Veja como o empréstimo com garantia de imóvel pode ajudar no crescimento de sua empresa

Quer que seu negócio cresça, mas não sabe como? Calma, a CashMe ajuda. Confira:

Um bom empreendedor tem a consciência de que, quando um negócio atinge a meta estipulada, é preciso fazer outras. Para manter uma empresa, é necessário mantê-la em constante crescimento. No entanto, até mesmo as grandes empresas acabam não tendo uma quantia disponível para investir, por conta de dívidas e outras despesas. 

É nesse momento em que a maioria dos empreendedores arriscam a pedir um negócio, sabendo que para lucrar, em muitas ocasiões pode ser preciso gastar um pouco de dinheiro antes. Entretanto, como escolher o melhor empréstimo, visando o crescimento da empresa, mas sem comprometer muito o capital que ela já gera? O empréstimo com garantia de imóvel pode ser uma solução.

O que é e como funciona o empréstimo com garantia de imóvel?

O empréstimo com garantia de imóvel também é chamado de Home Equity, e é uma modalidade de crédito em que o beneficiário transfere para a instituição uma propriedade como garantia do pagamento, sem que haja a intenção ou necessidade de vendê-la.  

Por se tratar de uma transferência indireta, o proprietário ainda tem usufrutos do imóvel, podendo ocupá-lo normalmente enquanto ainda está quitando sua dívida. Isso se chama alienação fiduciária. O prazo de pagamento das parcelas do empréstimo de garantia varia de instituição para instituição, mas o máximo a ser concedido é de 30 anos. 

O montante autorizado na concessão do empréstimo é igual a, no máximo, 60% do valor total do bem oferecido como garantia, de modo que é indicado para a retirada de valores altos. Outra vantagem do crédito com garantia de imóvel é que não é preciso comprovar o uso do dinheiro e nem justificar como será utilizado. O beneficiário aplica-o da forma que achar necessária.

Tanto o valor do montante quanto os prazos de pagamento longos, se dão por conta da segurança que a instituição financeira tem ao fechar esse tipo de empréstimo. Assim, as taxas de juros também serão mais baixas. 

No caso de inadimplência, o imóvel pode ser tomado pela instituição, mas é o último estágio de cobrança e são raros os casos em que isso acontece. Antes disso, a instituição proporciona ao crediário a chance de renegociar a dívida algumas vezes.

Como usar o empréstimo para a expansão de uma empresa?

Uma das vantagens do empréstimo com garantia de imóvel, como já foi mencionado, além de seu valor, é que o montante não possui uma finalidade específica decidia pela instituição financeira. Assim, o contratante tem total liberdade de utilizar o dinheiro como quiser, o que significa que terá acesso a um valor alto para ser investido na expansão de sua empresa.

Existem diversos modos de utilizar uma boa quantia de dinheiro para impulsionar o crescimento de um negócio, inclusive abrindo uma nova empresa. Outra alternativa é transformar a empresa em uma franquia, ou mesmo ampliar a gama de serviços prestados pela mesma. Há quem prefira empregar o dinheiro obtido a otimização do funcionamento da empresa, ou seja, produzir mais, gastar menos e aumentar a taxa de lucro no processo.

A melhor parte de aproveitar um crédito com garantia de imóvel na expansão de uma empresa é que o próprio crescimento dela pagará pelo empréstimo. À medida que a empresa cresce e lucra, é possível pagar as parcelas do empréstimo com esse aumento de faturamento. 

Quais as vantagens de optar pelo empréstimo com garantia de imóvel?

Existem as mais diversas modalidades de linha de crédito, inclusive uma  especializada em empréstimos para empresa. Contudo, os motivos para escolher um empréstimo com garantia de imóvel ao invés dos outros se devem ao crédito alto, taxas de juros mais baixas e o uso do imóvel. 

  1. Crédito alto

O empréstimo com garantia de imóvel é o mais indicado para se obter um valor alto, cobrindo até 60% do valor total do bem usado como garantia. Deste modo, se o beneficiário possuir uma propriedade no valor de R$ 600 mil, poderá retirar mais ou menos a metade desse valor se assim desejar, ficando com R$ 300 mil para serem utilizados na empresa.

Por conta do imóvel como garantia dar mais segurança para as instituições financeiras, dificilmente a solicitação dessa linha de crédito será negada ou terá o valor do empréstimo podado, o que pode não acontecer nas outras modalidades. 

2. Juros baixos

Exatamente por conta da segurança oferecida para as empresas bancárias, o empréstimo com garantia de imóvel possui as taxas de juros mais baixas do mercado. A única modalidade que se aproxima é o crédito consignado, mas ainda assim é um pouco mais alta.

No entanto, vale lembrar que as taxas de juros não são os únicos valores a serem somados nas parcelas de um empréstimo. Existem outras como tarifas, despesas e demais encargos que serão contabilizados. O valor final se chama Custo Efetivo Total (CET). Mesmo assim, todos os outros gastos ainda são mais baixos do que os de um empréstimo comum.

3. Uso do imóvel

A maior dúvida em relação ao Home Equity é a respeito do uso do bem dado como garantia. A maioria das pessoas pensa que não poderão mais utilizar o bem para ter acesso ao dinheiro, mas não é isso que acontece.

A propriedade é transferida para a instituição de forma indireta, ou seja, o beneficiário tem direito de continuar usando o bem da garantia da forma que preferir. Esse medo é uma falta de informação e má compreensão do processo da solicitação do crédito. Colocar o imóvel como garantia só ajuda a gerar confiança para com a instituição financeira, permitindo que a mesma libere um valor mais alto e ofereça taxas menores.

Gostou do texto? Faça uma simulação com a gente!  Compartilhe e deixe a sua opinião, queremos saber. Que saber mais sobre o assunto? Veja:

Empréstimo para consignados, a hora é essa!

8 mitos sobre empréstimos com garantia

Empréstimo com garantia de imóvel: juros menores e maior prazo para pagamento