreas de atuação. Porém, não basta fazer um planejamento inicial, guardá-lo e nunca mais consultá-lo. É necessário usá-lo como um guia e estudar bem cada situação para evitar surpresas. Improvisos demonstram falta de preparo e podem te atrapalhar a atingir seus objetivos.

Seja direto e objetivo

Tome cuidado para não falar demais. Assim, você pode acabar fugindo do assunto, perdendo o raciocínio e passando a má impressão de que está tentando enrolar ou fazer a pessoa perder tempo.

Não conte mentiras

Todos temos pontos fracos e dificuldades. Por isso, ao invés de mentir para conseguir se destacar, trate essas dificuldades com honestidade e dê mais evidência aos seus pontos fortes e às habilidades que você já desenvolveu. Não corra o risco de manchar sua reputação sem necessidade.

Seja proativo

Se em trabalhos em equipe a proatividade já é valorizada, imagine quando se trata de alguém que está tentando se destacar por conta própria. Por isso, procure tomar a frente das situações, demonstrar liderança e apresentar novas soluções, mesmo que as situações não estejam diretamente relacionadas à sua função.

Livros para quem quer aprender marketing pessoal

As dicas que trouxemos neste texto podem ser muito úteis para quem quer começar no marketing pessoal. Mas, como já citamos, é sempre necessário continuar estudando e se aprimorando sobre o tema. Confira alguns livros que vão te ajudar a conhecer e se aprofundar um pouco mais no assunto:

Livro: Nunca almoce sozinho
Autor (a): Keith Ferrazzi

O objetivo deste livro é ajudar as pessoas a se conectarem de verdade umas com as outras e fazer a diferença em suas vidas. Para isso, o autor explica o conceito e traz um passo a passo que vai te ajudar a praticar suas ideias.

A história traz segredos não reconhecidos por escolas de administração, terapeutas ou consultores de carreiras, mas que estão por trás do sucesso de diversas pessoas. De acordo com o autor, o segredo para o sucesso profissional e pessoal é usar o poder dos relacionamentos para o benefício de todos.

Relacionamentos com base na generosidade, que vão na contramão da postura fria e calculista que é muitas vezes associada ao networking são o caminho para o sucesso. 

Livro: A venda antes da venda
Autor (a): Marcello Pepe

O livro tem como base a seguinte afirmação: “Antes que qualquer pessoa compre seus produtos ou serviços, você precisa querer comprá-los”.

Na contramão da maioria dos palestrantes e autores que tratam do marketing pessoal, este livro fala sobre toda a cadeia de valor que envolve o produto mais importante: você, sua rede de contatos, comunicação, imagem, etiqueta, conhecimento, etc., para ajudá-lo a se tornar menos interesseiro e mais interessante.

Em um mercado tão competitivo, a rede de contatos e o marketing pessoal de uma pessoa podem ser diferenciais em sua carreira. Essas ferramentas são essenciais para quem quer imprimir confiança e facilitar as parcerias e negociações.

O livro traz segredos para quem quer aumentar a influência, o valor pessoal em sua rede de contatos e gerar negócios mais rápido. Com eles, você poderá criar uma rede de amigos de negócios, na qual é possível fazer e receber recomendações de oportunidades para sua vida pessoal, profissional ou acadêmica.

Livro: Seja o CEO de sua vida
Autor (a): Hubert K. Rampersad 

Ter uma marca profissional forte é cada vez mais essencial e, além disso, é a chave para o sucesso pessoal. Apesar de todos possuírem uma marca pessoal, a maioria das pessoas não têm consciência disso e não busca administrá-la de forma estratégica e eficaz.  Pessoas de grande sucesso no mundo, como Barack Obama e Oprah Winfrey usam essa estratégia de posicionamento. 

Neste livro, o autor propõe um modelo de marca pessoal que tem como objetivo ajudar o leitor a destravar seu potencial e construir uma auto imagem cheia de confiança. Você encontrará uma fórmula para construir, implantar, cultivar e manter uma marca pessoal autêntica e memorável, além de exemplos inspiradores e exercícios práticos.

Todas essas ferramentas vão te ajudar a construir uma marca pessoal forte, autêntica e alinhada com seus sonhos e expectativas. 

Cursos de marketing pessoal para você começar a estudar hoje mesmo

Confira uma lista com cursos gratuitos e pagos que vão te ajudar a começar a trilhar os caminhos do marketing pessoal:

Curso: Marketing Pessoal: Sua Imagem é Você!
Instituição: Nube

O objetivo deste curso é te ajudar a construir de forma eficaz o seu principal cartão de visitas: sua imagem. O curso traz conceitos de marketing, dicas de comportamento nas redes sociais, vestimenta, postura corporal e verbal. 

O curso está dividido em cinco módulos e um conceito novo é apresentado em cada etapa. Além disso, ao final você pode emitir certificado de horas complementares de 3 horas. Confira o link do curso da Nube.

Curso: Marketing Pessoal e Networking
Instituição: Cásper Líbero

No mundo competitivo em que vivemos, é essencial saber desenhar sua imagem profissional, desenvolver canais de contato e trabalhar seu networking.

Esse curso te ensina a se destacar diante de outros profissionais com as mesmas habilidades e também a desenvolver sua carreira.

Estudantes e profissionais que buscam trabalhar sua imagem pessoal podem fazer esse curso. Confira o link do curso da Cásper Líbero.

Curso: Marketing pessoal
Instituição: Udemy

Em plataformas como a Udemy, você pode encontrar diversos cursos a respeito dos mais variados assuntos, entre eles sobre marketing pessoal. Confira a lista de cursos relacionados ao tema.

Conclusão

Utilizar técnicas de marketing pessoal é uma ótima estratégia para quem quer se destacar em meio à grande concorrência do mercado. Seja para conseguir um novo emprego, para atrair clientes ou mesmo para se tornar autoridade em sua área, essas técnicas podem ser muito úteis para te ajudar a conquistar seus objetivos profissionais.

Esse conteúdo foi útil para você? Deixe sua opinião nos comentários e acompanhe nossas publicações aqui no blog da CashMe!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *