Reforma de apartamento: confira o passo a passo completo

Reforma de apartamento: confira o passo a passo completo
ícone de calendario

Atualizado:
16/04/2021

ícone de calendario

Publicado:
16/04/2021

ícone de relógio

Leitura de
6 min

ícone de conversa

Comentarios
0

Redação CashMe

Redação CashMe


A reforma de apartamento é um sonho para muitas pessoas. Mas sem planejamento, um bom controle de orçamento e bons profissionais, pode facilmente se tornar um pesadelo.

Para evitar atrasos, imprevistos e custos extras é muito importante que você estabeleça um planejamento, com custos, estimativa de tempo, quantidade de materiais e outras informações importantes. E isso deve ser aplicado para uma reforma de apartamento por completo ou de apenas um cômodo.

Pensando em te ajudar a compreender esse processo, separamos abaixo um passo a passo para reforma de apartamento que pode ajudá-lo a realizar esse sonho.

Vamos começar?

1º Passo: Faça o planejamento da reforma de apartamento

Para reforma de apartamento, é fundamental que você faça um planejamento. E por mais bobo que possa parecer para você dedicar tanto esforço a essa etapa é ela quem vai garantir que você não gaste mais do que pode ou que a obra dure mais tempo que o previsto.

Claro, os planos podem mudar e algumas coisas podem não sair como esperado, mas o planejamento te dará uma percepção mais clara sobre todas as etapas da reforma. 

Lembre-se que, quem não planeja sempre corre o risco de ter trabalho e gastos bem maiores. Por isso, defina no seu planejamento qual é o objetivo da sua reforma. Por exemplo, você quer trocar o piso da cozinha, o que será preciso para isso? Quanto vai custar? Quem fará o serviço? Quais materiais são necessários? 

Essas são apenas algumas perguntas que você precisa se fazer e a resposta tem que estar clara no seu plano.

Para começar, após definir onde e o que será reformado, faça o orçamento dos gastos, pesquise os materiais de obra necessários e os profissionais que você irá contratar. Verifique ainda o saldo financeiro disponível para gastar e fazer um cronograma da reforma. 

Tenha certeza: um projeto bem planejado será uma garantia contra imprevistos e gastos. Ele irá detalhar todos os itens necessários para a intervenção no seu apartamento e diminui as chances de você ter uma surpresa desagradável.

2º Passo: Planeje-se financeiramente

Agora que você já fez seu planejamento, fica mais fácil prever qual será o custo da obra. Em média, uma reforma de apartamento completa custa a partir de R$ 2.500  por m². Claro, esse valor pode variar conforme as suas escolhas e de acordo com o cômodo.

Nesta etapa, quanto mais específico ou detalhista você puder ser, melhor. Incluir custos de mão de obra, materiais e móveis é importante para compreender se você terá a quantia que precisa para a reforma de apartamento.

Além disso, é preciso incluir também no seu orçamento os custos com moradia provisória. Isso vale para caso você não possa habitar o apartamento durante a reforma. Então você vai precisar pensar num local para ficar enquanto não puder voltar para seu apartamento. 

3º Passo: Saiba escolher os materiais

Para exemplificar a importância de saber escolher os materiais para reforma de apartamento vamos supor que você comprou uma tinta pela internet ou na loja sem testar antes e, ao aplicar, ficou muito diferente do esperado.

É importante entender que um tom é sempre composto por vários pigmentos, por isso, quando aplicado na parede, pode ficar diferente do esperado. Por isso, o teste de cor é fundamental para você ver a tonalidade aplicada na parede, sob o efeito da luz. Hoje já existem muitas opções de testes para comprar online ou em lojas de construção.

Aqui, podemos usar o mesmo exemplo para a compra de pisos ou azulejos. É preciso tomar muito cuidado ao fazer a compra online. Além das cores sofrerem alteração, você pode ficar insatisfeito com a qualidade do material ou textura, por exemplo. Por isso, considere fazer as compras indo fisicamente à loja.

Outro ponto muito importante e também um erro muito comum na reforma de apartamento é a escolha dos materiais adequados. Seja por falta de conhecimento técnico ou para economizar nos gastos, diversas pessoas cometem o erro de escolher materiais inadequados para a obra. Os erros mais comuns são:

  • Pisos escorregadios em ambientes externos;
  • Revestimento de madeira em áreas molhadas;
  • Usar carpete no banheiro ou piso na parede;
  • Material de qualidade duvidosa para economizar.

Por isso, ao escolher os materiais, leve em consideração o uso do ambiente. Se é uma área molhada ou ambiente externo, procure por materiais resistentes à água e antiderrapantes.

4º Passo: Calcule corretamente a quantidade de material

Pior do que comprar uma quantidade muito maior dos materiais necessários para a reforma de apartamento, é comprar menos. 

Em casos como a compra de revestimento para seu apartamento, como o porcelanato ou azulejos, esse erro pode exigir a compra de produtos de lotes diferentes que, muitas vezes, apresentam diferenças de tons e/ou de tamanho. Há casos, ainda, que o produto sai de linha e aí fica mais difícil corrigir o problema.

Além disso, durante a obra os materiais podem ser danificados precisando de reposição. Por isso, o ideal é basear-se na metragem da edificação. No caso de cerâmicas, por exemplo, calcule a área a ser recoberta, descontando portas e janelas. 

Por segurança, levando em consideração os pontos que levantamos acima, compre 10% a mais do produto.

Mas fique atento e tome cuidado para não comprar uma quantidade muito maior de material. Isso porque além do custo desnecessário, após a obra você terá dificuldade para guardar ou se desfazer dos materiais que não foram utilizados.

5º Passo: Fique atento à dimensão do ambiente

Errar no dimensionamento dos espaços é outro erro bastante comum, ainda mais em reforma de apartamento. E, por muitas vezes, as pessoas erram ao investir em imóveis muito grandes que prejudicam a circulação no ambiente. 

Por isso, é importante que você saiba exatamente a dimensão de todos os ambientes previamente, visando a harmonia entre espaço e móveis para manter o ambiente funcional. Pense que, se você pretende reformar sua cozinha e precisa de muitos armários, precisa saber exatamente quantos cabem.

Para reforma de apartamento, que geralmente são imóveis menores, uma boa opção para aproveitar o espaço é buscar por serviços de marcenaria, que conta com móveis planejados do tamanho e do jeito que você precisa.

6º Passo: Contrate bons profissionais

No caso da contratação de mão de obra, como pintores e pedreiros, busque sempre por indicações. Geralmente a opinião das pessoas que já passaram pelo serviço conta muito. Por isso não tome essa decisão pensando apenas no valor, busque recomendações e se precisar negocie. Geralmente bons prestadores cobram mais caro.

Caso também precise contratar um engenheiro ou arquiteto para a reforma de apartamento, as indicações acima também devem ser levadas em consideração. Entretanto, além disso, verifique o registro profissional. 

Para engenheiros, procure a inscrição no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia). Já para arquitetos, no CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo).

Apesar de ser um custo a mais no seu planejamento, ao contar com bons profissionais, como um arquiteto, você terá um planejamento e também o projeto da reforma do apartamento. E tudo será feito com base nas referências que você indicar e em seu estilo de vida.

7º Passo: Controle e acompanhe os passos da obra

Tenha controle sobre a reforma de apartamento. Peça ao profissional, seja pedreiro ou arquiteto, para utilizar uma planilha com todos os gastos envolvidos na obra. O mesmo vale para um cronograma das etapas. 

Com uma planilha de gastos, você terá uma visão geral de onde seu dinheiro está sendo investido. Vai saber quanto custa cada cômodo, cada peça e cada profissional envolvido no seu sonho. Isso permite que você tenha mais controle sobre os gastos da reforma.

Se, em uma etapa, você quiser alterar um material sugerido pelo arquiteto, por exemplo, pode conferir quanto isso irá impactar no custo final. E, claro, pode conversar com o profissional para tentar diminuir o valor de algo que está em etapas posteriores. Planilhas de custos são necessárias para que tudo saia o mais próximo do planejado.

Conclusão

Ao planejar, escolher e calcular materiais, tomar os cuidados indicados em relação às dimensões, contar com bons profissionais e ter controle sobre seu planejamento você está preparado para começar a reforma de apartamento.

Se você quer fazer uma reforma de apartamento, mas ainda não tem a quantia que precisa, na CashMe você encontra empréstimos com imóvel de garantia com a menor taxa de juros do Brasil e maior prazo para pagamento. Faça a simulação de empréstimo!

O conteúdo te ajudou e esclareceu suas dúvidas? Comente e compartilhe em suas redes sociais!


Redação CashMe

Escrito por Redação CashMe

Equipe de redação de CashMe. Todos os conteúdos são revisados por especialistas do ramo e atualizados periodicamente.


Separamos mais essas notícias para você:

Faça seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *