Como negociar dívidas com a Caixa Econômica

ícone de calendario

Atualizado:
04/01/2021

ícone de calendario

Publicado:
01/01/2021

ícone de relógio

Leitura de
5 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


Negociar dívidas com a Caixa pode parecer algo muito complicado ou burocrático, entretanto, a instituição já disponibiliza opções online e oportunidades de negociação que podem te ajudar. 

Além disso, negociar dívidas pode garantir muitos benefícios para você, como condições especiais de pagamentos, juros mais baixos, melhores parcelamentos, entre outras possibilidades.

Por isso, se você tem uma dívida com a Caixa, mas não sabe como negociar esse conteúdo é para você! Abaixo separamos tudo o que você precisa saber sobre o assunto para esclarecer suas dúvidas.

Como negociar dívidas na Caixa

Geralmente a Caixa facilita o processo de renegociação das suas dívidas e é possível fazer isso sem sair de casa. Você pode consultar suas dívidas relacionadas a empréstimos, financiamentos, cartão de crédito e contratos habitacionais, além de verificar as alternativas disponíveis para regularizar sua situação online.

A instituição também permite que você parcele sua dívida em até 96 vezes, com uma entrada mínima de 10% da dívida e saldo devedor restante de até R$ 49.000,00, sem garantia real.

Além disso, também é possível negociar dívidas por telefone, presencialmente nas agências bancárias ou nos mutirões de negociação promovidos pela Caixa que oferecem inúmeras condições especiais.

3 passos fáceis para negociar dívidas na Caixa pelo site

Negociar suas dívidas na Caixa pode ser mais simples do que você imagina. Uma das opções para essa negociação é através do site. Para isso, basta seguir os 3 passos abaixo:

1º Passo: Acesse o site 

Entre no site da Caixa e procure pela opção “Negociar Dívidas”. No sistema de regularização, informe os dados solicitados para ter acesso às informações relacionadas ao seu CPF.

2º Passo: Analise seus contratos

Nessa aba, você terá acesso a todos os seus contratos com a Caixa e deve verificar aqueles que estão em atraso. Eles poderão ser renegociados.

3º Passo: Regularize sua dívida

Você vai escolher as melhores condições que esteja ao seu alcance, é só informar de preferência para o pagamento do primeiro boleto e a quantidade de parcelas.

O boleto será gerado na hora e os restantes serão enviados para o seu endereço. É sempre bom, antes de gerar o boleto, verificar se as informações estão corretas.

Outras formas de negociar dívidas na Caixa

Além da possibilidade de negociar suas dívidas na Caixa online, pelo celular, computador ou tablet, existem outras forma realizar a negociação:

Negociar dívida pelo Aplicativo

Baixe o App Cartões Caixa, disponível para Android e iOS

  • Faça seu cadastro informando os dados solicitados; 
  • Entre com login e senha; 
  • Vá até “Faturas”;
  • Clique em “Renegociar”; 

Escolha a opção que mais se encaixa no seu perfil e confirme a proposta. 

Além disso, no aplicativo você consegue realizar outros serviços como:

  • Consultar o saldo;
  • Alterar o vencimento da fatura;
  • Gerar o boleto para pagamento;
  • Acompanhar a evolução da dívida;
  • Gerar a carta de quitação de acordos novos ou antigos;
  • Parcelar a fatura em atraso.

Negociar dívida pelo telefone 

Caso prefira, pode receber mais informações e orientações de como regularizar a sua dívida através da Central de Atendimento da Caixa. Para isso, basta ligar no número 0800 726 8068 e seguir as orientações.

Negociar dívida em uma agência da Caixa

Além das opções que destacamos acima, que definitivamente garantem mais agilidade e comodidade para você, também é possível negociar dívida na Caixa pessoalmente. 

Basta se dirigir até a agência mais próxima e conversar com o gerente responsável. Nesse caso, a negociação pode ser mais amigável e pode até gerar mais condições especiais, entretanto o tempo e a praticidade são bem menores.

Saiba seus direitos ao negociar dívidas na Caixa

O Código de Defesa do Consumidor e a Constituição garante direitos a quem deve em uma renegociação. Veja alguns deles:

Multas e juros

O Banco Central garante a divulgação de uma taxa de juros mediana, que seria o ideal a ser praticada no mercado.

Mas, as instituições bancárias têm liberdade para aplicar a taxa que quiserem, por isso elas variam tanto. O consenso é que os juros aplicados em dívidas fiquem em torno do estabelecido como normal.

Se você perceber que os juros são abusivos, terá direito ao abatimento proporcional e da correção monetária mesmo após a negociação já ter sido concluída.

É importante destacar que a Caixa é obrigada a fornecer todas as informações de clara e esclarecer as dúvidas que você possa ter sobre o processo ou valores.

Inadimplência

A Caixa tem até cinco dias para retirar o seu CPF, ou o CNPJ do seu empreendimento, dos órgãos de proteção ao crédito logo após você pagar a primeira parcela do acordo.

Direito de negociar

Você não é obrigado aceitar a proposta da Caixa, se ela não estiver de acordo com as suas expectativas ou realidade financeira. Neste caso, você tem o direito de fazer uma contraproposta.

Já que o objetivo é que o acordo beneficie ambos os lados, você e a Caixa. Ou seja, não adianta você renegociar uma dívida que não vai conseguir pagar ou não te oferece nenhum benefício.

Danos Morais

Se você se sentir constrangido durante o processo de renegociação de dívidas na Caixa, pode procurar a justiça e entrar com uma ação de danos morais. 

Por exemplo, você não pode receber uma ligação na Caixa no seu trabalho e o atendente revelar a terceiros o valor da sua dívida, pois trata-se de constrangimento.

Entenda os benefícios de negociar dívidas com a Caixa

Nós já citamos acima algumas das vantagens que você pode conseguir ao negociar dívidas na Caixa, mas abaixo podemos entender um pouco melhor esses benefícios:

Juros reduzidos

Uma das maiores vantagens de negociar dívidas com a Caixa é que você consegue pagar os seus débitos com juros reduzidos. E, sim, este também é um dos grandes motivos que fazem dessa a melhor opção para reorganizar suas dívidas e colocar seu planejamento financeiro em ordem. 

Adquirindo parcelas que podem ser pagas, você faz ajustes em seus gasto essenciais e outros gastos para quitar o valor da pendência sem prejudicar seu orçamento ou criando outras dívidas.

A dívida para de crescer

Apesar de ainda conter juros, ao negociar suas dívidas na Caixa você tem a oportunidade de conter o crescimento dela. Aquilo, que antes mais parecia um bicho de sete cabeças, pode ter o pagamento planejado e feito, fazendo com que você consiga se organizar financeiramente.

Além disso, não haverá risco de cobranças maiores. Ao renegociar, você e a Caixa definem um preço e dividem em parcelas que cabem no seu bolso. A partir daí, não será acrescentado mais nenhum outro valor. Isso se você não pagar as parcelas nos dias certos, é claro. 

Organização de todos os seus débitos

Em muitos casos existe a oportunidade de você conseguir organizar todos os seus débitos e juntá-los em um só. Por exemplo, se você tem uma dívida de cheque especial e cartão de crédito, pode negociar as duas.

Dessa forma, você conseguirá reunir as suas dívidas e saber o valor que ainda resta para poder quitar todas elas.

Conclusão

Agora que você já aprendeu como negociar dívidas na Caixa fica muito mais fácil pensar nessa opção como uma solução para conseguir melhores opções de pagamento e também para ter mais controle sobre suas dívidas. 

Além disso, é fundamental que você sempre tenha em mente a importância de que suas dívidas não devem ultrapassar 30% do seu salário. Desta forma você não compromete outros custos, como alimentação.

Caso a negociação de dívida na Caixa não apresente tantas vantagens para você, considere pesquisar outras opções de crédito com juros mais baixos, como empréstimo com garantia de imóvel para trocar uma dúvida com juros altos e parcelas fora do orçamento, por uma dúvida que caiba no bolso. 

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONCORDAR E FECHAR